Leituras de 5a Feira

O Track Stats fez um infográfico para nerds: você consegue ver a distribuição de medalhas em Mundiais filtrando por ano, país, prova, gênero… Dá para perder um bom tempo brincando!

Marcha atlética é um esporte meio peculiar porque está implícito um importante fundamento: tal qual o jogador de handebol engana recorrentemente quando pisa na linha, o marchador TEM que fingir que não tira os 2 pés do chão sem que a arbitragem veja. Nesse esporte dá bem quem, entre outras coisas, engana melhor. Não há na marchador de ponta que não flutue, ou seja, que tire os 2 pés simultaneamente do solo, princípio que define uma marcha. Aqui um overthinking: seria a marcha um esporte? O voo escondido dos marchadores.

Aqui uma entrevista legal com a lenda Steve Jones que ficou inacreditavelmente a 1 segundo de quebrar o (seu segundo) recorde mundial da Maratona!

Para quem gosta de periodização: uns números legais e a discussão (eterna) se os americanos estão fazendo certo de quando programam sua seletiva, o famoso trials.

Uma de minhas tristezas com o atletismo é que ele foi tão corrompido nos anos 80 e 90 que algumas marcas e recordes ficaram inalcançáveis sem o uso de MUITO doping. Um dos recordes mundiais mais desacreditados é o dos 400m feminino: ele é de 47.60 feito pela alemã Marita Koch. A BBC analisa a marca agora que ela fez 30 anos atrás e está distante de ser quebrada dentro das regras. Aproveitando o ensejo, eu ficaria ainda com o texto do Philip Hersh feito em idos 2000 no Chicago Tribune! *aliás, o discurso atual de Koch alegando inocência é: “nunca fui pega e nunca fiz nada de errado à época”. Não lembra MUITO Lance Armstrong e tantos outros?

A Twin Cities é uma das melhores e mais importantes maratonas nos EUA, mas ainda não pegou por aqui. Aqui um trabalho, lindo que merece a visita: 100 fotos dos rostos na chegada dos 42km. Emoção que não dá para esconder!

Abaixo o bonito vídeo da adidas com um novo modelo, o Futurecraft 3D, inspirado nas impressoras (ou escultoras) 3D.

Etiquetado ,

4 pensamentos sobre “Leituras de 5a Feira

  1. Tertu disse:

    Sobre a marcha atlética. A primeira vez que eu vi o recorde mundial de 5000 m de 18:05 eu pensei: incrível, eu nunca vou fazer esse tempo correndo, por mais que eu treine. Mas no último Mundial as imagens em câmera lenta do campeão dos 20 km revelou o “segredo”.
    Sobre a Marita Koch. Em um documentário exibido pelo Sportv há algum tempo, a velocista dos 100m integrante da equipe recordista mundial dos 4x100m (recorde que durou mais de 20 anos) revelou que os únicos que não se dopavam eram os integrantes da equipe de saltos ornamentais. Acham mesmo que a Marita Koch revelaria algo que diminuiria o seu feito? É mais fácil acreditar em Papai Noel.

    Curtir

  2. Marcelo Hideki disse:

    Fico impressionado com as marcas dos melhores marchadores,é um absurdo,ainda mais que considero essa modalidade um tanto bizarra por não ser um “movimento natural”.

    Sobre os recordes sob suspeitas dos anos 80,considero o da Florence Griffith Joyner muito mais absurdo à época do que a da Marita Koch e da Kratochvilova nos 800.

    Curtir

  3. professorgalvao disse:

    Achei as fotos sensacionais. transmitem a grande emoção dos corredores.

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: