Leituras de 3a Feira

Um texto do The New York Times que me dá um pouco de preguiça, mas que não posso deixar passar em branco: o jeito certo de escolher seu tênis de corrida.

Seria correr uma ultramaratona a melhor forma de tortura?

Leitura Obrigatória - BLOGLeitura Obrigatória: uma história sensacional na ESPN relembra Josia Thugwane, um atleta esquecido. O sul-africano vencedor da maratona olímpica de 1996 caiu no anonimato depois da improvável trajetória que o levou ao estrelato atlético. Nem mesmo o ápice esportivo no seu esporte é garantia de nada…. Triste.

Caiu o recorde mundial da Beer Mile! A marca por si só já é de respeito (4:56.2). Tomando uma lata (ou long neck) antes de cada volta é de tirar o chapéu! Aqui texto com vídeo.

Alex Hutchinson falando de um estudo que mostra o que já se desconfiava: um treino pela manhã antecedido por um treino duro na noite anterior será feito com reservas baixas de glicogênio muscular. Ainda mais baixas se a dieta for low-carb. Não me estendo por 2 motivos bem simples. O primeiro é que isso já era meio que sabido. E segundo porque estamos falando em curtíssimo prazo (UMA sessão de treino). O erro dos nutricionistas esportivos (praticamente todos eles quando falamos de atletas amadores) é tomar a parte pelo todo, ou seja, usar UMA sessão para determinar que dieta low-fat (e/ou high-carb) é boa/melhor. Reducionistas para ser gentil…

Um maluco foi lá e correu uma Meia Maratona de… calça jeans!

O belíssimo vídeo da campanha da GOL para o Dia dos Pais traz o depoimento de 3 deles. Tem sobre corrida, ao qual sou meio reticente sempre (mas quem sou eu, né?), porém o que me encantou mesmo foi o do bailarino…

Etiquetado ,

13 pensamentos sobre “Leituras de 3a Feira

  1. Igor Oliveira disse:

    Po Balu, um amigo meu já saiu da Woods de sexta e foi na USP treinar, de calça jeans e camisa social (mas tava de tênis)…

    Nem te conto quem era…

    Curtir

  2. Alexandre Lopes disse:

    Tirando o título da matéria do The New York Times, os caras comentam sobre o artigo científico publicado por um dos principais pesquisadores e pioneiro de estudos sobre biomecânica corrida, Benno Nigg (que por sinal também desenvolveu muita coisa para a Adidas no seu laboratório de Calgary). Ele praticamente é o pai da ideia de que “pronação” e “tênis com amortecimento” poderiam prevenir lesões…Pois bem, depois de 30 anos o cara faz um “mea-culpa” e sugere que esqueçamos esses fatores como risco para corredores!!! Nada como o tempo para por as coisas no seu devido lugar…

    Curtir

  3. Já corri muito de calça jeans (e outros tipos de calça) fazendo corrida-transporte. E com mochila. Normal.

    Curtir

  4. Daniel Prado disse:

    Danilo Balu, o recorde mundial da Beer Mile já caiu de novo nesse final de semana, https://www.youtube.com/watch?v=zdXnW5Wzivk (já consta no site oficial)
    Abs

    Curtir

  5. Pedro Ayres disse:

    Os velocistas podem tentar correr com o Keirin Cut Jeans, o jeans dos coxudos e bundudos 🙂

    Curtir

  6. adrianapiza disse:

    Estava por acaso vendo o Fall shoe Guide da Runner’s World e fiquei impressionada com a altura dos solados! Impressão minha ou estão maiores mesmo? Parece que essa é a tendência, pelo menos é o que estão querendo vender…

    Curtir

  7. […] Semana passada coloquei aqui um texto do The New York Times sobre como melhor escolher seu tênis de corrida. Eu falei que tinha preguiça do texto (e não do estudo citado!) porque fica dançando na parte eu fala do conforto. Acreditar (ou confiar) no conforto vai contra TODA uma ideia de evolução, adaptação e de anti-fragilidade. É um erro enorme, crasso, rude! Correr é desconforável, fazer exercício é desconfortável. Ficar em pé é desconfortável, mas é o tipo de estresse controlado que traz ganhos na conta final. Resumindo: ter tênis com controle de movimento e ~amortecimento~ pode ser péssimo, mas conforto definitivamente não pode ser intuitivamente a melhor das respostas. Independente disso (me alongo no futuro sobre essa nossa mania nociva por conforto na corrida), o doutor e fisioterapeuta Alexandre Lopes deixou um comentário muito pertinente. Reproduzo abaixo: […]

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: