Leituras de 3a Feira

Na Spikes um assunto que atinge enorme parte da população de corredores, as complicações (dores) do ciclo menstrual, mas que quase ninguém fala abertamente a respeito. *dica do Igor Oliveira.

Aproveitando a deixa dos militares americanos que expuseram dados de seus treinos em zonas militarizadas e perigosas que falei semana passada, a Revista Piauí também fez matéria mostrando que aqui no Brasil o erro se repete com militares e agentes penitenciários. Vacilo!

Auto-jabá (nem tanto) off-topic: Recebi um agradável convite de ser entrevistado pelo pessoal do Senhor Tanquinho. O Guilherme e o Roney, “donos” do site, fazem aquilo que todos deveríamos fazer quando o assunto é Nutrição: eles não acreditam em nada do que dizem nutricionistas e diretrizes de saúde. Por quê? Porque não existe ciência na nutrição convencional, ortodoxa, apenas boa-fé. E isso não basta! Então conversamos por pouco mais de meia hora falando sobre Nutrição simples e descomplicada. Acompanhe lá! Ouça aqui! *a quem não gosta de podcast, há transcrição de toda a conversa!

Auto-jabá 2: no outro blog (O Nutricionista Clandestino) falo sobre das nuances da nossa relação com a balança, da roubada que é sanduíche natural (e outras pegadinhas falso-fit) e de como o ser humano é frágil ao carboidrato.

Sempre com aquele pachequismo achando que o mundo acontece em solo americano ou britânico, uma lista dom 25 das chegadas mais incríveis da história do atletismo!

Um comercial americano de cerveja com pegada esportiva. Até onde sei isso é proibido pela legislação brasileira. A Skol Ultra (que tem menos de 5g de carboidrato por garrafinha, e que dessa forma pode ser chamada de low-carb) tinha essa pegada (veja o vídeo aqui) e enfrentou problemas por isso. É justamente a única que eu “deixo” meus clientes beberem.

Etiquetado ,

8 pensamentos sobre “Leituras de 3a Feira

  1. Rafael disse:

    Não consigo concordar com a parte das frutas.
    Minha alimentação, praticamente metade é frutas e sou magro (já fui gordinho). E frutas de alto açucar misturado com aveia, linhaça, chia.
    Pra mim o que funcionou, foi cortar em boa parte os industrializados. Tentei ser low-carb só que me adaptei melhor dessa forma e deu certo.

    Curtir

  2. Panazelia disse:

    Pode explorar um pouco mais a história da Skol Ultra, por favor?

    Não vi você falar disso ainda e eu bebo cerveja pra cacete, então o interesse é genuíno.

    Abs,

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: