Leituras de 2a Feira

Abaixo você tem o vídeo pós-prova da La Parisienne! Soube pelo Correr pelo Mundo que ela é a 2ª maior prova do país (a Maratona de Paris a maior)! Paris faz algumas das corridas mais legais do calendário, como essas duas, a Meia de Paris e a Paris-Versailles!

7 dicas MUITO boas na Runner´s World.

Não costumo ler muito o Let´s Run, ontem eles postaram uma leitura incrível! Aqui (e nos EUA e na Europa) temos a mania de querer controlar tudo na corrida, fazendo métricas que se mostram muitas vezes, se não inúteis, sobrevalorizadas. Soubemos agora que o dono da melhor estreia da história na Maratona Guye Adola não sabia até após o treino de 4ª feira que estava embarcando pra correr a Maratona de Berlim. Mais. Decidiu na largada acompanhar os líderes pra ver o que dava. Demais!

A Flotack em parceria com a Hoka One One fez um curto documentário vídeo sobre o atleta eritreu Futsum Zienasellassie. Acho que pouca gente entende ou valoriza o que britânicos e americanos fazem por esses atletas…

O Helio Shiino me mandou o trailer de um documentário com o meu maior ídolo no atletismo brasileiro: Joaquim Cruz. Nunca soube desse curta que retrata sua carreira ao longo de 3 outros monstros: Zequinha Babosa, Agberto Guimarães e o treinador Luiz Alberto de Oliveira. Aqui o trailer. Um filme desse escapar até de quem gosta de atletismo é um sintoma de como tratamos nossos ídolos. Nunca seremos!

Abaixo o vídeo do Fly Europe edição Roma! *dica do Helio Shiino.

Etiquetado ,

10 pensamentos sobre “Leituras de 2a Feira

  1. Nishi disse:

    Você conseguiu o link para o documentário inteiro dos 800m? Já deve ter saído, não? Afinal, o trailer foi postado um ano atrás!

    Curtir

    • Danilo Balu disse:

      Procurei e não achei…. =/

      Curtir

      • adrianapiza disse:

        Esse documentário fez parte de uma série que lançaram no ano passado antes das olimpíadas. A série era da ESPN e se chamava Memória do esporte Olímpico Brasileiro. Eram 7 filmes, um por semana. O do Joaquim Cruz, que se chamava “Cruz, Barbosa e Guimarães – a potência dos 800m” passou em agosto. Eu vi na época, e teve um trecho que eu gostei tanto, que gravei… até aparece aqui neste trailer, mas de forma cortada….a partir do min. 2:45, quando ele diz que a pista se abriu…, ele diz que o povo que estava assistindo do lado direito, parecia que estava se derramando na pista, e ele voando na pista. Na época lembro que comentei com Nelton, pois ele estava escrevendo sobre o Joaquim Cruz na Contra Relógio. Tentei resgatar agora o documentário, achei o link, mas aparece uma mensagem dizendo “Este filme não está disponível no momento, pois contém imagens exclusivas do Comitê Olímpico Internacional”. Uma pena, pois além desse, muitos filmes do atletismo do acervo não estão disponíveis pela mesma razão!

        http://www.memoriadoesporte.org.br/documentarios/php/contents/list.php?sid=74c4e2bd34842dcdbb3f7e946a911a0d&a=a&m=7&d=0&p=0

        Curtido por 1 pessoa

  2. Marcel Rodrigues disse:

    “…não sabia até após o treino de 4ª feira que estava embarcando pra correr a Maratona de Berlim. Mais. Decidiu na largada acompanhar os líderes pra ver o que dava. Demais!”

    Sensacional!!!

    Curtir

    • Neilson disse:

      A matéria foi atualizada com declaração do treinador, que disse que ele estava treinando para maratona de Berlim faz quatro meses já, só não tinha contado pros amigos. Agora que ele decidiu acompanhar o ritmo dos top3 no dia, aí eu acredito 😀
      Por sinal, essas estreias vitoriosas só me lembram o quase incomparável Zatopek, que, conta a lenda, nunca tinha corrido a maratona antes da Olimpíada de Helsinki…

      Curtir

  3. Hélio Shiino disse:

    “Criança, hoje, não brinca na rua. Passa o dia com os botões. É por isso que a gente não tem outro Joaquim Cruz”, teoriza.” (Dona Lídia, mãe de Joaquim)
    — Trecho retirado da matéria abaixo —

    http://www.mg.superesportes.com.br/app/19,66/2014/08/04/noticia_maisesportes,57140/conheca-a-trajetoria-do-medalhista-olimpico-joaquim-cruz-pelas-ruas-de-taguatinga.shtml
    ESPECIAL JOAQUIM CRUZ
    Conheça a trajetória do medalhista olímpico Joaquim Cruz pelas ruas de Taguatinga
    Mesmo após 33 anos morando nos Estados Unidos, o campeão olímpico reforça a importância da infância nas ruas de Taguatinga para a formação como atleta
    postado em 04/08/2014 09:52 / atualizado em 06/08/2014 11:27
    Gustavo Marcondes /Correio Braziliense , Lorrane Melo /Correio Braziliense

    Curtido por 1 pessoa

  4. Fausto Flor Carvalho disse:

    Excelente texto, ótimas reportagens… Joaquim Cruz merece o reconhecimento que Pelé, Zico Rivellino têm…
    Interessante a Parisiense acontecer em setembro…me deixou com vontade de ir…afinal uma semana depois tem Berlim

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: