Leituras para um dia sem Copa

Paris é uma das cidades mais incríveis e mais belas que já pude visitar. Um treinão passando por alguns dos pontos mais bonitos, essa é a Run my City! *dica do Correr pelo Mundo.

Uma sabedoria popular na corrida é que correr forte com outras pessoas é mais fácil do que fazê-lo sozinho. Até por isso na prática uso muito pouco (nunca, para ser mais preciso) testes de campo entre meus orientados. Não há teste que consiga reproduzir fidedignamente o ambiente de uma competição. Quando você está com algum conhecido fazendo uma prova morrendo de dores e você vê aquela pessoa conhecida ao seu lado você pensa: “se ele consegue, eu também consigo”. Além disso, quando você corre ao lado (ou atrás de alguém), você pode desligar o cérebro e apenas segui-lo. Sim, o “vácuo” é importante e inegável fisicamente, mas amadores correm em velocidades bem menores, assim, a função de quebrar o vento não pode responder sozinha pela maior facilidade (ou menos dificuldade). Há algo mais ainda não 100% compreendido. Aqui em um texto BEM legal de Alex Hutchinson ele usa exemplos práticos. Sempre que vou para a pista fico com um enorme pé atrás com os testes de 400m, 1.000m, 12 minutos, 3km que tantas assessorias e equipes usam. Por que não fazer uma prova?

Na Runner’s World 54 histórias engraçadas, algumas hilárias, outras assustadoras envolvendo corrida e corredores.

Em um gráfico interessante e diferente o quanto ganham e de onde vem o salário dos atletas mais bem pagos do mundo. Não, ninguém do atletismo e só Neymar de brasileiro. *dica do Luis Oliveira.

Em um intervalo da Copa em um canal fechado me deparei com o comercial abaixo. Acho divertido quando retratam a corrida como um esporte cool, quando seus praticantes são sempre mais tranquilos, cheio de gente jovem fazendo cara de mau, quando é um esporte de gente mais velha, e eles sempre estão correndo como se fosse um tiro de 50m. Acho constrangedor, artificial como comercial de margarina, como a própria margarina.

Etiquetado ,

15 pensamentos sobre “Leituras para um dia sem Copa

  1. Rafael disse:

    Meus melhores tempos, foi quando resolvi corrrer uma prova de 5km por semana e rodar nos outros dias.

    Curtir

  2. james lehm disse:

    Acho que a melhor propaganda de corrida foi aquela da Brooks, aquela dos zumbis.

    Curtir

  3. Julio Cesar disse:

    Comercial bem bobinho mesmo. Nem dá vontade de conhecer o tênis, de tão bobo que é a propaganda.

    Sempre que posso uso provas como treino, não tem nem comparação sair pra fazer um treino forte sozinho ou entrar em uma prova de 5 km ou 10 km só como treino, é incrível a diferença de desempenho.

    Acho que vou adotar de vez o que o Rafael falou, rodar leve durante a semana e no fds entrar em uma prova de 10 ou 5 km pra correr forte.
    Com 50 anos de idade isso faz ainda mais sentido. Como não estou maratonista no momento, não preciso fazer longos, então esse sistema pode ser bom pra mim.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Marcio Manzi disse:

    Passei a treinar com um colega de trabalho e ex atleta profissional, a primeira coisa que perguntei foi quando seria o teste. Ele respondeu, se inscreve em uma prova de 10k, coloca o relógio no cronometro, olhe o tempo a cada placa de 1km e dê o seu melhor. Foi a prova mais rápida que fiz.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Luis Oliveira disse:

    Vou querer crédito na reclamação dessa propagando da Olympikus, pois estou reclamando dessa porcaria faz dias. Muito, muito ruim. Algum gênio achou que Bruno Gagliasso e sua patroa seriam bons garotos-propaganda da marca e fez tudo com esse vibe “urbano e contestador”. Os resultados são constrangedores. Quem corre pra cima de prédio?

    Mas, sejamos justos, esse comercial está absolutamente na média dos comerciais que estamos vendo na temática esportiva/Copa do Mundo.

    Curtido por 2 pessoas

  6. Tulio disse:

    Alguém comentou num grupo de Facebook que essa propaganda da Olympikus está alinhada com o perfil das publicações maioria dos influenciadores de corrida do Instagram e outras redes que possuem mais de 10 mil seguidores. Se ajuda a vender, tá valendo pra marca.

    Curtir

  7. Antal Varga disse:

    Pois é Balu, eu sempre procuro incentivar a indústria, comércio e serviço locais. Afinal elas geram riqueza, empregos e recolhem impostos por aqui. Mas, esse comercial é não dá. Pô Olympikus, me ajude a te ajudar !
    A pergunta que fica é: do ponto de vista do mkt, o que engaja mais ? Um famoso(a) bem apessoado, ativo nas redes sociais etc mas, que não é sequer um praticante ocasional do esporte em questão versus aquele atleta que ganha as competições mas, não é conhecido pelo público alheio ao esporte e também nem é tão bonitão/bonitona ?
    Em tempo…. e no espírito da Copa, o mesmo casal (e outros) estão numa propaganda de enxaguatório bucal. Aquilo sim é constrangedor. Pelo amor do amor !

    Curtir

  8. paulaaf0109 disse:

    Hahaha também senti a tal “vergonha alheia” com a propaganda da Olympikus. Nem sabem o q estão fazendo!

    Curtir

  9. paulaaf0109 disse:

    Hahaha também senti a tal “vergonha alheia” com o comercial da Olympikus!

    Curtir

  10. Pedro Ayres disse:

    Esse comercial, como boa parte da publicidade brasileira (do resto do mundo não sei dizer), é uma publicidade que fala consigo mesma, é o publicitário fazendo um “tour de force”, exibindo façanhas técnicas para seus pares, provavelmente pouco familiarizado com o tema que está filmando.

    Não vai falar à alma de ninguém que corre, sequer de quem não corre. Talvez instigue alguns a comprar o produto. Provavelmente nem isso. Frequentemente a gente assiste esses comerciais e termina sem lembrar que produto foi anunciado.

    Nada de novo no front.

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: