Leituras de 6a Feira

Um curta de apenas 13 minutos no 60 Minutes da CBS fala sobre o esquema institucionalizado de doping no atletismo russo. Triste, mas necessário…

O Esporte Espetacular acertando novamente! Desta vez relembrando um dos 3 saltos mais importantes da história dessa especialidade do atletismo! Nota 10 para o comentarista e recursos visuais!

Em uma versão bem original, em quadrinhos o UOL reconta os bastidores da conquista da medalha de prata no 4x100m dos Jogos Olímpicos de Sidney!

Aries Meritt, campeão olímpico e atual recordista mundial dos 110m com barreiras falando em curto vídeo na série da IAAF com grandes nomes da modalidade.

Uma iraniana faz história ao se tornar a primeira mulher a correr uma maratona no Irã! Um fato histórico que passou despercebido às feministas que fazem corrida$ engajada$…

O vídeo teaser da Maratona de Valencia é MUITO legal! Ao lado da de Sevilha, essa é uma das duas provas rápidas e bem organizadas praticamente ignoradas pelos brasileiros no exterior. *dica do sempre atento Correr pelo Mundo.

Etiquetado ,

5 pensamentos sobre “Leituras de 6a Feira

  1. Luis Oliveira @slowatfifty disse:

    O Irá é um país progressista e ainda imperialista, Balu. As mulheres iranianas, assim como as demais minorias… Putz, não dá, até tentei escrever na brincadeira, mas embrulha o estômago.

    Curtir

  2. Mais uma vez, ótimas indicações de leituras sobre corrida, cultura do esporte, história do atletismo, parabéns! Mas não entendi direito a crítica velada às “feministas enjadas”. Eu, como corredora amadora brasileira há mais de 10 anos, só sei que toda moça que insiste em sair na rua para fazer um esporte, apesar de todas as coisas contra (assédio verbal e físico, apreensão dos familiares porque você estará em risco, etc), está fazendo uma pequena revolução ao seu redor. Há vários estudos e organizações que apontam que mulheres e meninas são desencorajadas culturalmente a se exercitar e isso é péssimo. Então é bem melhor elogiar quem tá fazendo um bom trabalho ao usar o esporte para modificar estes paradigmas (Lauren Fleshman, moça iraniana, corredora brasileira da periferia, muitos exemplos) do que criticar as “minas”, não achas?

    Curtir

    • Danilo Balu disse:

      Acho que não há corrida (no sentido de prova) engajada que não tenha a pele em jogo. Pra mim é comércio, 100%. A mulher que sai pra correr levando cansada e assobio de ignorante machista encara isso todo dia sem cobrar, não faz disso um negócio. Não critico/critiquei isso..

      Curtir

  3. adrianapiza disse:

    Aries Merritt após transplante já segue a toda!!! Ele vai aos jogos no Rio?

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: