Leituras de 6a Feira

Para quem gosta de história e atletismo de alto nível, a Runner´s World reconta um pouco da trajetória da pequena Nova Zelândia como potência em provas de longa distância, sobretudo no duríssimo 1500m.

Leitura Obrigatória - BLOGLeitura Obrigatória: Sei que venho escrevendo demais sobre doping aqui, mas este texto do David Epstein é fundamental para quem quer entender melhor o antidoping, as chances e a eficiência desse aparato para pegar trapaceiros.

Uma bronca enorme que tenho na corrida é a visão imediatista do mercado (principalmente treinadores) que forma corredores até a próxima (ou primeira e única) Maratona/Meia-Maratona do cliente. Sim, cliente, não aluno. É muito legal ler histórias de corredores que estão ativos há décadas se adaptando às novas realidades de um corpo que já não é mais juvenil. Aqui matéria MUITO bacana da Runner´s World com veteranos que continuam a correr muito forte.

16 coisas eu você só entenderá se for uma corredora.

Quando comecei por um tempo a fazer musculação mais sério, pedi a um brilhante amigo que montasse minha série. Razão? Odeio musculação, se eu montasse meus treinos eu fugiria dos piores exercícios. Minha grande limitação sendo meu próprio treinador é fugir de tiros em ladeiras, core training, e intervalado com mudança de distância/velocidade (progressivo e regressivo). Essa é uma limitação que TEM que ser vigiada pelos autodidatas. Aqui um texto ÓTIMO da Runner´s World de um maratonista que decidiu fazer um trajeto que ele ODEIA.

Texto bem legal da Outside que listou as 4 maiores rivalidades da história do atletismo. *aviso: listas são listas!

O levantamento abaixo diz que se você quer ser uma maratonista de elite, deveria escolher nascer entre setembro e março (mas não fevereiro!). Homens têm menos opções: novembro a janeiro e junho.

CND4V7mWcAEwsaV

Etiquetado

6 pensamentos sobre “Leituras de 6a Feira

  1. Renata Mendes disse:

    Se voce nasceu em janeiro, olhe as chances! Esses capricornianos são ambiciosos mesmo….

    Curtir

  2. Enio Augusto disse:

    Abril não foi um mês bom para nascer. Eu já sabia!

    Sobre os treinos. Quando treinava por conta, acontecia às vezes de ou deixar o intervalado para outro dia ou diminuir a série. Muito frequentemente quando não tinha prova alvo por perto. Tento fazer como o cara do texto. Os trajetos mais chatos são os que mais podem ajudar quando tudo parecer perdido no dia da corrida.

    Curtir

  3. Marcio Manzi disse:

    Valeu Balu, a pauta de hoje está excelente.

    Curtir

  4. Pedro Ayres disse:

    Vou imprimir a tabela (nascido em abril) e levar na carteira para ilustrar minha grande preguiça de correr uma maratona. Já procurei até embaixo do sofá e não encontrei motivação. Superar limites? Sério? A vida já é cheia de superações que não dão medalhas… Tem tanto guerreiro que não limpa o próprio banheiro…

    Curtir

  5. Ótimo! Nasci em novembro!

    Só falta todo o resto! =P

    Curtir

  6. adrianapiza disse:

    Que dirá em julho….está tudo explicado rs.

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: