Leituras de 2a Feira

A ESPN Run separou 10 maratonas a se fazer antes de morrer. Estou muito longe de compartilhar do mesmo gosto…

Uma das coisas mais bisonhas recentemente foi o processo contra a Vibram por prometer algo que não era real. Um vídeo antigo tem uma frase ótima: tênis inteligentes não compensam pessoas burras. *dica trazida pelo Adolfo Neto.

Off-topic: a meio fundista Phoebe Wright está em uma belíssima série em seu blog falando sobre transtornos alimentares em atletas. Fala melhor do que muito especialista…

Não entendo como tem tanto profissional de esporte e educação física que recomenda outros esportes (natação, ciclismo, yoga…) para melhorar a… corrida! Spinning não é esporte na minha lista, não conta, mas a Runner´s World fez matéria com um grupo bisonho que se junta para praticar. Aproveite e veja essa paródia aqui que tira barato com a modalidade! *dicas do Pedro Ayres!

Quanto tempo compete um atleta em uma temporada? O espanhol Marca separou alguns grandes nomes. Na página 27 está lá, Usain Bolt no extremo! *dica do Igor Oliveira.

Aqui a edição de Março/Abril da revista digital gratuita Level Renner! Acho que vale uma passagem pelas páginas 32-33 (superstição de atletas) e pela 34 (sobre se comparar com outros).

Abaixo o vídeo bacana com melhores momentos da alemã ISTAF indoor. É bom ver um evento ser tratado como show e espetáculo! O atletismo precisa MUITO disso!

Etiquetado ,

14 pensamentos sobre “Leituras de 2a Feira

  1. Julio Cesar Kujavski disse:

    Pois é, sobre o atletismo espetáculo, neste evento havia somente velocidade, barreiras e saltos.
    Se colocar arremessos, lançamentos, meio-fundo e principalmente fundo a parte espetáculo fica bem mais difícil, pois são provas mais monótonas de se assistir.

    ** Observação: Ainda existe a expressão “meio-fundo” ? pois parece que agora até 1.500 é velocidade e 5.000 é fundo, ou os 5.000 já são quase meio-fundo… menos de 13 minutos.

    Curtir

  2. Adolfo Neto disse:

    O ponto mais importante do vídeo: segundo o comentarista, só gente muito fresca acha o visual dos Five Fingers estranho 🙂 Afinal, eles parecem pés… Por que pés são estranhos?

    Curtir

  3. Rafael disse:

    Ando pensando em substituir meu regenerativo, por andar de bicicleta.
    Mas tem muitas dúvidas.
    É uma ideia ruim?

    Curtir

    • Danilo Balu disse:

      Eu não acho ruim, mas não é necessariamente bom.

      Curtir

    • Marcos disse:

      Eu faço muitos deslocamentos de bicicleta no meu dia-a-dia. Faço isso há 5 anos. É leve (principalmente para não chegar suado no trabalho). O giro por semana é entre 35 e 70km. Essa situação não é treino (não é uma substituição do regenerativo). Só testando mesmo pois isso deve ser bem individual, mas eu iria preferir fazer o regenerativo para correr melhor. Nesse meu caso de bike como transporte, tenho certeza que não ajuda em nada na corrida. Na verdade, só faz “gastar perna”. Dessa maneira, até prejudica um pouco a recuperação, mas vale a pena para saúde geral.

      Curtido por 1 pessoa

  4. Evandro Sestrem disse:

    Essa é uma boa ideia para post, Balu. Quais seriam as suas “10 maratonas antes de morrer”?

    Curtir

  5. adrianapiza disse:

    É impressão ou nesse ISTAF indoor tinha disco? Talvez deva ocorrer em um momento separado das demais provas…

    Quanto às maratonas…meses atrás vi uma que me deu vontade de correr… a de St. Petersburg. O percurso parece ser lindíssimo!
    http://www.wnmarathon.ru/index.php

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: