Os Brasileiros nas Maratonas no exterior

O ano da maratona no Brasil ainda não acabou. Faltam a importante Maratona de Curitiba neste domingo e a Maratona da Bahia em dezembro (?!?). Mas as grandes maratonas em participação de brasileiros no exterior acabaram este domingo. Em qualquer ângulo que se veja nunca houve tantos brasileiros (homens ou mulheres) correndo os 42km em nossas provas. E nunca houve tantos brasileiros correndo a distância no exterior. Recorde nacional histórico aqui e lá fora!

Computadas as 25 provas internacionais com maior procura por parte dos brasileiros (dentre as que disponibilizam a quantidade de brasileiros corredores), pela primeira vez a casa dos 5.000 concluintes foi ultrapassada, um aumento de mais de 17%. E de mais de 2.300 corredores se voltarmos até o ano de 2011.

É difícil tirar muita conclusão com muita confiança quando você parte de uma base pequena. Mas dá para arriscar que a subida do dólar e do euro fizeram a busca por provas nos EUA uma alternativa preterida por provas como Buenos Aires (+16%) ou Santiago (+80%).

Atenas em 12º (+112%) e Frankfurt em 13º (+257%) impressionam pela busca relativa, mas carecem de bases maiores para dizer se há mesmo maior interesse por parte de brasileiros. Por outro lado, Munique (-50%) e Punta del Este (-25%) também não vivem dos melhores dias quando o assunto é número de brasileiros.

Olhando os dados abaixo, provas de cidades grandes como Florianópolis (387) e Brasília (229), ou mais conhecidas como Foz (518) ou a Mizuno UpHill (494), estão longe de se posicionar bem se considerarmos toda a logística dessas provas no exterior.

As provas mais procuradas por brasileiros no exterior

As provas mais procuradas por brasileiros no exterior em 2015 e o número de concluintes

*queria poder contar com dados de maratonas com as de Rosário (Argentina), Cidade do México, Caracas e tantas outras, mas foge da alçada

Etiquetado , , , , , , ,

13 pensamentos sobre “Os Brasileiros nas Maratonas no exterior

  1. Alessandro Augusto disse:

    Balu,

    No meu ponto de vista sao diversos fatores que determinam a escolha.

    1. Temperatura (a chance de correr a maratona do Rio ou da Bahia com 20ºC é quase igual ganhar sozinho na mega sena acumulada).
    2. Percurso unico ou chato (quando vai e volta pela mesma rua). Reducao de custos dos organizadores e burocracia na utilizacao de vias publicas, fazem com que varios percursos façam volta pelo mesmo local. Isso é desmotivante para o corredor.
    3. Custo: o custo para um atleta pegar aviao e se hospedar no Rio durante 3 dias, é provavelmente muito mais caro que viajar pra Buenos Aires.
    4. Passeio: oportunidade de passear em algum outro local com a familia

    Dentre outros motivos.
    abs

    Curtir

    • neltonaraujo disse:

      Alessandro, só um ponto.

      O problema de Rio e Bahia não esta no clima. Rio fez um tempo otimo nas duas ultimas edições. Aliás, o Rio tem o percurso mais plano, se vc comparar o toodo de todas as provas brasileiras. Mas é o mesmo problema da Tribuna> linda, festiva, plana, mas a umidade sempre, sempre vai ser alta.

      2. Balu ja disse sobre isso: quem bate o martelo sobre o percurso é a prefeitura. Rio você tem 21km pancake flat, mas publico zero. Mas e aí vc faz escolha: quer correr ou qquer confete?

      3. Rio é caro, mas para preguicosos que deixam pra ultima hora ou para principes e herdeiros que vao em pacotes. A prova é dia 29/12, abre o booking e reserva um hotel que vai estar mt mais em conta q se reservar em abril. Pq? Pq agora o foco é o verão e eles ainda nao sacaram da mudança da data. Moro no rio, mas me hospedo pq moro mt longe.

      Curtir

  2. Não tem muito a ver com o texto, mas fica minha sugestão: se vai correr no exterior, prefira meias-maratonas. Muito mais prático e mais fácil de conciliar com o turismo, pois não precisa se preservar tanto nos dias anteriores nem ficar se arrastando no dia seguinte.

    Curtir

  3. rlucchesi disse:

    Fala Balu!

    Nas minhas anotações, tem ainda Tóquio com 62 brasileiros, Lisboa com 32 (tive que contar um a um nas listagens disponibilizadas nos sites) e incríveis 250 em Lima (informado por email pela organização da prova)

    Abs!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Julio Cesar Kujavski disse:

    Maratonista coxinha não corre maratona no Brasil pq não dá ibope (likes).

    Sou mais da turma que vai pra Super do Rio Grande, que vai pras duríssimas Curitiba e Foz do Iguaçu, que faz Florianópolis com vento contra e São Paulo com 25 graus.

    Curtir

  5. adrianapiza disse:

    Hã???? Maratona da Bahia? 20 de Dezembro???? Não tinha data melhor? Acaba sendo mais uma prova de 5 e 10k com alguns participando na maratona…

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: