Leituras de 6a Feira

Recentemente estou com enorme desânimo de acompanhar o alto nível, tamanha a frequência dos escândalos de doping. Uma medida eficiente, ainda que ilegal, para você fazer um grupo chegar à vitória, é relaxar na vigilância contra o doping. Muitos países já tiveram muito êxito com essa tática. É inegável e latente o talento queniano na longa distância, mas eles padecem de certa preguiça conveniente ao combater o doping entre os seus. Matéria esclarecedora do The New York Times.

Ainda no tema antidoping, 7 coisas que o atletismo pode aprender com o ciclismo.

Um curto depoimento emocionado e emocionante de Carmelita Jeter em vídeo sobre seu estilo e os bastidores pessoais de sua participação nos Jogos Olímpicos de 2012.

Médicos iletrados em estatística e mamães-engenheiras que caem no conto da “troca de livros”… Pois é, mundo difícil de se viver! Um texto do The New York Times tenta responder se pés grandes afetariam o desempenho na corrida. Tem uma piada que era assim: você pergunta à mulher se ela sabe o que homens com pés grandes têm grande também. Depois de ela ficar sem graça (a piada ou a mulher), você explica que são os sapatos e replica com um “o que você estava pensando??” Pois é, pés grandes são um marcador de pessoas mais altas (não tão forte quando pés grandes e tênis grandes). E Gretchen Reynolds sequer tocou nisso em seu texto… são erros de raciocínio como esse que fazem nutricionistas acharem que comer gordura te deixa gordo.

Um texto antigo na The New Yorker do novelista fora de série Haruki Muramaki sobre corrida.

Off-topic: a capacidade de monetizar um blog ou a qualidade de seus textos não estão em uma relação de necessária dependência ou relação positiva com audiência. Por isso que apelar por público passa a ser uma escolha de cada autor. Uma prova recente de tudo isso é o anúncio do fechamento do Grantland, um portal de análise esportiva espetacular com textos igualmente espetaculares, mas que não sobreviveu, anunciou fechamento. Vou deixar com vocês um texto antigo, de 2012, que está em qualquer lista que se faça com o que de melhor produziram em sua curta vida: The consequences of caring.

Quer treinar subida? Que tal essa ladeira de 426 degraus a 15km do centro de Helsinque? Veja abaixo!

Etiquetado ,

3 pensamentos sobre “Leituras de 6a Feira

  1. Adolfo Neto disse:

    Dica de vídeo para futuro post:
    Jorilda Sabino, a Cinderela Descalça.

    Quem me passou foi o Leonardo Liporati.

    Curtir

  2. Pedro Ayres disse:

    Os homi tem esse orgulho do tamanho do pé, não é? Todos parecem calçar 42 ou mais (não raro um orgulhoso 46, “tenho dificuldade de encontrar tênis do meu número”). E mesmo nós brasileiros sendo de estatura pra lá de mediana, para não dizer francamente tampinhas.

    Mas aí, quando você procura um tênis numa loja online, o 39 some rapidinho. Talvez seja entregue em embalagem preta e usado para treinos secretos à noite…

    Curtir

  3. […] Dias atrás falei de um texto que discutia se o tamanho dos pés tinha influência na corrida. Eis que o comediante Mark Remy explica no Dumb Runner sobre a influência do tamanho do…. pênis na corrida. […]

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: