Arquivo da tag: Leituras

Leituras de 5a Feira

Off-topic: Em um assunto eu vivo um conflito interno, uma esquizofrenia… parte de mim diz que eu deveria assistir mais seriados porque são muito bem feitos e parte de mim diz que a vida é curta, que devo seguir vendo pouco. Consegui finalmente neste ano tirar todo o jornalismo da minha vida. Não consumo mais isso na TV nem na internet. Não há por que não ver seriados em sua plenitude, assim como não há motivos para tirar 100% do açúcar. Neste final de semana de Páscoa quase terminei de ver a temporada de estreia do ótimo Losers na Netflix. Para quem gosta de esporte, um programão! E se você só assiste se há um pouco de corrida, saiba que um dos episódios fala da Maratona de Sables. Não dá para falar muito mais sem entregar o episódio. *minha ideia é seguir vendo menos seriado do que eu gostaria e comendo menos açúcar do que eu também gostaria.

Auto-jabá: no outro blog falo sobre ovos e a segurança de seu consumo.

Alguém colocou destrinchou os números da Maratona de Boston deste ano e o comparou com o histórico recente! Eu perdi os dados, mas Boston não é a maratona de melhor média nos EUA… *dica do Ciro Violin.

Auto-jabá 2: o pessoal do Canal Corredores me chamou para falar no programa semanal ao vivo deles sobre minha experiência treinando e correndo com os Etíopes. Foi bem legal! Aqui o link.

Auto-jabá 3: o Webrun fez uma entrevista comigo sobre o livro Correndo com os Etíopes, fruto da experiência acima!

A Raquel Castanharo fez o curto vídeo (abaixo) no canal Corrida no Ar falando -sem depreciação – o óbvio: não há razões para buscarmos tênis de acordo com o tipo de pisada (se supinada, pronada…). Isso foi coisa que a indústria inventou para vender tênis e teve o maior sucesso porque até hoje há quem acredite! A relação de amortecimento, lesões e tipo de pisada é um assunto que cada vez menos abordo. Motivo? Cada vez mais penso que o corredor amador ele não quer aprender, ele quer ser enganado. É sério, eu acho isso. Está lá nos comentários um cara que corre há décadas que diz que amortecimento previne Sim lesões. Para uma pessoa assim, e o corredor médio parece ser assim, pode vir centenas de evidências, a cada ano que passa fica mais vergonhoso para ele admitir que estava errado, então ele irá se abraçar cada vez mais e com mais força uma crença que não encontra fatos que a defendam. Nunca negue a realidade. Nunca! É meu motto atual!

Etiquetado ,

Leituras de 2a Feira

A Folha de SP traz a tradução de uma matéria bem bacana mostrando o trabalho de um americano querendo desmascarar alguns dos maiores trapaceadores da corrida de rua amadora! Bom, na 5ª feira véspera da 6ª Feira Santa eu escrevi o que acho do linchamento de um brasileiro pego..

Auto-jabá: no outro blog eu discuto se Mel é saudável.

Na The Economist: a maratona engoliu as outras corridas de longa distância. O resultado é bizarro… ouvia dias atrás um episódio do podcast Corredores do Fundão sobre “Lesões & Maratona” e a discussão era exatamente essa… o amador parece confundir “ser corredor” com “correr 42km”… aí ele não treina direito para se arrastar por horas a fio. O ser humano não é racional, não se esqueça!

Sarah Sellers foi uma das personagens da Maratona de Boston do ano passado. Enfermeira profissional, corredora amadora que estava disputando sua segunda competição na distância (a primeira havia sido 42km para conseguir o índice), acabou no pódio e por isso terminou ainda sendo patrocinada pela Altra. E a marca fez um vídeo no seu Facebook contando sua história. BEM bacana! Boston é especial por isso!

Off-topic: Eu sempre acreditei… Eu SEMPRE acreditei que ele daria a volta por cima… não importasse quanto tempo levaria… como gosto desse cara! Você é DEMAIS, Tiger Woods! *sabe por que nenhuma fabricante de material esportiva será nunca como a Nike? Nunca! Sabe por quê? Horas depois da conquista do 15º major, quando quase ninguém mais acreditava que isso seria possível, eles já tinham esse vídeo de fazer chorar.

Etiquetado ,

Leituras de 3a Feira

Um texto bem bacana da Spikes fala da infância de Rhonex Kipruto que parece ser típico de muitos quenianos que depois vêm a despontar entre os melhores do mundo!

