Os números das Meias Maratonas nos EUA e no Brasil em 2014

A Running USA terminou o levantamento dos dados das Meias Maratonas nos EUA em 2014. Os números dos 21km nos EUA são sempre superlativos, quase assustadores. Vou como de costume colocar algumas informações comparando com os dados brasileiros coletados em 2014 em parceria com meu amigo Nelson Evencio, que estão sempre atualizados neste infográfico aqui. Vamos lá:

 

– Em 2014 os EUA tiveram 2.046.600 concluintes, enquanto nós tivemos pouco mais de 99.400.

– Por lá as mulheres são inacreditáveis 61% dos concluintes, por aqui elas são 25,5%. Para colocar em perspectiva: nossa prova MAIS feminina (Meia Maratona da CAIXA do Rio de Janeiro) tinha 44% de mulheres, enquanto a prova MENOS feminina nos EUA tinha 40% de corredoras!

– O tempo médio dos americanos é de 2h02:55 entre eles e 2h21:22 entre as mulheres nos EUA. Somos provavelmente apenas um pouco mais rápidos: 2h00:17 entre homens e 2h15:47 entre elas.

– Outros dados mostram como 21km lá nos EUA é coisa séria: a prova feminina da Nike em San Francisco só com mulheres de 20 a 29 anos seria nossa 2ª maior prova, a Meia Maratona CAIXA do Rio de Janeiro. A Meia Rock´ n´ Roll de Las Vegas tem só de veteranos (+40 anos) o mesmo número de concluintes que nossa maior prova, a Internacional do Rio de Janeiro (Yescom)!

– Por fim, eles tiveram 32 provas de 21km com mais de 10.000 concluintes, nós apenas uma. 40 Meias nos EUA estão entre as 100 maiores provas por lá. Aqui elas são 8 entre as top 50. E enquanto eles têm cerca de 2.200 provas, nós tivemos 91.

 

Deixei fugir algo?

Etiquetado , , , , , , ,

9 pensamentos sobre “Os números das Meias Maratonas nos EUA e no Brasil em 2014

  1. nogrun disse:

    Mas também nas Meias vemos a dificuldade de atrair novos concluintes.

    Ano Finishers Diferença Diferença %
    2004 612.000
    2005 658.000 46.000 7,52%
    2006 724.000 66.000 10,03%
    2007 796.000 72.000 9,94%
    2008 900.000 104.000 13,07%
    2009 1.113.000 213.000 23,67%
    2010 1.385.000 272.000 24,44%
    2011 1.610.000 225.000 16,25%
    2012 1.850.000 240.000 14,91%
    2013 1.960.000 110.000 5,95%
    2014 2.046.600 86.600 4,42%

    (espero que a tabela acima não perca formatação no post)

    Ano após anos vemos mais norte-americanos terminando as meias, mas desde 2010 o incremento nesse número é cada vez menor. Em 2014 foram apenas 86 mil novos concluintes, o menor avanço percentual dos últimos dez anos.

    Abraços,
    Paulo

    Curtir

  2. martinhovneto disse:

    Será que toda essa diferença existe porque lá o atletismo é infinitamente mais presente na vida e no mundo acadêmico, ou será porquê, devido ao rotulo de um país de obesos está se criando uma cultura “antiobesidade” (a despeito da análise da efetividade do exercício como instrumento de perda de peso)?

    Curtir

  3. phrayres disse:

    Balu

    Fazendo um exercício de sociologia amadora: será que o machismo nosso de cada dia não inibe as mulheres de correr na rua? Tornando mais difícil treinar regularmente em ambientes não controlados (parque durante o dia, pista, academia, acompanhada). Para os barbados é infinitamente mais fácil, se sua planilha diz 10k, basta colocar calção e camiseta e sair, mesmo à noite.

    Longe de querer politizar a questão, vamos ser honestos: é muito mais difícil uma mulher sair de short nas ruas sem ser assediada incontáveis vezes. Com a palavra as mulheres.

    Em tempo: não sei como é a segurança e/ou grau de machismo nos EUA, estou supondo que seja pelo menos um pouco menos crítico que aqui.

    Curtir

    • Rafael disse:

      bem lembrado. Difícil uma mulher ir treinar sozinha a noite

      Curtir

    • Danilo Balu disse:

      Nivel de Democracia, liberdade individual, economia… tudo isso impacta na participação feminina. É só ver onde esporte feminino é mais difundido (EUA, Europa, Canadá, Austrália…) e onde ele engatinha (África, países árabes, Africa do Sul…). É triste, mas é sempre assim pra tudo…

      Curtir

      • renataster disse:

        Verdade. Moro nos EUA e correr aqui, e’ uma maravilha! Voce pode ir de shorts (porque todas vao, algumas ate so de top), e ninguem mexe! E ninguem encara, ninguem te segue…. Moro na cidade divisa com o Mexico, mas nem por isso e’ diferente dos estados mais ao norte. Nao corro a noite, na rua, porque tambem nao quero brincar com fogo, mas nos finais de semana, posso ir correndo pra qualquer lugar…

        Curtir

  4. adrianapiza disse:

    Existir um evento de meia maratona onde 2000 dos participantes são meninas de menos de 20 anos….só poderia ser nos EUA! Sempre me impressionam os números americanos de jovens correndo!

    Curtir

  5. […] apenas engatinhamos. Para maiores dados dos números brasileiros, deixo aqui os links para textos sobre Meias Maratonas no Brasil, as 50 maiores provas do Brasil (em 2014), a velocidade do brasileiros nos 21km, dados das […]

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: