Leituras de 3a Feira

Um texto do Alex Hutchinson, um pouco difícil de se aplicar para nós amadores, fala das adaptações em altitude. Duas coisas são bem contra-intuitivas: você não precisa de muito tempo antes (5 dias só!) e mais (não muito a mais!) parece não ajudar! Interessante!

Phoebe Wright explica mais uma vez em um belo texto sua teoria dos Benefícios do Pensamento Negativo na corrida!

Um levantamento incrível da Strava com maratonistas da prova londrina traz dados interessantíssimos sobre treinamento reafirmando muita coisa que a gente já sabe na teoria. A primeira é que quanto mais rápido, maior o volume semanal de corrida. Para ser mais exato, os sub-3h00 correm 3 vezes mais do que os que correm acima das 5h00 (22km x 66km)! O crescimento é de acordo com o aumento os ritmos. O volume pico também é muito discrepante. Todo esse comportamento é muito deduzível, mas tem um que passa meio despercebido e que é justamente o mais interessante: o peso dos longos entre os mais rápidos é o menor entre todos os corredores! Isso porque os atletas mais rápidos correm mais vezes na semana, é entre outras coisas a adição de outros treinos (volume!) que fazem deles melhores. A gente tem por hábito chamar de guerreiro o cara que faz tiros bem, quando na verdade, 2 vezes por semana é “fácil”, “qualquer um” consegue ser guerreiro assim. O duro é você correr corriqueiramente outras vezes na semana mais alguns treinos mais leves. Tal qual um texto ótimo de Steve Magness que coloquei aqui, o que faz você correr bem não são alguns treinos muito bons, mas muitos treinos mais ou menos. Já falei aqui também duas vezes: primeiro da “metodologia irlandesa” que é nessa pegada e também sobre volume “ser tudo” na corrida! Tudo! Reforço: correr alguns treinos de 25-30km, qualquer corredor bem preparado consegue, mas o que faz os mais rápidos serem melhores, são os outros treinos que resultam em maior volume. Aqui você vê uma análise interessante do The Guardian que me levou aos tais dados da Strava.

Um vídeo da United falando dos procedimentos de segurança usando atletas e modalidades olímpicas! Bacana!

Etiquetado ,

12 pensamentos sobre “Leituras de 3a Feira

  1. Julio Cesar Kujavski disse:

    Sim, já percebi na própria pele, isto é, no próprio organismo:

    Para um corredor medianamente condicionado é moleza fazer um ótimo treino de pista, se achar o cara nos intervalados, depois descansar dois dias e no terceiro dia fazer uma rodagem de 18 km.

    Duro é fazer os tiros de manhã, trotar de tarde, rodar normalmente nos dois dias seguintes e fazer tiros no próximo dia.

    Sabe aquela rodagem na qual parece que você não sai do lugar porque as pernas estão cansadas do treino anterior ? Este é o treino mais fácil de matar, temos mil desculpas para não fazê-lo. E no entanto parece que é o treino mais importante da semana.

    Curtido por 1 pessoa

    • Julio Cesar Kujavski disse:

      E complementando:

      Sou da turma de corredores que não consegue aumentar o volume semanal, mesmo fazendo alguns treinos muito bons durante a semana, porque eu costumo tirar um dia off depois de um treino duro. Mas a partir de amanhã eu começo a mudar isso.. rsrs…. é mais fácil falar do que fazer.

      Curtir

  2. Adolfo Neto disse:

    “Volume é tudo” implica em “Treinar para maratona é chato para caramba para mim” 🙂

    Curtir

  3. Ralph disse:

    Faço parte do grupo dos “não privilegiados”. Treino bastante volume e não melhoro os tempos. Mas não desisto……kkkk

    Curtir

  4. Breno disse:

    Uma dúvida: os tais 66 kms semanais dos sub 3 hrs são em média ou mediana?

    Curtir

  5. Pedro Ayres disse:

    Duas horas e pouco por semana é assustadoramente pouco para quem vai se expor a 5+ horas de exercício de uma só vez. Por que as pessoas fazem isso consigo mesmas?

    A linha entre maratona e romaria é bem tênue…

    Curtido por 2 pessoas

  6. adrianapiza disse:

    Balu, veja esse artigo. Acho que vou continuar com pequenos volumes e alta intensidade rs!!

    http://well.blogs.nytimes.com/2016/04/27/1-minute-of-all-out-exercise-may-equal-45-minutes-of-moderate-exertion/?smid=fb-nytwell&smtyp=cur

    Bom, testaram pessoas fora de forma, e para sedentários acho que qualquer coisa que se faça vai melhorar os parâmetros medidos…

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: