Leituras de 4a Feira

Uma das histórias mais tristes do atletismo brasileiro é a do vencedor e do incrível João do Pulo. Não só pelo esquecimento de um povo que só idolatra futebol ou os vencedores no auge, mas pelo fato do destino ter sido tão duro com ele. Um acidente que o deixou desgostoso e aposentado de sua prova. E antes disso um fato pouco lembrado, o roubo de sua medalha de ouro, recorde olímpico e provavelmente mundial. Esta matéria (em espanhol) no El País conta detalhes que eu mesmo não conhecia (sobre quem era o árbitro no dia).

Wilma Rudolph é um dos maiores nomes da história! Se você não a conhece 60 anos depois de seu mais conhecido feito, aproveite matéria da World Athletics para saber mais!

A Outside listou 17 (??) mitos da corrida a serem derrubados.

Autojabá: no outro blog explico por que a banha é Lindy e a Nutrição não.

Convido você agora para ser apresentado melhor a Albert Hill como também o fui, um pioneiro que foi ouro nos 800m e 1500m na mesma edição dos Jogos Olímpicos (1920).

Etiquetado

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: