Leituras de 2a Feira

A Folha de SP traz a tradução de uma matéria bem bacana mostrando o trabalho de um americano querendo desmascarar alguns dos maiores trapaceadores da corrida de rua amadora! Bom, na 5ª feira véspera da 6ª Feira Santa eu escrevi o que acho do linchamento de um brasileiro pego..

Auto-jabá: no outro blog eu discuto se Mel é saudável.

Na The Economist: a maratona engoliu as outras corridas de longa distância. O resultado é bizarro… ouvia dias atrás um episódio do podcast Corredores do Fundão sobre “Lesões & Maratona” e a discussão era exatamente essa… o amador parece confundir “ser corredor” com “correr 42km”… aí ele não treina direito para se arrastar por horas a fio. O ser humano não é racional, não se esqueça!

Sarah Sellers foi uma das personagens da Maratona de Boston do ano passado. Enfermeira profissional, corredora amadora que estava disputando sua segunda competição na distância (a primeira havia sido 42km para conseguir o índice), acabou no pódio e por isso terminou ainda sendo patrocinada pela Altra. E a marca fez um vídeo no seu Facebook contando sua história. BEM bacana! Boston é especial por isso!

Off-topic: Eu sempre acreditei… Eu SEMPRE acreditei que ele daria a volta por cima… não importasse quanto tempo levaria… como gosto desse cara! Você é DEMAIS, Tiger Woods! *sabe por que nenhuma fabricante de material esportiva será nunca como a Nike? Nunca! Sabe por quê? Horas depois da conquista do 15º major, quando quase ninguém mais acreditava que isso seria possível, eles já tinham esse vídeo de fazer chorar.

Etiquetado ,

6 pensamentos sobre “Leituras de 2a Feira

  1. Julio Cesar disse:

    O que me impressiona nos atletas multimilionários (não todos. Neymar, por exemplo, fica fora disso) é sua paixão pelo esporte.

    Tiger, Lebron, Kipchoge, Michael Jordan, Messi e tantos outros.

    Muitos fatores foram necessários para a volta por cima do Tiger, mas o principal sem dúvida é a paixão pelo esporte.

    Curtido por 1 pessoa

    • Danilo Balu disse:

      Verdade… Não tinha pensado nisso.

      Curtir

    • Varga disse:

      Julio, bem observado. O profissional vive de sua profissão, por óbvio. Mas, nem sempre isso quer dizer que ele seja bom no que faz. Na música tem muito amador que toca muito mais do que profissional. E no esporte, como acompanho a NBA, lembrei do caso do Minnesota Timberwolves, que tem 2 jogadores talentosos e com contratos máximos ou próximo disso, ou seja, ganham bem. Mas, não tem o mínimo tesão por ganhar, tanto que os Wolves são conhecidos por serem um time frouxo, de bananas.

      Curtir

  2. Julio Cesar disse:

    Falam tanto que um atleta amador é que tem paixão pelo esporte.

    Mas pra mim paixão pelo esporte é quando vc já é multimilionário através do esporte e ainda continua se sacrificando para estar em alto nível no seu esporte.

    Porque nós amadores fazemos uma ideia bem longínqua dos sacrifícios que sçao necessários para estar em altíssimo nível no esporte.

    Isso é paixão.

    Curtido por 2 pessoas

  3. Rafael disse:

    Gostei do post, bom para refletir.

    Curtir

  4. MARCIO CESAR MANZI disse:

    Imagina se arrastar por horas a fio…..e sem água. Maratona de Brasilia 21/04/19. Repercussão totalmente negativa pelos corredores.

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: