Convite – aulão 5a feira 20h00!

Você saberia dizer coisas simples que podem estar matando o seu progresso e evolução na corrida?

Uma coisa eu afirmo: se você não identificar esses erros, simples que sejam, as chances de você não evoluir são grandes…

E isso piora! Se você não se atentar, você fica mais suscetível a lesões, dificulta a melhora de seus ritmos, o seu desempenho patina e as dores podem aparecer.

Para ajudá-lo venho fazer um convite! Esteja comigo em meu “aulão” aberto e gratuito! Nesta quinta-feira, dia 17/06, às 20h00, no YouTube.

Pois uma vez que você corrigir ao menos parte desses erros, te garanto, você irá melhorar o seu desempenho! Talvez como nunca tenha imaginado.

Clique aqui neste link (ou abaixo) para se inscrever! Te espero lá! Estou curioso para ver quem está seriamente comprometido em melhorar sua corrida!

Etiquetado

Leituras de 2a Feira

Não importa a fase, sempre foi assim, estando em forma, voando, ou recomeçando mais uma temporada… sempre me sinto o pior corredor do mundo nos primeiros minutos de qualquer treino! E mesmo algumas provas! Quando caí neste texto de uma amadora (lenta) ela sem saber me ensinou que essa é uma sensação mais comum do que se imagina.

Off-topic: um texto teoricamente carregado, mas BEM interessante pra quem gosta de entender a questão da lesões e do melhor tratamento a elas. Nele o treinador Vicente Sauer explica por que erramos tanto ao lidar e tratar o corpo humano de forma simplista quando ele é um sistema tão complexo.

Um texto espetacular na Outside falando da singularidade de uma prova igualmente espetacular e especial: a Milha (1.609m).

Eu não sei como vocês conversam com vocês mesmos naqueles momentos difíceis da corrida… seja uma prova com o corpo pedindo pra diminuirmos o ritmo ou durante um treino de tiro, quando o corpo pede que abandonemos a sessão porque parece impossível. Eu sempre falei “de fora”, na terceira pessoa, igual o Pelé (risos). E você? Pois já tinha visto estudos mostrando que o ideal é falar de fora. Eu fazia isso naturalmente. Que bom! Aqui um texto explicando tudo!

Semanas atrás fiz mais uma vez um teste, um ciclo, de uso de creatina com um protocolo especial para corredores (de longa distância, diferente do protocolo para velocistas e/ou marombeiros). Recebo sempre dúvidas, o Sérgio Rocha do Corrida no Ar também. Ele resolveu não só fazer um vídeo explicando como resolveu aderir e fazer um experimento nele mesmo. O vídeo explicando tudo conta com minha consultoria técnica e está abaixo. Gostei bastante do resultado!

 

Etiquetado ,

Idosos deveriam correr Maratona?

A resposta simples e sucinta? Não.

Uma coisa que acontece nos animais (humanos) é que com o tempo um organismo mais velho tolera menos extremos, menos variações. Nossa FC máx cai, nossa tolerância ao ácido lático cai, nossa elasticidade cai, nossa tolerância a tudo cai… Com o passar dos anos, toleramos menos variações.

A ideia de qualidade de vida é tentar reter justamente aquilo que se perde.

A CORRIDA É FRAGILIZADORA. O TEMPO, O AUMENTO DA IDADE TAMBÉM É.

A corrida (de longa distância) como conhecemos, ou seja, sistemática, em pisos artificiais, contínua, em baixa ou média intensidade, cíclica, estável… ela NÃO existe na natureza. Nosso organismo tem respostas calibradas para aquilo que ele “enfrentou” e selecionou ao longo das gerações.

A corrida é um gesto atlético natural à espécie, mas a corrida como treinamento é pobre porque sua artificialidade acontece basicamente no plano sagital. Quanto MAIS fazemos dela, MENOS fazemos do restante (atividades nos demais planos, a saber, frontal, lateral e transverso). Ou seja, ela fragiliza. Mais dela, menos dos demais.

CORRER FAZ MAL? NÃO.

Mas sejamos honestos. Nós, o Biden, nosso vizinho chato ou o Lebron James, temos todos 24 horas no dia. Mais do que isso. Temos uma quantidade limitada de recursos biológicos. O que isso quer dizer? Que para cada caloria (energética) que investimos em uma direção é uma que negamos em outra (lembre-se que os recursos serão sempre finitos, jogando no Lakers ou não, ganhando em dólar ou não).

MARATONA É AGRESSÃO CRÔNICA

Então sempre que agredimos um corpo de forma crônica (em baixa carga, mas repetitiva, aos milhares), fragilizamos um organismo que o tempo por si só já fragiliza.

HÁ SOLUÇÃO?

O tempo é invencível. Porém, podemos fazer nossa parte que é reter os extremos que vamos aos poucos perdendo com a idade tais quais: FCmáx, tolerância ao lactato, níveis de força… como se faz isso? Visitando extremos em treinos que solicitem isso! E a corrida de rua é TUDO, menos extremo.

Etiquetado , , , ,

Leituras de 2a Feira

Na mesma semana, em questão de horas o mundo do atletismo perdeu o grande maratonista Ron Hill e ainda o ex-velocista Lee Evans. Dois gigantes que não podem ser esquecidos.

Autojabá: participei como convidado do podcast Emagrecer de Vez do Rodrigo Polesso. Falamos sobre hormese. Confere lá! Clique aqui!

Sempre compartilhei aqui os dados que Barry Smith divulgava sobre dados que relatam o comportamento de maratonistas homens e mulheres em importantes provas pelo mundo. A Canadian Running deu uma reciclada e fez matéria legal sobre o tema!

Uma curta matéria da Podium Runner tenta explicar como o Japão conseguiu criar uma leva tão grande de talentosos maratonistas.

Você sabe o que é Sisu? Esse comportamento tão finlandês pode explicar parte do enorme sucesso histórico deles em uma modalidade que exige raça e determinação como a corrida de longa distância.

O novo vídeo da Gatorade. Estrelando um dos maiores nomes do atletismo mundial.

Etiquetado

Treino de MOBILIDADE para corredores! NOVIDADE!!

Nas próximas 4 semanas trarei ao lado do meu amigo e treinador Léo Moratta algo totalmente inédito no Brasil! Em aulas online (via Zoom) e ao vivo treinaremos com você e corrigindo você neste que é um dos pontos mais negligenciados entre corredores, praticantes e mesmo treinadores: a ideia equivocada de que o treinamento da corrida requer alongamento e flexibilidade, ignorando assim outra coisa. E qual seria ela? A MOBILIDADE!

Vamos neste treinamento (100% on-line e via Zoom) por 4 semanas em aulas todas as 4as feiras (20h00) e sábados (9h30) mostrar, trabalhar e corrigir você ao vivo nos principais pontos na grande maioria das vezes ignorados entre corredores, para que você possa treinar Mobilidade de forma simples, eficiente, sem equipamentos e 100% transferível à sua corrida!

Apresentaremos a você os principais exercícios, conceitos e fundamentos mais eficientes e seguros para trabalhar o ganho de mobilidade de forma prática funcional à sua corrida, para melhorar o desempenho e ajudar na prevenção de lesões.

Tudo isso seja na academia, no estúdio, no parque, na pista ou mesmo em casa! Tudo sem aparelhos!

Participando conosco nessas 4 semanas você sairá apto a melhorar sua rotina de treinar a mobilidade de modo produtivo à sua corrida! Este benefício parece ser de senso comum quando olhamos atentamente, mas como fazer isso de forma que seja transferido ao seu esporte e ao seu dia-a-dia? Nós ensinaremos a você!

Seja você um corredor iniciante ou mesmo alguém com alguma experiência, este período conosco lhe dará as ferramentas para se aprofundar e o fará extrair o máximo do treino da mobilidade voltado à sua corrida!

Se você é treinador de corrida, personal trainer ou corredor (iniciante ou experiente!) esta é uma chance única e exclusiva de aprender! Não há nada igual no mercado! Ele é totalmente inédito no país!

É agora ou nunca! 

Como?

Clicando aqui! Vagas limitadas! Restam menos de 15!

Maiores informações aqui!

Etiquetado