Arquivo da categoria: Leituras

Leituras de 3a Feira

Você conhece Guto Nyth Brân? Não?!?! Não se sinta mal, eu também não! Ele é segundo diz a lenda autor de algumas das maiores façanhas da corrida em toda a história!

Autojabá: no outro blog explico por que você deveria evitar ao máximo o consumo de açúcar. E finalizo a série sobre dicas britânicas ruins de nutrição.

O texto é longo? É! Mas é uma aula sobre Evolução e Saúde!

Uma pequena lista com alguns atletas de esportes diversos que se arriscaram em fazer algumas corridas de rua com resultados surpreendentes!

Uma das saltadoras mais incríveis da história descobriu que correu abaixo de 11 segundos nos 100m e que quase se classificou para saltar em Tóquio grávidas de quase 2 meses! Ela que tem enorme talento também na escrita reconta essa história improvável.

Leituras de 6a Feira

Matéria falando sobre as irmãs Dibaba, a família mais rápida do planeta.

Um tema bem interessante é sobre o que pensar durante a corrida pensando em melhoras e ganho de desempenho. Os achados não são muito conclusivos. Há quem ache que você tem que pensar em corrida (técnica e respiração) e outra linha dizendo para se pensar “fora da corrida” (paisagem ou tarefas além do exercício, por exemplo). Um texto aborda o assunto de maneira interessante. Acho que apenas quando se falou da elite não foi lembrado que esses caras têm o gesto e tarefa muito automatizados… quanto mais automatizado, menos se pensa tecnicamente na ação.

Nada me deixa mais indignado e desanimado do que ligar a TV e ver comentarista brasileiro dizendo que “Fulano é favorito no sprint porque corria provas mais curtas”. Uma prova não se decide assim! Ela se decide em todo seu desenrolar! A pessoa pode ter corrido 1500m a vida inteira, o quilômetro final de uma Meia Maratona é diferente porque ela chega lá com todo o desgaste dos 20km iniciais. Por isso que o texto de Alex Hutchinson na Outside é MUITO bom! Ele apresenta ao amador conceitos como o de velocidade de reserva, que acaba ajudando a dizer como o desenrolar de toda uma prova afeta e determina as chances dos corredores na volta final de uma competição.

Um curto texto batendo na tecla do básico que mesmo sendo básico precisa ser dito sempre: o corredor melhora como resultado de consistência e disciplina.

Correr é uma ferramenta ineficiente e ineficaz no emagrecimento. Não importa o quanto de evidências apareçam reforçando esse ponto, esse tema parece atrair com mais força profissionais incompetentes e torcedores. Um texto mostra a esquizofrenia nesse debate… os dados mostram uma coisa, mas o texto vai na contramão (“não emagrece, MAS….”).

Você acha que os tênis Pogobol com placa foram os primeiros a serem banidos? Um cara tem guardado na caixa uma sapatilha histórica feita para os jogos de 1968 no México. Ela foi inventada pela Puma e ajudou a bater um recorde mundial nos 200m, depois anulado. O equipamento que foi proibido pela então IAAF por ter muitos pregos (alegavam que ia ferir a pista, além de ter sido inventado e lançado em ano de Jogos Olímpicos). A relação da adidas com a entidade deve ter pesado na decisão? E a relação da Nike com o atual presidente da ex-IAAF também não deve ter pesado na regulamentação dos cheatflyers? Fica pro leitor decidir. Bom, no vídeo abaixo o dono da sapatilha recebe uma proposta de U$90.000 pelo calçado. E aí?!

Leituras de 5a Feira

Uma lista canadense de coisas a fazer e não fazer quando for correr de noite (no escuro). Algumas medidas são mesmo para países com neve e inverno muito rigoroso. Mas a maioria nos serve!

Um estudo MUITO legal usa estatísticas de milhares de resultados pra chegar à temperatura ideal para obtermos as melhores marcas. Nada distante do que sempre se imaginou, mas sempre legal ver que os números são corroborados pela análise da prática e não somente da teoria.

Autojabá: no outro blog falo se existe alguma relação do jejum com o emagrecimento.

O Track-Stats esmiuça em detalhes o recorde mundial de Yulimar Rojas no salto triplo.

Uma matéria incrível fala sobre as coisas que Eliud Kipchoge faz de diferente de tantos outros, mas que seus fãs farão questão de ignorar.

Terminei de ver o especial McFarland da RunnerSpace revisitando a equipe escolar que virou filme da Disney. Bacana! Aqui você vê o episódio número 2. Aqui o 3, o 4 e o final (5).

Leituras de 3a Feira

Uma recapitulação detalhada que explica os seguidos fracassos dos EUA no revezamento mais aguardado do atletismo, o 4x100m.

Autojabá: No outro blog explico por que muitos caem na falácia de contar calorias para o emagrecimento. E em outro texto sobre o que não fazer quando o seu objetivo e emagrecer.

Em 2015 a Disney lançou um filme sobre corrida contando a história incrível de um time escolar de cross-country feito de inexperientes (estudantes e treinador). Obviamente fez sucesso entre corredores! O site RunnerSpace em parceria com a fabricante Hoka traz em 2021 a continuação da história real. Aqui o trailer! E ainda aqui você tem o episódio de abertura.

Na Podium Runner uma bela matéria repassa o tema lesões, o que causaria e como estamos longe de prever algo ou compreender completamente o que envolve esse assunto.

Mais um escândalo de uma equipe que pressiona esmagando atletas para serem magras além da conta. É impressionante o talento que algumas instituições têm para estarem sempre no olho do furacão. Matéria essencial!

Leituras de 4a Feira

Os 2 maiores boicotes da história olímpica foram em 1980 e 1984. Uma história muito pouco contada é como a então URSS resolveu organizar os Jogos da Amizade logo depois de Los Angeles/1984. Aqui um relato de atletas do bloco capitalista que lá estiveram conhecendo a realidade de um mundo sem fronteiras tão abertas.

O site da World Athletics traz a vida e incrível carreira da mais vitoriosa atleta síria da história, Ghada Shouaa.

Autojabá: no outro blog fiz um texto explicando o que está impedindo que você emagreça. E em outro falo por que nutricionistas passam dietas que não funcionam.

A longeva carreira de uma das maratonistas mais vencedoras de todos os tempos, a queniana Edna Kipaglat.

A Podium Runner traz um texto BEM legal e BEM didático sobre polimento em treinamento para maratona. Vale a lida!

De novo a Podium Runner, dessa vez com um texto gostoso de ler sobre corridas táticas quando o tempo final importa menos que a colocação. Talvez o corredor amador não consiga entender exatamente o que o autor queira dizer, porque a corrida à maioria das pessoas é uma competição contra o próprio tempo, mas aqueles que tiveram a experiência de competir por posições e pódios sabe que o tempo importa menos, que a disputa acaba sendo de um contra o outro.

 

Leituras de 5a Feira

O grande treinador PJ Vazel explica como o desempenho dos 30m iniciais de um atleta pouco conhecido nos 100m pode revolucionar como enxergamos e calculamos os limites do desempenho humano na prova mais clássica do atletismo e dos Jogos Olímpicos.

Fotos dos Jogos Olímpicos de 1964 em Tóquio revela a mudança do perfil das pessoas envolvidas no grande evento com uma diferença de quase 60 anos.

Autojabá: sigo com a sequência de dicas ruins de Nutrição dadas pelas autoridades de saúde britânica, o país mais obeso do continente. Aqui a parte 3, a parte 4 e a quinta parte.

Mais uma vez o site da World Athletics nos traz em detalhes a vida e carreira de umas das maiores e mais condecoradas velocistas da história, a polonesa Irena Szewinska. Demais!

Um texto bacana fala sobre a tênue linha que separa o desconforto da dor de lesão.

 

 

Leituras de 2a Feira

Eu não conhecia a romena Iolanda Balas, uma das maiores saltadoras em altura da história. A World Athletics nos conta sua carreira! Bem legal!

Autojabá: no outro blog trago uma sequência de dicas ruins dadas pelo instituto nacional de saúde no Reino Unido (NHS). É uma série de barbeiragens que talvez explique o país ser o mais obeso da Europa. Aqui a introdução e ainda a parte 1 e a parte 2.

Você sabe como são as premiações das maratonas e todos os seus bônus? É mais complexo e às vezes mais duro e mais cruel do que boa parte de vocês imagina. Aqui um texto explicando de forma detalhada.

Um texto bem legal explicando como correr provas curtas está longe de ser perigoso. É o tipo de coisa que quem é da área já sabia, mas nunca é demais fazer força pra esse mito de risco ao coração ser derrubado.

A ESPN traz uma história impensável de como um stalker aterroriza e quase acaba com a carreira da grande Emily Infeld. Não dá pra imaginar o terror pelo qual ela passou por anos e que pode ter custado sua classificação aos Jogos Olímpicos deste ano.

Leituras de 4a Feira

O que laureados com o Nobel e atletas de elite têm em comum?

Como deveria ser o seu último treino antes de uma prova importante. Belas dicas da Canadian Running.

Um dos maiores mitos sobre a corrida feito por quem não corre é que correr compromete as cartilagens de nossos joelhos no futuro. Mais um levantamento tenta por fim a essa mentira que parece nunca ter fim.

O que determina nosso sucesso em uma maratona? Belíssimo levantamento!

10 coisas das quais Eliud Kipchoge não abre mão. É propaganda!

Autojabá: no outro blog explico o que não funciona para melhorar meu desempenho na corrida e em outro texto falo da maior mentira que te contaram sobre emagrecimento na corrida.

Uma bela carta aberta da treinadora Helena Duplantis ao seu atleta mais famoso. Pelo sobrenome você imagina quem seja?