Primeira Leituras do Ano

Um famoso YouTuber marombeiro faz um “treino” com um velocista olímpico (200m). O resultado é legal para colocar em perspectiva três coisas: a primeira é como um velocista olímpico é um freak, um ET! Por isso é enorme bobagem quando dizem que o jogador Fulano corre tanto quando Bolt ou sequer poderia correr abaixo de 10 segundos os 100m. Não, provavelmente não poderia. A segunda é mostrar como ser forte não necessariamente faz da pessoa muito mais veloz. E por fim, a terceira é que não devemos confundir ser grande com ter força funcional. O vídeo nem é longo e você pode pular o merchan dos minutos iniciais no apartamento tentando te empurrar uns lixos nutricionais. Você assiste clicando aqui.

Autojabá: no outro blog eu explico o que a 2a Guerra Mundial nos ensinou sobre Nutrição, mas que a categoria resolveu ignorar.

Vocês a essa altura devem saber que tenho certo bloqueio de encarar a corrida como ferramenta política, de mudança social e protesto. Pra mim é mais um reflexo do que um motor nesse sentido. Só que nos EUA há uma questão BEM pertinente: por que a corrida é lá um esporte tão branco? Há algo que o praticante amador possa fazer? Existem grupos de negros que tentam promover a corrida na comunidade negra. É a ideia de criar o modelo mental. No The New York Times uma matéria sobre um negro que decide de mudar seu trajeto de treino para que negros o vejam correr. O resultado está além do que eu jamais poderia imaginar!

Não custa lembrar que hoje é o último dia para se inscrever na live sobre Treinamento de Base na Corrida! Em uma promoção incrível e imperdível você por R$9,90 sairá sabendo tudo sobre base! Hoje, 2a feira, 19h30! Se inscreva clicando aqui!

Dias atrás me perguntaram na caixa de perguntas que sempre abro no Instagram o que substituir o treino em dias de chuva… se fazer escada fazem esse papel. Fico sem saber o que responder… O vídeo abaixo é da Tracksmith que tem o calendário de estações do ano invertido com o nosso. Imagine se o europeu, o americano, o canadense e o japonês não treinassem se o tempo estivesse ruim… e ainda assim eles correm melhor do que nós. O vídeo arrepia!

2 pensamentos sobre “Primeira Leituras do Ano

  1. André disse:

    Acredito que seja instintivo você ver um cara grande e achar que ele possui as características atléticas + desenvolvidas, porém sabemos que hoje em dia 99,9% são falsos devido aos esteroides. Músculos são importantes para a nossa saúde, porém o excesso te atrapalha + que ajuda(Ex; como o seu dia a dia tem que ser para manter essa quantidade “anormal” dia a dia). Abraço!

    Curtir

Deixe uma resposta para Danilo Balu Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: