Arquivo da categoria: Leituras

Leituras de 6a Feira

Um teaser de um meeting, na sequência do Mundial que acabou de acabar! *dica do Helio Shiino.

The Guardian fez sua lista dos melhores, piores e destaques do Mundial. São britânicos, então relevem a patriotada.

Ainda nessa pegada patriotada, a Flotrack separou as 29 melhores fotos do Mundial.

Um corredor escreveu um texto legal sobre um guia prático para correr. É engraçado como o corredor amador perde tão facilmente o foco daquilo que realmente importa. *dica do Matheus Jacobina.

A Flotrack fez ainda um ranking interessante dos 31 maiores atletas que já disputaram o Mundial em termos de pontuação. Para eu ficar 100% com eles, ainda acho que os revezamentos deveriam contar nele 25% dos pontos. Carl Lewis bate Usain Bolt por bem pouco. Merlene Ottey é a primeira mulher (3º). E dos atletas ainda em atividades e bem posicionados que podem ou devem disputar mais edições, temos a jamaicana Veronica Campbell-Brown (5a), a etíope Tirunesh Dibaba (6ª) e a americana Allyson Felix (10ª).

Off-topic: um podcast sobre um caso improvável: um jogador da NBA decide criar um tênis barato (U$15) achando que isso iria democratizar e dar acesso a quem quer tênis bom e barato. Ele só não poderia imaginar que as pessoas querem mesmo é tênis caro!

Auto-jabá: tive dias atrás uma longa conversa com o Pedro do canal Batata Assando. Ele postou a 1a parte de nosso bate-papo onde falo da falácia do controle de peso ser uma questão de balanço calórico. Espero que gostem!

Etiquetado ,

Leituras de 3a Feira

Quando você perde a fé muita coisa perde a graça. Como eu queria acreditar em Mo Farah… Seria uma história TÃO incrível… e justamente por ser tão incrível, ela parece se afastar da verdade. *dica do Fausto Flor.

Overdose de Usain Bolt: a BBC fez uma sequência bacana de infográficos com as conquistas, feitos e particularidades do velocista jamaicano. Já um outro texto debate os custos e vantagens de sua altura excepcional para um velocista de nível mundial. Por fim, o britânico The Telegraph traz outro infográfico mostrando a superioridade do atleta. *dicas do Helio Shiino.

Off-topic: chega ao fim o projeto de um golfista amador que queria se tornar profissional seguindo a ideia de que para se tornar parte da elite, bastaria dedicar 10.000 horas de treino a alguma atividade. Um projeto natimorto em sua premissa equivocada que mais parece filme de Hollywood que insiste no “querer é poder”.

Por que os mais ricos gostam de sofrer praticando esportes de longa duração?

Algumas das mais belas e melhores fotos tiradas até o sábado no Mundial de Atletismo em Londres!

A Vice Sports vem trazendo textos incríveis sobre atletas. Dessa vez uma longa reportagem conta a história de um enorme talento do salto em altura que arruinou sua carreira ao ser pego no antidoping ainda moleque depois de uma irresponsabilidade de U$5 em cocaína. Tenso saber como uma promissora vida muda por tão pouco…

Que ação ESPETACULAR da Sky promovendo seu seriado mais famoso, o Game of Thrones. E para isso fizeram uma Marathron! 477km entre Roma e Milão! Veja veja veja!!

Etiquetado ,

Leituras de 6a Feira

A Outside tenta responder: seriam os praticantes de atividade física de resistência (corrida, ciclismo, triatlo…) mais suscetíveis a adquirir diabetes? Eu confesso que nunca tinha ouvido essa afirmação (pra mim não faz muito sentido). Mas o texto em si vale pelo de sempre: você, amador, provavelmente come muito mais carboidrato de fonte ruim (bebidas esportivas, sucos e géis) do que deveria. Basta dar uma volta nas assessorias de corrida pelo país e ver a quantidade de gordinho/gordinha se esbaldando nisso em seus treinos de 50 minutos 3 vezes na semana…

Fábio Minozzo é um brasileiro vivendo no Canadá e um de seus atuais projetos é ajudar o queniano Daniel Gekara, um talentoso e promissor amador, a correr a Maratona de Toronto. Como? Organizando e divulgando uma vaquinha virtual. Se você quiser ou puder ajudar, vale qualquer quantia! Como? Clicando aqui! Eu garanto a seriedade do projeto!

Na Runner´s World: “em alguns treinos você parece estar on fire”. Aquela sensação de flow que temos poucas vezes numa temporada é indescritível!

A Seiko é uma das patrocinadoras da IAAF e do Mundial de Atletismo. Ela fez um hotsite com infográficos mostrando a magnitude dos atuais recordes mundiais, dando detalhes de como são feitas as medições nas diferentes provas (campo e pista) e ainda um jogo para você tentar parar o cronômetro na marca de 9.58 de Usain Bolt. *dica do Helio Shiino.

Uma lista americana (e feita às pressas, nas coxas, juntando milhares de ignorantes no assunto) com os 50 maiores atletas negros da história. Pelé em 22º atrás de duas ginastas ainda em atividade. Preciso falar mais? *dica do Paulo Braga. **vários nomes do atletismo.

Off-topic: Placebo nos esportes: Ciência ou Fé? Nada tão relacionado à corrida de longa distância em amadores….*dica do Igor Oliveira.

Mais um patrocinador divulga vídeo sobre a aposentadoria de seu atleta Usain Bolt!

Etiquetado ,

Leituras de 3a Feira

Começou o Mundial de Atletismo! *dica do Helio Shiino.

Um curta falando dos maiores nomes recentes do atletismo de longa distância da Etiópia! *dica do Helio Shiino.

Brooks lança um teaser com sobre a incrível luta da fundista Gabriele Grunewald contra o câncer. *dica do Helio Shiino.

Aproveitando o clima de Mundial de Atletismo, fique com a história INCRÍVEL do saltador Luvo Manyonga que superou o vício para conquistar uma prata no Rio e agora ouro em Londres!

No The New York Times nova matéria explicando o drama de uma velocista indiana impedida de competir pelos altos níveis naturais de testosterona. Não existe decisão fácil no assunto, mas apelar que é mesmo caso da envergadura de um nadador é um debate burro, raso… é mais embaixo. Por mais duro que seja impedir uma mulher assim de competir.

O Gatorade publicou um lindo vídeo logo após a última prova de 100m de Usain Bolt, o maior de todos os tempos na distância.

Etiquetado ,

Leituras de 6a Feira

Runner´s High, o barato do corredor… nunca te vi, sempre te amei. *dica do Helio Shiino.

Um texto bem interessante do The New York Times, mas que deve ser lido com cuidado. Seu título leva a crer que não há jeito certo de correr, que o corpo se encontra. Ele fala sobre o corpo achar sua cadência ideal (acredito bastante nisso) e a amplitude de passada mais “confortável” ao corpo. Mas (bom) treinamento é ainda sobre dar condições ao corpo executar o seu melhor. Uma pessoa encurtada, uma pessoa fraca, uma pessoa usando almofadas nos pés… tudo isso muda o que poderia ser ótimo.

Quando falamos sobre hidratação na corrida, nossas avós parecem estar à frente das recomendações dos “especialistas” que acham que somos camelos ou que somos mais burros que um labrador. Beba quando tem sede. Mais está longe de ser melhor. Alex Hutchinson explica a matemática do porquê é MUITO NATURAL e comum perder peso correndo SEM ficar desidratado.

No blog coirmão: Sobre o Tempo, Sílvio Santos, Jejum e Nutrição.

Um texto ótimo da The New Yorker falando daquele que pode vir a ser o maior nome do Mundial de Atletismo: o recordista mundial dos 400m, o sul-africano Wayde van Niekerk.

Que coisa LINDA esse vídeo da On! #WeAreAllOne *dica do Helio Shiino.

Etiquetado ,