Auto-jabá: no outro blog falo sobre por que insistimos tanto com vegetais.

Um curto vídeo sobre a rotina e os treinos e a vida de Eliud Kipchoge!

Auto-jabá 2: no outro blog reforço que as recomendações dietéticas à população são puro fruto de política, não de ciência.

Um texto interessante e bem nerd tenta explicar cálculo integral usando Usain Bolt e seu ouro olímpico nos 100m em Pequim/2008 como pano de fundo.

Na Outside um texto discute um pouco os números de crescimento (e estagnação) da corrida de longa distância.

Exatamente um ano atrás uma enfermeira profissional e corredora amadora ganhou destaque mundial após subir ao pódio na Maratona de Boston. Agora foi a vez de outra enfermeira (também em tempo integral) quebrar a dificílima barreira das 2h30 na distância! Incrível! Um texto da Runner’s World dá uma ideia do talento, da enorme dedicação e da rotina excruciante de treinos que uma marca dessa exige!

Etiquetado

Leituras de 5a Feira

Um filme centrado na vida de uma jovem promessa velocista jamaicana. Abaixo o trailer de Sprinter. Aqui mais informações!

Alô leitor, quer uma ajuda para prevenir lesões da corrida? Pois então, ano passado participei de algumas reuniões para um ambicioso projeto. O resultado que surgiu delas é um estudo que será feito monitorando dos treinos e de como o indivíduo se sente após seus treinos. Baseado nesses dados conteúdos informativos será o enviados várias vezes durante 1 ano com dicas de como prevenir as lesões da corrida. Tudo isso de maneira gratuita e sem precisar se deslocar, pois será totalmente online. Nessa fase do estudo estão procurando por corredores residentes no estado de São Paulo, com no mínimo 18 anos de idade e que não tenham tido lesões da corrida nos últimos 3 meses. Não perca essa chance pois as vagas são limitadas. Para mais informações, entre no site http://runin3.com.br/ e se quiser participar, entre no link “cadastre-se”.

Auto-jabá: o pessoal do podcast Corredores do Fundão me chamou para ser o convidado especial deles nesta última edição. Ficou bacana e foi BEM divertido participar. Se você quiser ouvir o que falei sobre corrida e nutrição, basta acessar o link aqui!

Auto-jabá 2: No outro blog explico como o açúcar nos faz agir como crackeiros!

O que o Kilian Jornet faz correndo é assustador quando falamos de desempenho, mas o que ele enfrenta correndo em montanhas também assusta de outras maneira. Abaixo um vídeo LINDO dele correndo com uma Go-Pro!

Etiquetado ,

Leituras de 2a Feira

O pessoal do The Way to Win faz análises interessantes sobre velocistas. Dessa vez foi sobre Flo-Jo, a recordista mundial dos 100m e 200m. Quando você fala da atleta e de suas marcas sem passar a fundo na questão das drogas, ou minimizando seu papel, o vídeo fica pobre, vira coisa de Pacheco (com sotaque americano), de torcedor. Pena.

Desde quando trabalhava na ASICS o treinamento de produto batia na tecla: não usar amaciantes no vestuário esportivo (da marca ou de qualquer outra). Há motivos para isso. Sergio Rocha do canal Corrida no Ar acabou de fazer um vídeo explicando o óbvio, mas que é novidade à maioria dos corredores.

Na Runner’s World um texto bacana com dicas e da corrida vista por Molly Huddle, uma das maiores fundistas americanas da história.

A Vivo Barefoot é uma das poucas marcas que quero MUITO ainda comprar um de seus modelos (a Altra, outra marca, quando fui comprar em promoção dei azar). Ela vai ao encontro daquilo que acredito sobre tênis de corrida e para o dia a dia… De que é o produto que tem que se adaptar aos nossos pés, não o contrário. Além disso, ela reconhece que hoje TODA a indústria é voltada a vender uma ideia de que as marcas podem melhorar nosso “pé”, argumento esse que fica entre a mentira e ignorância. A fabricante americana colocou no ar um site que fala do assunto. O nome é sugestivo Shoespiracy (calçadonspiração). O vídeo mais curto (abaixo) é super didático, tem apenas 4 minutos e vem com legendas em inglês! Para quem quiser ver o estendido, basta clicar aqui e entrar no site!

Etiquetado ,