Perna e tronco

Vejam essa foto… é Paris em 1922, final dos 1.000m no que seria uma espécie de Jogos Olímpicos femininos (uma ideia muito defendida nessa época era que os Jogos Olímpicos fossem apenas masculinos).

É sempre complicado tirarmos conclusões de fotos já que a corrida deveria ser vista como um filme. Repare nas 3 atletas no primeiro plano. Queria eu que todos os atletas que oriento tivessem essa extensão de quadril e essa extensão plantar… “empurrando” o passo até o limite, até a ponta dos pés.

Na pista peço sempre aos meus corredores correrem “em pé, grandão”, tronco reto! Sempre que o atleta está em posição de aceleração, mais de força, ganhando velocidade, é comum o tronco ficar mais abaixado, mas isso NÃO é o natural. Tem mais!

Podemos dividir os velocistas em puxadores e empurradores. Sei que a maioria que lê aqui corre longas distâncias, mas isso nos mostra e nos lembra de como há ambas as fases durante a corrida. Na ânsia por correr rápido os iniciantes E os mais lentos gostam de ser puxadores e não empurradores (*em inglês o nome é invertido).

Na precipitação para puxar o espaço que vai à nossa frente pode haver erros graves. Um deles é o tronco abaixar e ao abaixar uma compensação natural e inevitável é a perna de trás sem apoio ficar demasiado para trás. Mas ficamos sem força na de apoio e deixamos que a de trás tenha todo um tempo maior de voltar para completar o passo. O problema de puxar mais que empurrar não é só perder a fase mais importante da passada (como as 3 em primeiro plano fazem tão bem), mas ficar em uma posição ruim (tronco abaixado jogando a perna suspensa lá pra trás).

Um dado a que poucos prestam atenção é o ângulo formado entre nossas duas pernas quando uma toca o solo. É um do marcadores mais subutilizados pelos treinadores. Esse ângulo deve ser pequeno e muitas vezes tem a ver com a posição do tronco. Um ângulo muito grande quando toca o solo? Sinal de problemas. Mas não olhe isoladamente a perna suspensa! É provável que haja relação com o tronco.

Etiquetado

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: