Leituras pré-Carnaval

Postei aqui o desafio que o Jornal Nacional fez com um maratonista amador de ver quanto tempo ele sobreviveria em uma esteira a 20km/h. O desocupado do Sergio Rocha do Corrida no Ar fez e lançou o desafio. Vou tentar conseguir uma esteira aqui em Dublin…

A Adriana Piza me fez assistir o vídeo do Ross Tucker falando sobre detecção de talentos e a teoria das 10.000 horas para se chegar ao estágio de master. Tucker é um MONSTRO, 2 de seus pontos fracos são a briga que compra com Malcolm Gladwell (10.000 horas) e Tim Noakes (low-carb). Com o primeiro ele parece fazer leitura dinâmica quando Gladwell fala que muito treinamento (as 10.000 horas) é muito importante, mas não garantia. Com o segundo ele prefere não estudar o low-carb para pegar o sul-africano nos deslizes. Ele chega no limite da desonestidade intelectual. Ainda assim, quando ele deixa de lado essas rivalidades, ele produz um debate primoroso por não se importar JAMAIS com quem vai se doer.

A ex-atleta profissional Mara Yamauchi em seu blog postou quais os indícios que nos levam a crer que alguém usa doping!

O Correr pelo Mundo fez uma série raçuda e muito bem feita com 80 provas de 10km pelo mundo afora! Sim, viajar para correr 10km é uma ótima pedida! Dê uma olhada na lista porque tem MUITA prova MUITO boa!

A campanha presidencial americana é quase sempre muito interessante! O candidato à nomeação democrata é o senador Bernie Sanders. No The Washington Post um jornalismo primoroso sobre o passado do político na corrida de longa distância em seus tempos de escola. Demais!

Como agora é Carnaval no Brasil, fiquem com um dos meus sambas enredos preferidos! *vai ter a magia do Carnaval, SIM, no Recorrido!

Etiquetado

3 pensamentos sobre “Leituras pré-Carnaval

  1. Julio Cesar Kujavski disse:

    O desafio seria mais legal e realista em uma pista de atletismo. Esteiras não são nada precisas.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Adolfo Neto disse:

    O pior é que já admirei mais o Ross Tucker.
    Agora acho que as coisas que ele discute bem são bem desnecessárias.

    Gostei de saber através dele que a regra das 10 mil horas do Anders Ericsson não tem lá muita base. Mas toda a discussão posterior sobre talento de atletas dopados em esportes limitados já me interessou mais. Hoje prefiro ler os que chamo de “filósofos do movimento” (http://professoradolfo.blogspot.com.br/2016/02/filosofos-do-movimento-ido-portal-e-dan.html), como Erwan Le Corre, David Belle, Ido Portal, Dan Edwardes. Esporte só por competição está cada vez mais em baixa para mim.

    Curtir

  3. Obrigada por incluir a volta ao mundo em suas leituras, Balu!

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: