Leituras de 2a Feira

Mas um vídeo da Under Armour com sua nova campanha Unlike Any, desta vez com a corredora amadora Alison Désir.

Estariam as redes sociais prejudicando sua corrida?

Um cara faz as 10 provas do decatlo em uma hora. Detalhe: bisonhamente vestindo 100 camisetas. Parece um fisiculturista.

Uma ação bem comum na Europa para tentar popularizar o atletismo e trazê-lo para mais próximo da pessoa comum é fazer pequenos meetings nas ruas das cidades mais famosas. Há 2 atletas aqui no Brasil tentando viabilizar algo do gênero, mas os valores por aqui assustam até o mais desavisado… eu não acredito. Aqui 2 vídeos curtos feitos na linda austríaca Innsbruck: um com salto com vara e outro com salto em distância. *dica do Helio Shiino.

Na Runner´s World uma entrevista com Eliud Kipchoge, “O” maratonista do momento respondendo a perguntas que não machucam, mas são interessantes.

Um vídeo bonitinho da Comrades, a maior e mais famosa ultramaratona do mundo. *dica do Helio Shiino.

Etiquetado ,

3 pensamentos sobre “Leituras de 2a Feira

  1. Hélio Shiino disse:

    “Estariam as redes sociais prejudicando sua corrida?” (Danilo Balu)

    Se fizermos uma profunda reflexão, a gênese do que a Corrida se tornou, podemos arriscar que foi propondo estabelecer a Inclusão Social(ISTA) em todos os sentidos.
    Explico.

    * Se de um lado se faz de conta que está premiando, do outro lado se faz de conta que está competindo!
    Você “premia” com Pão Com Mortadela + R$30… quer dizer, Medalha-brinde, a TODOS que completam a prova.
    Dessa forma você começa a nivelar a coisa por baixo.

    Somente pelo Quorum?
    Qualidade Versus Quantidade.

    Será mesmo um Auto Prejuízo?
    Esse tipo de camarada que se habilita a participar das provas tem o perfil típico de que sabe o que está fazendo. Sabendo disso, de jeito nenhum ele vê como um Prejuízo.

    Tem algo errado nisso aí?
    Não.
    No (*) eu digo que tem um lado que faz de conta que está se premiando.
    “Reza o Regulamento que Medalha não é Prêmio!”
    Mas folcloricamente se tornou…
    “A Multidão entrou em Euforia!”
    Digo sempre: “A Euforia Leva à Debilidade!”

    Para fechar, Redes Sociais são apenas um dos desdobramentos desse grande Mise-en-scène onde não mais identificamos os protagonistas bem como os antagonistas.

    Para evitar o estresse, abstrai essas coisas e continuemos “empurrando o asfalto”!
    Funciona! \ (^o^) /

    ======================================
    (…) Há 2 atletas aqui no Brasil tentando viabilizar algo do gênero, (…) (Danilo Balu)

    Você teria como mencionar o nome desses 2 atletas sem que atrapalhe na empreitada deles?

    Curtir

  2. Pedro Ayres disse:

    Credo, corredores são melindrados demais. Quem se importa com o que os outros acham de você nas redes sociais? Nem as pessoas que criticam se importam. É apenas falta de ocupação mesmo, no instante seguinte a pessoa nem lembra quem ou o que criticou, como não lembra o próprio almoço.

    Aliás, como se ser julgado/avaliado fosse novidade na sociedade. No rachão de basquete, se der “air ball” sai da quadra. Aceita a prenda e volta mais forte. Antifragilidade, n’est-ce pas?

    Quanto a tirar o foco da atividade, desde que você tenha o “job done”, tanto faz quanto você posta ou não. Mo Farah que o diga.

    Cada tecnologia nova traz esse calhamaço de considerações de especialistas, tratando assuntos irrelevantes com a seriedade típica de acadêmicos (alguém aí lembrou Taleb?)…

    Curtido por 1 pessoa

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: