Leituras de 2a Feira

Aqui o trailer do especial The Story of America´s Top Marathoner. Quem é ele? Meb Keflezighi.

3 coisas que você pode aprender com a carreira de Emil Zatopek. Ele, aliás, foi eleito o 2º melhor fundista da história em votação pública na internet. Você pode questionar muito o resultado (ordem e porcentagens), mas a lista de candidatos que a Athletics Weekly fez é muito justa! Teve ainda Haile, Bekele, Mo Farah, Paavo Nurmi, Lasse Viren e Bikila.

Houve muita expectativa quando a Maratona de Chicago anunciou que não teriam coelhos este ano. Os mais puristas comemoraram efusivamente. Ninguém reclamou. Eis que essa edição foi a mais lenta desde 2007 (ano que o calor interrompeu a prova) para que comecem agora a questionar a decisão. É a mania tão humana de não saber lidar bem com números e achar que uma amostragem igual a 1 é motivo. Ou ainda, é um pouco de nossa incapacidade de pesar adequadamente uma frustação que se seguiu a uma enorme expectativa. Aqui matéria na Outside que conta sobre o debate.

3 hábitos me irritam profundamente em amadores que buscam boas marcas pessoais: uma é ignorar o traçado, acham que tangenciar é coisa de automobilismo, que correr em qualquer lado do percurso dá na mesma. A outra é subestimar o peso do controle da temperatura corporal, daí dá-lhe manguitos e gorros a 15˚C. Por último, ainda que em muito menor grau, o vácuo tem seu peso na corrida, mesmo entre os mais lentos, que correm na multidão. Aqui o grande Alex Hutchinson fala sobre isso e faz ótimos paralelos com o ciclismo.

Leitura Obrigatória - BLOGLeitura Obrigatória: Ler Steve Magness é sempre uma aula dupla. Primeiro de fisiologia aplicada com respeito à lógica e à filosofia. Segundo porque é uma aula de humildade em um cara tão diferenciado. Ele evita SEMPRE o simplismo ou a resposta fácil. Ele vive questionando de forma salutar. Seu último texto, novamente, é um primor! Chega a dar raiva!

Vídeo sempre belo do COI mostrando a evolução de décadas no salto em altura durante os Jogos Olímpicos.

Abaixo o primeiro trailer da cinebiografia de Jesse Owens, ao lado de Usain Bolt, o maior velocista de todos os tempos. Que o filme faça justiça elevando Owens a mais do que “apenas” sua monstruosa participação nos Jogos Olímpicos de 1936 em Berlim. Ele foi MUITO maior do que isso…

Etiquetado ,

10 pensamentos sobre “Leituras de 2a Feira

  1. Marcelo Hideki disse:

    Mo Farah entre os 3 maiores fundistas da história é algo que não consigo concordar.

    Curtir

  2. Marcelo Hideki disse:

    *entre os 4 maiores

    Curtir

  3. Ralph disse:

    Zatopek louco mesmo! 50 tiros de 400m de manha e a noite ? Treino carregando a esposa ?

    Curtir

    • Danilo Balu disse:

      Diz a lenda que carregar a esposa lesionou suas costas…

      Curtir

      • Julio Cesar Kujavski disse:

        No livro “Correr”, não diz nada sobre esse treino de carregar a esposa nas costas.
        Tem mais ou menos uma página sobre a São Silvestre que ele venceu.
        Foi tão fácil que nem teve graça.
        A única preocupação dele era com a largada, pois naquela época não existia pelotão de elite, era cada um por si.

        Curtido por 1 pessoa

  4. Pedro Ayres disse:

    “Why are we actually doing this workout?

    If the answer starts with mitochondria, capillarization, or any other sciency sounding word, stop, pause, and try again.”

    Sensacional o Steve Magness. Seria o caso de saber o quanto esse overthinking não está trazendo mais estresse do que benefício na performance. Um exemplo recente de overthinking que eu achei particularmente deprimente foi aquele artigo sobre as palmilhas do Kipchoge: maior tração à esquerda por causa do treino na pista blablabla… por favor. Nem o Kipchoge, o protagonista (e agonista!) do episódio estava tão preocupado.

    Longe de ser contra a tecnologia disponível, mas quando esses dados (ruídos!) merecem mais atenção do que treinar, passou do ponto…

    Curtir

  5. Adolfo Neto disse:

    Pegar vácuo? Ficar de olho nas tangências? Não começar a corrida confortável? É. Buscar boas marcas pessoais não é mais a minha mesmo…

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: