Correr não é sexy, nem cool, nem tem segredos

Correr é simples, não?! (*o que é BEM diferente de ser fácil) Aí a pessoa pergunta: quantas calorias você gasta no treino?

Não faço ideia!

 

Qual a distribuição do seu consumo de macronutrientes (carboidrato, gordura, proteína…)?

Também não faço ideia! Juro! As pessoas não acreditam…

 

Como é seu treino de força?

Faço força, muita. Mas não tenho protocolo nem periodização.

 

O que você toma no pré-treino?

Café preto ou jejum.

 

E no pós?

Nada… no máximo faço a próxima refeição.

 

Suplementos?

Nenhum.

 

Qual seu tipo de pisada?

Não sei.

 

FC de Limiar?

Não tenho ideia…

 

Volume semanal?

Não sei…. Mas dá pra calcular…

 

Qual tênis?

Um antigo de uma marca que nunca tinha usado, mas soube que já saiu de linha de tão velho…

 

O problema da corrida é que é um esporte de repetição. Ela é monótona, machuca, cansa, aborrece, é desconfortável… o melhor momento do treino – olha que irônico – é justamente quando PARAMOS de correr… seus efeitos no condicionamento vêm somente com constância, paciência, regularidade…

Correr não é descolado, fazer o que todo mundo faz (para melhorar) não é nada sexy. E o caminho é longo. Por isso que as pessoas ficam afoitas por atalhos, por segredos (que ninguém tem, todos no fundo parecem já saber aquilo que funciona) e a tecnologia ou dinheiro não lhe dão nenhuma vantagem.

Em um mundo com tantas distrações lutando pela nossa atenção, com imediatismo (a pizzaria não lhe cobrará se não entregar a pizza em 28 minutos) e tanta coisa virtual, algo tão old school como a corrida é um concorrente meio ultrapassado porque ela é quase exatamente uma antítese de nosso mundo atual: lenta, real, requer atenção e dedicação.

Por isso que há tantas promessas no mercado. Eu poderia ser mais indelicado e dizer que em um mundo cheio de malandros não lhes faltam clientes otários. Mas tem gente inteligente…. Que cai por ingenuidade, ignorância e boa-fé. Acreditam em promessas de melhoras por intervenções sofisticadas. Todos já caímos. Eu já consumi muito lixo… BCAA, teste de pisada, usei pré e pós-treino… aí você aprende que… não funcionam e que NADA é de graça. Então daí você já de cara filtra uns 80% dos profissionais do mercado que vivem da ignorância ou da ingenuidade alheia, que por venderem martelo chamam tudo de prego.

Ainda assim a corrida tem vida longa. Seja porque o passado foi glorioso, seja porque correr é uma ação intrínseca do ser humano (crianças correm, os animais correm). Mas as pessoas vão inventando novos jeitos querendo reinventar a roda. E mais uma vez o passado nos dá a resposta: não vão conseguir. E como expectativa tem enorme relação com frustração, vejo que ou a pessoa aceita e aprende a gostar das coisas como são, ou vão ficar como o Nelton já disse certa vez: ficarão colocando leite em pó e mel no açaí porque é cool comer açaí, mas o gosto nunca lhe agradou.

Etiquetado ,

10 pensamentos sobre “Correr não é sexy, nem cool, nem tem segredos

  1. Marcio Manzi disse:

    Continue firme! Parabéns.

    Curtir

  2. Roger Maurício disse:

    Sensatez, palavra que define perfeitamente o texto. Parabéns Balu!

    Curtir

  3. Julio Cesar disse:

    O que vendem por aí como Açaí é um sorvete, que deve ter alguma coisa de açaí, e com bastante coisa m cima, leite condensado, banana, chocolate, nutella…

    Comi açaí de verdade só uma vez. E não gostei.

    Mas também não como esses sorvetes que vendem por aí.

    Curtir

  4. Antal Varga disse:

    Resumindo: não existe almoço grátis ! Clichêzaço mas, é verdade. E Balu vc não foi indelicado, apenas parafraseou o grande sábio Bezerra da Silva.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Sebo Bis disse:

    Quase todo dia alguém me pegunta: “como faço para começar a correr?”. Quando insistem eu falo pra sair caminhando e ir intercalando um poste correndo,dois caminhando. Com o tempo vai aumentando…Quase ninguém faz, eu suspeito. Pq a pessoa espera que eu diga: procure um médico, um treinador, compre um tenis , veja sua pisada. Mas eu comecei a correr assim mesmo, com um reloginho do ching ling, um nike shox de couro e tô bem viva correndo há 11 anos.Perdi umas unhas, tive umas bolhas. Pangaré sim, mas tem piores. 😉 Só tive uma lesão, e foi quando eu pagava planilha.

    Curtir

  6. Carlos disse:

    Já a algum tempo, eu venho chegando à conclusão de que realmente não existe receita de bolo pra a corrida, não é agradável salvo os seus benefícios e resultados.
    Poucas pessoas correm por que gostam ou por que acham que está na moda. Mas simplesmente por ouvirem dos seus respectivos médicos, que ou o fazem ou morrem. Ou até aqueles que com eu, não querem esperar para ouvir tal coisa.

    Excelente texto!

    Curtir

  7. Maicon Cunha disse:

    Uma vez perguntaram pq eu comecei a correr? Minha resposta… não sei, só sei que corro … Hoje em dia voce corre por saúde? não, treinar pra maratona não é saudavel… corro pq eu gosto, mas tbm não sei exatamente pq eu gosto, kkk

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: