Leituras de 4a Feira

Imagine você treinando para correr uma maratona para obter índice de classificação para a sonhada e restrita Maratona de Boston quando lá na marca do 9km um trem interrompe sua prova por até NOVE minutos! O vídeo na matéria da Running Magazine dá a impressão que a prova era um bate-saco, mas não!

20 lições de 20 anos de corrida, por Mark Remy.

Márvio dos Anjosdetalhes interessantes e de bastidores das competições do salto em distância para deficientes visuais nos Jogos do Rio.

A Women´s Running lista 20 mulheres que estão mudando o mundo da corrida feminina.

O porquê o escândalo desses vazamentos de prescrição de remédios para atletas é outro enorme problema no combate ao doping.

O que separaria campeões dos quase campeões.

Etiquetado

4 pensamentos sobre “Leituras de 4a Feira

  1. Ralph Tacconi disse:

    Sobre as 20 lições, gostei de algumas e achei outras bem bobinhas…. Mas pra mim a dúvida ficou no autor(a). Mary Remy ? É só um jornalista da Runners ? Desculpem a ignorância.

    Curtir

    • Danilo Balu disse:

      Coloquei errado…. vou lá corrigir!

      Mark Remy has been with Runner’s World since January 2007 — for the first 5 1/2 years as executive editor of RunnersWorld.com, and currently as a writer at large. Mark has been a runner since 1994 and has run 26 marathons (including seven Bostons), with a personal record of 2:46. He is the author of “The Runner’s Rule Book,” “The Runner’s Field Manual,” and “C is For Chafing,” and has been writing the popular Remy’s World blog since 2007. You can learn even more about Mark at his personal website, markremy.com.

      Curtir

  2. Neilson disse:

    Mark remy é um dos colunistas tradicionais da runners americana e escritor de vários livros bem humorados sobre corrida. Suas dicas em geral são simples e bem senso comum para quem já corre faz tempo – o bom do seu texto não está em descobrir novidades, mas em reconhecer suas experiências vividas (erros e acertos). Excelente a parte em que diz: Patience means having the discipline to delay gratification. – algo que vou tentar lembrar toda vez que quiser fazer um longão lesionado…

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: