Leituras de 4a Feira

Off-topic: No The Washington Post uma matéria bem didática explicando o quão fundamental é o sono. É aquela história que insisto, a pessoa foca na coisa errada. Toma suplemento de magnésio ou melatonina quando dormir direito e largar o celular antes de dormir já daria o boost que você sonha na corrida.

Carl Lewis é uma das tantas provas vivas de que um atleta genial não necessariamente vire alguém a quem valha a pena se ouvir na aposentadoria. Aqui um bem antigo quadro satírico estrelado pelo monstro Eddie Murphy!

Correr até quando? Até correr 10km abaixo de 40 minutos? Correr até os 60 anos? Ou até perder de vista? Um belíssimo curta, “Going the Distance” fala de privilegiados acima dos 75 anos que tiveram a oportunidade de correr 100m no sensacional Penn Relays. Aqui o vídeo de 10 minutos e aqui matéria na Runner´s World com mais detalhes.

Toni Reavi faz uma breve recapitulação dos recordes mundiais na Maratona.

Vocês estão cansados de saber o que eu penso sobre Nutrição Esportiva: andamos nas trevas. O que há no mercado é em geral TÃO ruim que vale mais a pena NÃO escutá-los, o lucro na média é maior. Bill Lagakos é um gênio que é ingnorado no Brasil. Eu o cito aqui porque ele é muito conservador com a recente onda low-carb, apesar dele negar veemente o que deveria ser ensinado: o controle de peso NÃO é uma questão de balanço calórico. Ele postou 2 textos que me escapariam e que vai ao encontro de ideias bem interessantes que fico feliz de defender aqui: no jantar (ou mesmo após o almoço), os atletas deveriam reduzir a quantidade de consumo do carboidrato para ter melhor desempenho. Aqui você lê no Men´s Journal e aqui no The New York Times.

Nossa melhor ultramaratonista de montanha, Fernanda Maciel é figura de um vídeo de sua patrocinadora, a North Face. Ultramaratonista, mas repare nos exercícios de força…

Etiquetado ,

13 pensamentos sobre “Leituras de 4a Feira

  1. Pedro Ayres disse:

    O sono! Sempre que vejo coisas mirabolantes de recuperação lembro do sono. Por experiência não conheço nada nem de longe melhor. Acho curioso esse guerreirismo de acordar de madrugada para treinar. Entendo que a vida é corrida (sem trocadilho), mas nem todo mundo que treina cinco da manhã precisa desse horário. É uma espécie de valor moral agregado. E o resultado é treinar sempre cansado e com sono. O que pode ser até benéfico como exceção, não regra.

    Curtido por 1 pessoa

    • ciro violin disse:

      Penso exatamente a mesma coisa, Pedro.

      minha opinião:

      As pessoas ainda tentam seguir uma doutrina ou uma receita divulgada nas revistas de que quem acorda 4h da manhã tem mais sucesso na vida. Quanto mais cedo, mais sucesso. O resultado lá na frente uma rotina insustentável.

      Tudo esta sempre atrelado à evolução humana no ambiente em que ela se desenvolveu.

      Evoluímos finalizando as atividades, sejam elas quais forem, quando anoitece, dormindo a noite, e começando as atividades com o amanhecer.

      Alguns dias fazendo algo que não seja isso, bagunça completamente o organismo.
      É possível se adaptar, claro, mas não é o ideal.
      Por isso disse sobre o ambiente evolutivo.
      Em algumas culturas, em determinados lugares, eles dormem menos ou mais dependendo das condições em que estão, dependendo do ambiente que estão.

      Outra coisa:
      Concordo plenamente com o Balu, quando que ele diz que as pessoas pensam longe demais quando a solução esta perto.

      Conheço um monte gente que fica se entupindo de suplemento, fazendo recovery boots, massagem, e mais algumas coisas, mas continuam NÃO dormindo, e não recuperando depois de treinos pesados.

      Quem não dorme não recupera…. pode usar o que quiser.

      Aliás…. uma coisa que eu sempre falo é que comer bem e dormir, é MAIS do que suficiente para a grande maioria das pessoas que treinam.

      Comer bem, dormir e usar suplemento, melhora ainda mais a recuperação.

      Agora…. cara que come bem, dorme usa suplemento e se dopa, aí o cara vira uma máquina….. trapaceiro FDP sim, mas uma máquina.

      Curtido por 1 pessoa

  2. Vinicius Morais Nunes disse:

    Falando em recuperação, sempre que faço treinos de alta intensidade eu chego em casa, descanso e já bate aquele sono, deito e durmo. No outro dia zerado.

    Agora sobre a Fernanda, muito cross fit e treino de força livre. É isso Balu?

    Curtir

  3. Enio Augusto disse:

    Minha média de sono para no outro dia não ficar podre é, no mínimo, 6 horas. 8 é o ideal. Antes, quando treinava de madrugada, ia dormir perto das 21h, para ter essas horas. Agora, durmo qualquer hora e acordo quando o corpo quer. Aí, saio para correr. Na maioria das vezes prefiro dormir um pouco a mais do que sair para correr. A exceção é o longão de sábado. Aí, tento sair antes do sol.

    Curtir

  4. Adolfo Neto disse:

    Balu, ficou sabendo do livro Primal Endurance? Ele dá um foco bem grande em sono. O Maffetone fala bastante também. Maior bobagem que já fiz na vida (OK, grande exagero), por um certo período, foi acordar bem cedo para correr.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Ralph disse:

    Sobre o estudo dos carbos a noite. Não li o estudo, apenas as matérias.

    Pelo que entendi é uma estratégia a ser usada antes de sua prova e não se deve utilizar por muito tempo. Apenas algumas semanas antes. Eles fizeram por 3.
    Não é recomendado seguir isso por muito tempo.

    Foi dito que o grupo low-sleep reclamou de fome a noite.
    E pelo que entendi também, eles faziam os treinos da manhã moderadamente e em jejum.

    Interessante!

    Curtir

  6. adrianapiza disse:

    Quando treinava com o Miguel Sarkis, há muitos anos, na planilha havia uma coluna que deveríamos marcar todos os dias quantas horas dormimos. Não adiantava querer fazer bons treinos dormindo pouco…ele sempre dizia.

    É o que sempre tento explicar para os meus filhos….como sono é fundamental! Como eles tem que acordar cedo, para dormir horas razoáveis devem dormir cedo (o que não é fácil convencer)…quando não dormem o necessário em dias seguidos o corpo dá o alerta: eles acabam não conseguindo controlar e caem dormindo à tarde vencidos pelo sono. Tenho certeza que o rendimento na escola, nos esportes , em tudo, é fundamental estar com o sono em dia!

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: