5 dos piores erros e justificativas do Profissional de Saúde

5 discursos que um profissional de Saúde deveria evitar:

  1. “PROCURE UM PROFISSIONAL CREDENCIADO”

Se a primeira coisa (ou o último parágrafo!) dito pelo profissional em questão for enfatizar a “necessidade de você buscar a orientação de um profissional formado e credenciado”, você corre um enorme risco de estar lidando com alguém que não saiba muito bem a diferença entre casualidade e causalidade. Cuidado! É perigoso!

Procure alguém que saiba o que é causa e consequência

Procure alguém que saiba o que é causa e consequência

2. CASUALIDADE E CAUSALIDADE

O profissional citado acima acha que é importante você pagar a taxa do conselho porque isso seria um indicativo de qualidade. Mas não é! Não há relação direta entre qualidade e ter ou não carteirinha profissional. Assim como comer ervilhas não faz você ficar verde, pagar o CREF não te faz um bom profissional. E ter roupas largas não faz de você gordo na mesma intensidade que possuir carteirinha do CFN não faz de você um expert em Nutrição.

Confundir causalidade e casualidade já fez estragos enormes nas Ciências da Saúde. FUJA de um profissional que não entende esse risco.

 

3. INDIVIDUALIDADE BIOLÓGICA

1-Mark-RFIDApelar à individualidade biológica é o maior recurso que alguém pode usar quando quer remar contra a maré sem encontrar NENHUM suporte que não seja a sua própria experiência. Um caso é exemplar: alongamento junto à sessão de corrida. A Fisioterapia e a Educação Física são repletas de profissionais que ainda utilizam do alongamento ainda que estudo atrás de estudo mostre que ela ou é inútil ou é contraproducente. Não adianta, o homem é o único animal que põe a mão no banco da praça para ver se a tinta está fresca depois de ler o cartaz NÃO MEXA, TINTA FRESCA.

Busque mais do que quem use essa desculpa da individualidade para esconder o que é na verdade “por sua conta e risco”.

4. EXPERIÊNCIA CLÍNICA (POIS A CIÊNCIA É LENTA)

Novamente, 2 erros não fazem um acerto. Sim, a ciência é muito lenta. Ainda engatinhamos em campos da Nutrição ou no das lesões na corrida, por exemplo. Basicamente mais sabemos o que NÃO funciona do que aquilo que funciona. Sempre que esse discurso de atropelar a ciência é utilizado, ele quer na verdade é esconder a falta de argumento para usar uma prática não-comprovada.

Veja o caso da Kinesio Taping na corrida, por exemplo. Há pouco material produzido, mas há estudos e revisões apontando que são inúteis na corrida. Ainda assim o picareta vai lá e fala que a utiliza (a vende!) porque um dia a ciência irá provar seu ponto. Quando o profissional usa desse argumento (lentidão na falta de evidências) para ter ganhos não sendo 100% franco e direto com o cliente, isso não é vanguarda, isso se chama mau-caratismo mesmo.

5. “EQUILÍBRIO É FUNDAMENTAL”

PoiseNão! Não é!

São 2 os equilíbrios que não entendo na Nutrição. Ainda fico sem entender como há nutricionista que diz que “tudo bem comer um doce de vez em quando”. Tudo bem? Não! Desde que não seja diabético, realmente ninguém morre ao comer uma bomba de chocolate. Tomar um porre numa festa de aniversário é da vida. Fumar um baseado na adolescência acontece com muita gente. Mas e se esses hábitos virarem “tudo bem de vez em quando” e sem vício? O seu nutricionista irá aprovar uma “cheiradinha” ou outra no réveillon? Duvido.

Quando o nutricionista vem e diz que “tudo bem” um doce de sobremesa, dá um sinal claro de não saber calcular exatamente o quanto a exceção faz mal. Você não pode nem tem como proibir, lógico, mas dizer que está tudo bem é certo sinal de ignorância.

Outro equilíbrio perigoso é a insistência que devemos comer equilibradamente, ainda que na natureza NÃO HAJA esse equilíbrio. Quando o nutricionista bate nessa tecla ele é arrogante ou ingênuo ao extremo achando que está corrigindo a sabedoria da natureza que nos fez assim distante do equilíbrio. Ou mostra não ter ideia do que está falando quando usa a palavra.

Etiquetado , , ,

8 pensamentos sobre “5 dos piores erros e justificativas do Profissional de Saúde

  1. Tadeu Góes disse:

    Parabéns pela data. Saúde , paz e $$$. E continue polêmico ! rsrsrsrs

    Curtido por 1 pessoa

  2. Pedro Ayres disse:

    Depois da plaquinha de advertência nos elevadores, não dá pra esperar muita coisa da autonomia das pessoas…

    Sigo achando bizarra essa necessidade do corredor de se cercar de tantos especialistas para fazer uma coisa simples.

    Poderia ao menos ter a obrigatoriedade de uma plaquinha “Risco de Iatrogenia” na entrada dos consultórios. Talvez com medo de que isso seja alguma bactéria as pessoas voltassem atrás.

    Curtir

  3. Rodolfo disse:

    Alongamento e Kinesio Taping? Vá até a USP aos sábados e verá a legião de seguidores destas “técnicas” com a supervisão de um profissional formado…

    Curtido por 1 pessoa

  4. Faísca disse:

    Tudo bem se reler e rir de novo? kkkkkkkkkk bom demais, simples assim ou é ou não é!

    Curtir

  5. Ciro Violin disse:

    Gostei da última parte sobre o desequilíbrio que somos em conjunto com a natureza. Tudo é desequilibrado tendendo ao equilíbrio que nunca ocorre definidamente. Desequilíbrio gera a tendencia à busca pelo equilíbrio e faz com que ocorra “saltos” para mutações nas espécies. To pensando certo né?

    Curtir

  6. Pablo Melo disse:

    Essa da dieta equilibrada é a maior lorota de todas. O que é um dieta equilibrada de um leão? Aquela com a qual ele evoluiu: órgãos de zebras! O que é a dieta equilibrada para o ser humano: aquela com a qual ele evoluiu! É tão simples!

    Curtir

  7. Claudio Mesquita disse:

    Só adicionando ao argumento:

    http://www.ncbi.nlm.nih.gov/m/pubmed/25531451/

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: