Leituras de 2a Feira

O uso e abuso das estatísticas no esporte. Um ex-atleta profissional nos dá um belo exemplo de como NÃO sabemos usar esses números nas provas de velocidade.

Ainda acho que um dos métodos para coibir os corredores-bandidos das provas é na base da intimidação (pela vergonha, não pelo uso da força). Uma prova nos EUA começou a caçar esses trapaceiros em uma maratona de modo a constranger dando uma segunda chance para as pessoas fazerem do jeito correto. A reação deles mostra bem como pensa o corredor-bandido: não têm vergonha de escolher o lado errado. *dica do Luis Oliveira.

Não é tão novo, mas interessante: 15 pistas para identificar um corredor de rua fazendo sua primeira ultra em montanha!

Aquele exercício que pode ser inútil, mas é legal! O ex-velocista medalhista olímpico Bruny Surin elege o seu hipotético 4x100m perfeito. Muito difícil discordar!

Você gosta de números? Gosta de maratona? Quer bater seu recorde pessoal? Então vale ler essa análise do sempre cuidadoso Barry Smith!

Abaixo um vídeo com uma nova tecnologia de amortecimento da ASICS, a FlyteFoam, que como todas as outras de todas as marcas desde a década de 70 promete finalmente nos proteger das lesões:

Etiquetado ,

7 pensamentos sobre “Leituras de 2a Feira

  1. Hélio Shiino disse:

    “Abaixo um vídeo com uma nova tecnologia de amortecimento da ASICS, a FlyteFoam, que como todas as outras de todas as marcas desde a década de 70 promete finalmente nos proteger das lesões:”

    Esse Sistema de Amortecimento que vos apresento, funciona!
    É tão rústico quanto eficiente!
    E o melhor de tudo – A Custo Zero! \ (^o^) /
    Vale à pena ser assistido tanto pelo Corredor Recreativo quanto pelo Corredor Competitivo! E de quebra, ouçam o Som deste Sistema de Amortecimento! \ (^o^) /
    (Se desejarem, comecem a partir de 6:00)


    Iten 10K race; catching men’s race in the middle
    Sung Woo Kim
    Publicado em 13 de set de 2015
    On the morning of August 8th, 2015, hundreds of runners stormed the road that connects Eldoret to Iten for a 10K race sponsored by Safaricom.

    Curtir

  2. Hélio Shiino disse:

    “Ainda acho que um dos métodos para coibir os corredores-bandidos das provas é na base da intimidação (pela vergonha, não pelo uso da força). Uma prova nos EUA começou a caçar esses trapaceiros em uma maratona de modo a constranger dando uma segunda chance para as pessoas fazerem do jeito correto. A reação deles mostra bem como pensa o corredor-bandido: não têm vergonha de escolher o lado errado. *dica do Luis Oliveira.” (Danilo Balu)

    O uso da força de forma gratuita e como primeira medida, eu também sou contra.
    Só não tenho certeza se é muita burrice, dificuldade MIL de entender que é um evento fechado mesmo com limites invisíveis ou é simplesmente delinquência.

    (Esquerdismo, Doença Infantil do Comunismo é um ensaio escrito por Lênin, publicado em 12 de maio de 1920.)

    A gente fica tão embasbacado com essas atitudes mesmo sabendo que não é um privilégio do Mundo da Corrida. A gente também vê Esquerdismo em Supermercado quando o Camarada pega, descasca e come uma banana na maior cara dura, “degusta” de um iogurte e vai embora.

    São mais falsos do que uma nota de “R$3,00”

    Curtir

    • Danilo Balu disse:

      O cara que come sem pagar no supermercado e só um idiota mesmo, nem esquerdista nem de direita.

      Curtido por 1 pessoa

      • Hélio Shiino disse:

        Sabe porque eu ainda continuo achando que é muito mais do que idiotice?

        Porque a pessoa com aquela patologia, tem como um dos sintomas, praticar o delito, achar que está com toda a razão e ainda ter a INTELLIGENTSIA de elaborar uma justificativa de que ele está Çerto na sua Atitude.

        Enquanto o Idiota carece das funções cognitivas e fica pasmo se nós o refutarmos, o Esquerdopata tece uma retórica de bar baseada em sua LóJica Pençante. Vulgo Mantra. Veja se o Corredor-bandido não se encaixa direitinho nesse???

        Mas enfim, pelo menos estamos vendo algumas Organizadoras se mexendo para coibir tais elementos. E isso é bastante positivo!

        Curtir

      • Josiane disse:

        Tb concordo: é só um idiota mesmo.

        Curtir

      • Hélio Shiino disse:

        É fato que a indignação é comum com relação aos corredores-bandidos de todos que comentaram, independente da nomenclatura que cada um decidiu adotar.

        Quando posso, tenho o cuidado de “dar o nome aos bois” como eles realmente devem ser classificados.
        Quando os classifico daquela forma é sabendo que eles não foram meramente lobotomizados.
        Pior.
        Receberam uma lavagem cerebral sem se darem conta disso.
        Seu Modus Operandi é alicerçado sob o Assolamento Criminoso da Cultura.

        Sem me alongar mais, gostaria de deixar uma sugestão de leitura – “Theodore Dalrymple ­ A ruína mental dos novos bárbaros”. – para todos que visitam esse Espaço do Conhecimento, se o Balu assim me permitir chamar o seu Blog, que explica de forma direta e concisa essa aberração em questão, “colocando o dedo na ferida”. Terminei de ler faz 2 semanas. Quem leu, certamente gostou.

        http://g1.globo.com/pop-arte/blog/maquina-de-escrever/post/colecao-apresenta-o-pensamento-de-cinco-teoricos-conservadores.html
        Domingo, 27/12/2015, às 09:38, por Luciano Trigo
        Coleção apresenta o pensamento de cinco teóricos conservadores

        De uma Coleção de 5 Livros, além do “Theodore Dalrymple ­ A ruína mental dos novos bárbaros”, já li o “Thomas Sowell ­ Da obrigação moral de ser cético” e engatilhado para ler o “Russell Kirk ­ O peregrino na terra desolada”.

        Um Grande Abraço,

        Hélio Shiino
        Rio de Janeiro – RJ

        Curtir

  3. renataster disse:

    Idiota tem em todo lugar do mundo, nao so no Brasil (Como muitos acham que ‘e coisa de brasileiro – nao ‘e nao: e’ coisa de idiota):
    Olha esse comentario e a bela resposta:

    W Marshall
    29 March 2017 at 7:00 am
    You said it in your post, you assume. It is a free country and we can run where we want

    doug g
    29 March 2017 at 1:09 pm
    what does this even mean?? it’s a free country but you have to pay taxes to be here. Those taxes are for services. This race cost money to put on. Running in the race without paying for it is theft. If you want to run the course when there’s no race on, feel ‘free.’ I hope I misunderstood your comment.

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: