Arquivo da categoria: off-topic

Workshop Força e Mobilidade (ÚLTIMO DIA!!)

Quase todo corredor parece associar a ideia de que para correr bem, melhor, de forma segura e saudável é preciso conciliar este esporte com algum tipo de fortalecimento muscular, geralmente a tradicional musculação. Minha opinião como treinador? Seja por desempenho, segurança e saúde, SIM, é muito bem vindo fazer algum tipo de fortalecimento!

Eu nunca tive em minha formação acadêmica quem me explicasse o caminho das pedras. Aprendi na marra mesmo! E nesse momento duro de quarentena fica ainda mais difícil (onde eu treino está fechado, por exemplo, e imagino que com você seja parecido).

Você não tem um conjunto de 150kg mais suporte de R$7.000 em casa? Não precisa! Muitos dos meus melhores corredores fazem fortalecimento específico sem nem um elástico!

Você só não pode ficar parado vendo mais uma chance passar sem aproveitar porque eu e o Léo Moratta vamos explicar passo a passo porque aquela rotina tradicional que te mandam fazer nas academias NÃO funciona ao corredor! A gente vai te ensinar e mostrar a solução.

Vem com a gente! Funcionou com a gente, funcionou com MUITA gente e é feito por muita gente que orientamos! Se não funcionasse não estaríamos nessa! A gente vai te dar a solução, o passo a passo! Você que nos acompanha SABE disso!

 

Quando? Começa NESTA 4a feira!

Duração? 7 dias.

Como? 100% via whatsapp.

Tenho acesso ao material? O conteúdo (imagem, texto, foto e vídeo) entregue em 2 períodos fica disponibilizado ao participante acessar mesmo depois de finalizado tudo.

Como participo? Link de pagamento aqui!

Dúvidas? Comentários ou e-mail pera: blog.recorrido@gmail.com

Etiquetado

Kiev, Brad Pitt e Hipocrisia

Ontem revi pela enésima vez “Guerra Mundial Z” (vejo todos os filmes com o Brad Pitt, não pelos motivos pelos quais mulheres assistem). No começo há um pedido: a OMS pede que todos fiquem em casa e não saiam, pois uma vacina está em pesquisa. A vida imita arte, não? Mas Brad Pitt tem que sair às ruas pra nos salvar.

Essa semana vi ainda o documentário “Winter of Fire” que reconta os protestos na capital ucraniana entre novembro de 2013 e fevereiro de 2014. Por cerca de 100 dias a população acampou na praça central pra lutar pelo fim de uma ditadura que se formava. Resultado: 100 mortes.

Não seria mais fácil “ficar em casa” protegendo a vida dessas 100 pessoas? Teria ditadura? Teria, mas veja bem… fique em casa!!!!

No debate de correr sem máscara uma coisa me chama a atenção: quem argumenta contra a prática não tem NENHUMA boa índole (pode até ser ignorante, Boa índole? NÃO!). Essa pessoa, quando o faz publicamente, apenas e tão somente está exercendo SINALIZAÇÃO DE VIRTUDE. Ela é apenas uma pessoa tentando disfarçar uma patológica VAIDADE (ou ignorância) como se fosse empatia ou desapego.

Reforço: a pessoa que fala pra não correr sem máscara em prol do bem comum TEM QUE se comprometer a NÃO correr sem máscara até o fim do ÚLTIMO caso de COVID! Do contrário nós saberemos que ela NUNCA fez isso por bondade, mas apenas e TÃO SOMENTE por marketing pessoal. Se correr com UM caso de COVID no Brasil essa pessoa é FALSA.

Uma pessoa REALMENTE boa não faz algo bom porque a lei assim determina, mas porque ela ACREDITA ser o certo a fazer! Se correr sem máscara pode matar alguém, a máscara pode ser encostada SÓ quando o ÚLTIMO caso for curado! POUCO IMPORTA a lei!

Ninguém faz posts no Instagram sobre todas as leis que ela obedece. Isso não faz sentido! A pessoa faz post no Instagram sobre uma lei que ela segue quando ela quer MOSTRAR aos outros, faz isso quando o post serve apenas a UM PROPÓSITO: marketing pessoal.

Sabemos que quem posta “não corro/ não corra” não é bondoso na concepção da palavra, é apenas alguém fazendo marketing pessoal em meio a uma tragédia. Isso pega mal e ainda fica tudo registrado.

Etiquetado , ,

Live/Palestra Beneficente: Como emagrecer (CORONAVÍRUS)

Amanhã (3a feira 02 de junho) às 19h00 vou realizar uma live 100% beneficente em forma de palestra interativa (aberta a perguntas)! Tema? COMO EMAGRECER fazendo diferente de tudo que já te disseram!
Todo o valor arrecadado com as inscrições será revertido em prol ao Fundo Emergencial para a Saúde – Coronavírus Brasil. A aula terá duração de cerca de uma hora e será transmitida via YouTube (em link fechado compartilhado com os inscritos duas horas antes). Para ajudar é bem simples! Basta se inscrever neste link aqui.
São apenas R$50 que podem fazer a diferença a quem precisa! Posso contar com sua ajuda??
Etiquetado ,

Vamos ajudar correndo? (Coronavírus)

Nós do podcast 3 Lados da Corrida juntamente com a Iguana Sports estamos organizando uma Corrida Virtual totalmente beneficente!

Nas distâncias de 5km e 10km todo o valor arrecadado com as inscrições será revertido em prol ao Fundo Emergencial para a Saúde – Coronavírus Brasil.

Para ajudar fazendo aquilo que mais gosta é bem simples! Basta se inscrever neste link aqui.

Você terá 5 dias para completar a distância, entre 4a feira dia 27 de maio e Domingo 31 de maio.

São apenas R$30 que podem fazer a diferença!

A prova pode ser feita no horário que melhor lhe convier, em casa (esteira) ou na rua! O que importa é ajudar!

Posso contar com sua ajuda??

Etiquetado

Eu corro por Maud

Vou falar uma coisa que nunca comentei com ninguém. Já treinei em uma equipe em Buenos Aires, quando estudei na Espanha treinava em trilhas desertas e morando em Dublin treinei em duas equipes diferentes, sendo que a maioria dos treinos era rodagem sozinho. Em nenhum desse países eu corri com medo. Sendo um homem dando treino para mulheres demorou certo tempo para que eu entendesse o medo que muitas delas têm ao correr. Elas tomam cuidados que a maioria dos homens não tomam (onde treinar, quais roupas usar, olhar para os lados, etc). Não deve ser nada fácil!

Um acontecimento recente nos EUA trouxe um debate que poucos brasileiros devem entender 100%. Ahmaud Arbery era um jovem negro que no dia 23 de Fevereiro saiu para correr pelas ruas da Geórgia e nunca mais voltou. Foi morto por ser tido como um bandido, afinal, negro e correndo?!?

Corrida é um esporte branco. A elite pode ser negra, mas os amadores são brancos. Eu corro tranquilo dentro do Parque do Ibirapuera, dentro da USP, mas não corro 100% sem medo fora desses lugares. Sempre – e eu digo sempre! – que eu vejo uma viatura policial eu reduzo e olho diretamente nos olhos deles dando um sinal claro e inequívoco de que eu os vi e que, sem demonstrar reação (”quem deve não teme”) eu não posso ser tomado como suspeito só por causa da minha cor.

Acho que ser mulher corredora é mais difícil por causa do assédio e da questão física, mas esse episódio com o jovem Arbery me fez parar para pensar não sobre a fragilidade da vida, mas como somos estúpidos. Que Deus conforte sua família. No sábado, os primeiros 3,6km do meu treino foram por ele, representando o tempo de agonia em que ele teve que enfrentar esse sentimento repulsivo.

#IRunWithMaud

Etiquetado