Arquivo da categoria: Leituras

Leituras de 2a Feira

Não importa a fase, sempre foi assim, estando em forma, voando, ou recomeçando mais uma temporada… sempre me sinto o pior corredor do mundo nos primeiros minutos de qualquer treino! E mesmo algumas provas! Quando caí neste texto de uma amadora (lenta) ela sem saber me ensinou que essa é uma sensação mais comum do que se imagina.

Off-topic: um texto teoricamente carregado, mas BEM interessante pra quem gosta de entender a questão da lesões e do melhor tratamento a elas. Nele o treinador Vicente Sauer explica por que erramos tanto ao lidar e tratar o corpo humano de forma simplista quando ele é um sistema tão complexo.

Um texto espetacular na Outside falando da singularidade de uma prova igualmente espetacular e especial: a Milha (1.609m).

Eu não sei como vocês conversam com vocês mesmos naqueles momentos difíceis da corrida… seja uma prova com o corpo pedindo pra diminuirmos o ritmo ou durante um treino de tiro, quando o corpo pede que abandonemos a sessão porque parece impossível. Eu sempre falei “de fora”, na terceira pessoa, igual o Pelé (risos). E você? Pois já tinha visto estudos mostrando que o ideal é falar de fora. Eu fazia isso naturalmente. Que bom! Aqui um texto explicando tudo!

Semanas atrás fiz mais uma vez um teste, um ciclo, de uso de creatina com um protocolo especial para corredores (de longa distância, diferente do protocolo para velocistas e/ou marombeiros). Recebo sempre dúvidas, o Sérgio Rocha do Corrida no Ar também. Ele resolveu não só fazer um vídeo explicando como resolveu aderir e fazer um experimento nele mesmo. O vídeo explicando tudo conta com minha consultoria técnica e está abaixo. Gostei bastante do resultado!

 

Etiquetado ,

Leituras de 2a Feira

Na mesma semana, em questão de horas o mundo do atletismo perdeu o grande maratonista Ron Hill e ainda o ex-velocista Lee Evans. Dois gigantes que não podem ser esquecidos.

Autojabá: participei como convidado do podcast Emagrecer de Vez do Rodrigo Polesso. Falamos sobre hormese. Confere lá! Clique aqui!

Sempre compartilhei aqui os dados que Barry Smith divulgava sobre dados que relatam o comportamento de maratonistas homens e mulheres em importantes provas pelo mundo. A Canadian Running deu uma reciclada e fez matéria legal sobre o tema!

Uma curta matéria da Podium Runner tenta explicar como o Japão conseguiu criar uma leva tão grande de talentosos maratonistas.

Você sabe o que é Sisu? Esse comportamento tão finlandês pode explicar parte do enorme sucesso histórico deles em uma modalidade que exige raça e determinação como a corrida de longa distância.

O novo vídeo da Gatorade. Estrelando um dos maiores nomes do atletismo mundial.

Etiquetado

Leituras de 2a Feira

Se tem uma doença que me abala é a depressão. Brenda Martinez é uma talentosíssima atleta americana por quem perdi um pouco a admiração após ela ser pega no antidoping ano passado. A quem cabe julgar, não é? Pois o The New York Times traz as consequências inimagináveis da punição na vida da pessoa que é proibida de fazer aquilo que ama e sabe fazer. Por causa do exame ela revelou sofrer dessa doença terrível. O que era para proteger os atletas limpos mostrou a dura face do falso positivo.

Autojabá: no outro blog tento explicar por que nutricionistas atacam tanto a dieta low carb e o jejum.

Uma longa, detalhada e completa matéria da Runner´s World falando sobre como são os contratos de patrocínio de atletas de longa distância nos EUA, um mercado profissional, mas cheio de incertezas e dificuldades.

Cerca de 15 anos atrás, muito antes de Usain Bolt, um dos homens mais rápidos da história fez uma das celebrações mais icônicas da história do atletismo nos 100m. A Lope conta os bastidores do episódio de Maurice Greene e um extintor.

Uma lista bacaninha com 6 coisas que não corredores não entendem sobre corredores e corrida.

Ainda tenho enorme dificuldade de entender quem não consegue enxergar a falta de lógica ao se colocar mulheres-trans para competir entre mulheres… aqui um texto de quem sentiu na pele essa injustiça. Essa gente odeia tanto as mulheres que querem acabar com o esporte feminino!

Etiquetado

Leituras de 6a Feira

Steve Magness nos traz um causo sobre um recorde mundial de Jim Ryun que é no mínimo muito interessante! Uma daquelas pérolas históricas e sobre a qual ele tenta nos ensinar um pouco de como sermos um corredor melhor.

Um debate até que interessante e um pouco divertido na Canadian Running: deveríamos mudar a nomenclatura das ultramaratonas?

A Sports Illustrated fez sua habitual lista com os 50 atletas mais em forma do mundo. No feminino a maratonista Sara Hall, as saltadoras Sandi Morris e Tianna Bartoletta, a barreirista Dalilah Muhammad, a ultramaratonista Courtney Dauwalter, a fundista Emma Coburn e a velocista Shaunae Miller-Uibo. De brasileira apenas a lutadora Amanda Nunes. Já entre os homens o arremessador Joe Kovacs, o ultramaratonista Jim Walmsley, o maratonista Eliud Kipchoge, o saltador Mondo Duplantis e o velocista Noah Lyles. Entre brasileiros apenas o surfista Ítalo Ferreira. Aqui a lista completa!

Autojabá: no outro blog falo o que Mark Wahlberg nos ensina sobre emagrecimento.

Um vídeo bonito, mas de cortar o coração mostrando uma atleta olímpica lutando contra a depressão que pode derrubar até os mais fortes do mundo! Vale a visita!

Etiquetado

Leituras de 2a Feira

Na Athletics Weekly texto com o ex-atleta e monstro Craig Pickering falando sobre genética e seu papel no desempenho.

Trailer de um documentário novo sobre doping e o envolvimento da maior empresa do mundo. Meticulosamente o rosto da maior estrela não aparece. Sobrou até para Kara Goucher, mas não para Mo Farah. E me perguntam por que não vejo mais atletismo profissional…

Na Canadian Running uma matéria bem legal dando 4 opções de treinos para quem por algum motivo ficou sem tempo de treinar direito.

Autojabá: divulguei dias atrás o pré-lançamento de meu novo livro, o Em Defesa do Jejum! Clique aqui para visitar o site oficial do livro!

Tegla Loroupe é a primeira ex-atleta de peso a falar o óbvio que poucos atentam: o uso de cheatflyers é um desserviço à equidade do esporte! Ela como queniana sabe bem do que fala! Coloca os pobres em desvantagens naquele que sempre foi um dos esportes mais democráticos de sempre. Sebastian Coe não liga pra isso.

Etiquetado