Kiev, Brad Pitt e Hipocrisia

Ontem revi pela enésima vez “Guerra Mundial Z” (vejo todos os filmes com o Brad Pitt, não pelos motivos pelos quais mulheres assistem). No começo há um pedido: a OMS pede que todos fiquem em casa e não saiam, pois uma vacina está em pesquisa. A vida imita arte, não? Mas Brad Pitt tem que sair às ruas pra nos salvar.

Essa semana vi ainda o documentário “Winter of Fire” que reconta os protestos na capital ucraniana entre novembro de 2013 e fevereiro de 2014. Por cerca de 100 dias a população acampou na praça central pra lutar pelo fim de uma ditadura que se formava. Resultado: 100 mortes.

Não seria mais fácil “ficar em casa” protegendo a vida dessas 100 pessoas? Teria ditadura? Teria, mas veja bem… fique em casa!!!!

No debate de correr sem máscara uma coisa me chama a atenção: quem argumenta contra a prática não tem NENHUMA boa índole (pode até ser ignorante, Boa índole? NÃO!). Essa pessoa, quando o faz publicamente, apenas e tão somente está exercendo SINALIZAÇÃO DE VIRTUDE. Ela é apenas uma pessoa tentando disfarçar uma patológica VAIDADE (ou ignorância) como se fosse empatia ou desapego.

Reforço: a pessoa que fala pra não correr sem máscara em prol do bem comum TEM QUE se comprometer a NÃO correr sem máscara até o fim do ÚLTIMO caso de COVID! Do contrário nós saberemos que ela NUNCA fez isso por bondade, mas apenas e TÃO SOMENTE por marketing pessoal. Se correr com UM caso de COVID no Brasil essa pessoa é FALSA.

Uma pessoa REALMENTE boa não faz algo bom porque a lei assim determina, mas porque ela ACREDITA ser o certo a fazer! Se correr sem máscara pode matar alguém, a máscara pode ser encostada SÓ quando o ÚLTIMO caso for curado! POUCO IMPORTA a lei!

Ninguém faz posts no Instagram sobre todas as leis que ela obedece. Isso não faz sentido! A pessoa faz post no Instagram sobre uma lei que ela segue quando ela quer MOSTRAR aos outros, faz isso quando o post serve apenas a UM PROPÓSITO: marketing pessoal.

Sabemos que quem posta “não corro/ não corra” não é bondoso na concepção da palavra, é apenas alguém fazendo marketing pessoal em meio a uma tragédia. Isso pega mal e ainda fica tudo registrado.

Etiquetado , ,

5 pensamentos sobre “Kiev, Brad Pitt e Hipocrisia

  1. Acabei de descobrir que não sou bom, heheheh

    Corro de máscara não porque acredito que seja o melhor, mas porque não estou a fim de, aos 51 anos, ter que ir parar numa delegacia de polícia por um motivo tão idiota.

    Mas tem uma vantagem: não fico enchendo o saco dos outros nas redes sociais! 🙂

    Esse debate enche o saco, mesmo!

    Ah, concordo com sua crítica a essa sanha assassina de querer nos prender em casa a todo custo…

    Abs

    Curtir

  2. Carlos Eduardo de Abreu e Lima disse:

    Oi, Balu. Na rua, uso máscara o tempo todo – menos durante a corrida! Tenho medo que o gás carbônico expirado fique retido.

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: