Sobre prescrever suplementos e independência…

Semanas atrás resolvi deixar claro aqui minha posição e opinião sobre nutricionistas na corrida. Não preciso me alongar, acho que sabem bem o que acho. Basicamente eu digo que o intervencionismo na Saúde mais atrapalha do que ajuda e que a base da Nutrição na saúde é tão carente de evidências e embasada em tanta bobagem, que do ponto de vista de risco, ou seja, sem eu conhecer nem o cliente nem o profissional em questão, reafirmo que é um péssimo negócio você procurar um nutricionista caso você queira mexer na sua dieta por causa da corrida. A regra é bem simples: se você estiver morrendo, vá ao Nutricionista, mas se estiver bem, fuja dele. A intervenção dele vai provavelmente piorar as coisas. Recebi todo tipo de mensagem, lógico. Mas uma me chamou mais a atenção. Na semana passada eu falei sobre a bobagem que é impedir alguém de dar treino por ele não ter CREF (uma exigência estúpida) ou por não ser formado (diploma não garante absolutamente nada) ou ainda pela ingerência desnecessária sobre nossa liberdade de escolha. E justamente 2 desses pontos foram a base de um conhecido nutricionista para querer se contrapor ao que eu dizia. Não vou citar seu nome, mas ele é conhecido, escreve em veículos e dá aula em uma das mais importantes e conceituadas instituições de ensino do país. O que ele pensa pouco me importa, mas é sua lógica que me interessa. Eu não tenho certeza, mas parece que o CFN ou algum CRN está tentando me processar (é sério!). Se eu disser que não me divirto um pouco com o procedimento deles para me contatar, eu estaria mentindo… mas volto ao CFN. O que os incomoda, parece que é o fato de eu dizer o que penso, só isso! Para eles dane-se a Nutrição! Houve quem discordasse de mim, dizendo que um conselho se preocupa com a valorização da profissão ou coisa do tipo. Bobagem. Um conselho existe para arrecadar dinheiro e aumentar quantos profissionais pagam o pedágio para praticá-la. Só isso. Pagando está tudo ok! O tal nutricionista, que vou omitir o nome (e editar ou apagar qualquer comentário que cite seu nome), me disse uma coisa que é a síntese dessa gente. Não farei juízo de valor, deixo pra vocês. Ele prescreve muitos suplementos (como você pode ver abaixo em um dos cardápios que tenho prescrito por ELE a um cliente). Até aí tudo bem. Sou contra, mas ele pode ter seus bons motivos. Na verdade eu sei um belo de um motivo: ele vende os suplementos. Mais do que isso, ele é patrocinado por empresa de suplemento. Foi assim também em um curso que fiz com ele patrocinado… você deve até imaginar o que ele dizia em cada tópico. Alguém assim é tão livre e independente quanto um taxista com passageiro. Quanto mais ele prescrever de suplementos, maior seu faturamento.

cardapio

Tem gente que paga por isso…

Pois bem, quando eu o lembrei disso em troca de mensagens, ele ficou furioso. Não obstante, ele disse que “isso é do mercado, faz parte”. Você acha que faz parte? Deve ser tão do jogo que se algum patrocinador bancar um estudo corroborando um produto, ele deve considerar isso o tipo de pesquisa idônea. Essa é a lógica de quem prescreve e vende suplementos. Então, vivem me falando aqui para falar sobre suplementos. Não há uma única resposta. A minha recomendação é a seguinte: se o profissional que você escolheu prescreve suplementos, fique com um pé BEM atrás. Se além de ter o hábito de prescrever, ele vender, FUJA, é um picareta que não reconhece sequer o conflito de interesse. Agora se ele prescreve, vende e ainda é patrocinado, digo uma coisa: não adianta ligar no CFN ou CRN, eles estão preocupados é com outras prioridades…

Etiquetado , ,

23 pensamentos sobre “Sobre prescrever suplementos e independência…

  1. Larissa disse:

    Impecável sua falta de respeito.

    Sim conselhos servem apenas p/ tomar dinheiro. Infelizmente é preciso admitir, mas tal atitude não se restringe apenas ao de nutrição, do contrário, não haveria tanta merda sendo lançada por aí. Por isso, faz-se necessário que SIM, cada um trabalhe no seu quadrado com a sua devida FORMAÇÃO ACADÊMICA ASSUMINDO AS FUNÇÕES QUE LHE COMPETEM. As bases dos cursos na área da saúde podem até serem as mesmas, mas o foco é diferente, bem como, as matérias especificas. Nutricionista estuda toda a formação celular e metabólica, para entender de que maneira a bioquímica do alimento será processada no organismo, e no fim saber os malefícios e benefícios que podem ocorrer. Educador físico irá estudar a fisiologia do exercício físico, para saber interpretar qual atividade e de que maneira trará tal resultado ao indivíduo.
    Nutricionistas NÃO PRESCREVEM sessões de exercícios aos pacientes.
    Educadores físicos NÃO PRESCREVEM planos alimentares.
    Simples assim, e se você pensa ao contrário.. adivinha quem é o picareta da história?

    eeeee vamos lá…. PARE de generalizar, as pessoas são vendidas? SÃO, mas SURPRESA: NEM TODAS. Sou nutricionista e nem por isso concordo e tomo as mesmas ações que alguns colegas. Aprendi assim e é dessa forma que ajo: a alimentação é minha ferramenta de trabalho. É através dela que cuidarei da SAÚDE, qualidade de vida, trarei conforto e humanização a população.
    EU em minha conduta profissional não concordo com certas orientações, independente se regulamentado pela ANVISA ou o órgão que for, e deixo isso muito bem claro aos meus pacientes. É minha forma de trabalhar.
    Mas não podemos ser hipócritas que em algumas situações é preciso uma abordagem diferente, temos tantas áreas da saúde a explorar. Se for para o bem do paciente, e não ferir certos princípios, pq não?! (Ex.: ou vc vai deixar um paciente crítico ou terminal sem receber determinada suplementação que trará algum mínimo beneficio nesse momento tão difícil?)
    O campo da alimentação e nutrição é muito vasto, bonito, curioso, interessante (por isso tá cheio de gente dando pitacos), e COMPLEXO. Extremamente. Por isso exige muito estudo (o que não é o caso dos pitacos, pra isso não requer nenhum estudo).

    Enquanto os conselhos não fiscalizam e não nos dão nenhum respaldo, faz a sua parte: NÃO seja você o picareta. Não seja você o boçal p/ lançar tanta informação sem conhecimento. Não seja você o responsável por disseminar tanto ódio. Quer levantar um debate procure agir com educação, respeito e informação.

    Alimentação é com nutricionista. Atividade física com educador físico. Manipulação medicamentosa com o farmacêutico.

    beijos de luzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: