Leituras de 5a Feira

Meio que já me cansei de falar do famoso estudo que teria falado que correr demais faz mal (ou que correr não faz assim tão bem). Risos. Pois na BBC um texto que pode por fim ao debate: o autor não teria sido bem compreendido por aqueles que só leem resumo e releases. Ou seja, voltamos ao início, podem correr porque não faz mal! (mais risos)

O Ricardo Nishi me mandou uma pesquisa interessante que joga luz onde há desconfiança. Quais são os tênis que os ultramaratonistas usam para competir? Na concorridíssima e famosa 100 milhas da Western State o tijolo Hoka One é o preferido. O Brooks é o segundo. Depois vem (na ordem): Montrail, Pearl Izumi, ASICS, Salomon e Altra. Atenção, repare: se você é ultramaratonista no Brasil, você NÃO encontra os modelos mais usados nos EUA! Se for atrás dos ASICS, não acha os de trilha e, se for de Salomon, vai passar perrengue para encontrar. Os demais, somente importando!

Mas da pesquisa acima sobre ultras, eu não poderia deixar de passar um ponto MUITO INTERESSANTE sobre o comportamento (o 1º gráfico). Se você reparar no fluxo de chegada dos atletas, verá algo que independe de acesso às diferentes marcas de tênis: os atletas “se matam” para chegar antes das 24h. Uma distribuição lógica desse fluxo seria um crescente e contínuo de 14h até 29h. Mas as pessoas fazem de tudo para terminar até 23h59. É um comportamento muito parecido com os corredores de 21km e Maratona que se acabam para chegar antes das 2h00 e das 4h00 de prova, respectivamente. O cérebro humano é incrível e irracional!

Ainda sobre ultramaratonas, das quais quase nunca falo, um texto discute a categorização delas por critérios como distância, altimetria, relevo, piso, altitude, dificuldade…

Um tempo atrás saiu um estudo MUITO legal mostrando que uma das grandes diferenças entre tenistas homens e mulheres está aquém da fisiologia, mas sim na psicologia. Homens assumiriam muito mais riscos em suas jogadas e saques. As tenistas seriam muito conservadoras, tornando o jogo mais aborrecido. Na Maratona, essa maior propensão masculina a assumir riscos faria nós quebrarmos mais do que elas nos 42km. Agora um estudo BEM interessante mostra que saltadores em Altura e com Vara se diferenciam entre os sexos porque elas novamente se arriscam menos que os homens. Demais! *por motivo de preguiça não busquei no arquivo os outros 2 estudos…

Abaixo uma entrevista curta (e legendada!) com um dos melhores, mais articulados, mais interessantes e mais pertinentes maratonistas da atualidade, Wilson Kipsang!

Etiquetado ,

4 pensamentos sobre “Leituras de 5a Feira

  1. Vinicius Morais Nunes disse:

    Muito legal você falar sobre Ultras. Hoje no Brasil você encontra bastante Salomon, mas tem que praticamente vender um rim pra comprar modelos que fora custam 100 dolares.

    Curtir

  2. Jeferson disse:

    Acredito que temos mais aprender com nós mesmos do que com pesquisas, como fez Cliff Young quando quebrou o recorde da ultramaratona de Sidney á Melbourne, ele não tinha estatísticas, não conhecia termos técnico, ou muito menos qual era á melhor roupa ou tenis para correr uma ultramaratona, ele sequer tinha corrido uma maratona ou ultra antes de tal feito, se ele tivesse buscado informações ou um “especialista” ele teria condenado sua vitória e a quebra do recorde da prova, imaginem se ele tivesse ido á um médico dizer que iria correr 875Km aos 61 anos de idade sem nunca ter se preparado para isto, ou buscado um profissional de nutrição para dizer o que ele tinha que comer, e de quantas em quantas horas deveria comer, ele só foi correr porque tinha um desejo de competir um dia, e não somente completou como surpreendeu com seu jeito desengonçado e “lento” de correr.

    Curtir

  3. Enio Augusto disse:

    Os números redondos são muito mais legais.
    Para quem tem uns TOC’s e manias, um sub número redondo fica muito mais bonito haha

    Curtir

  4. martinhovneto disse:

    O que mais me chamou atenção foi o dado de que 74,3% dos concluintes das provas não tem treinador. Nas palavras do autor lá: “Ou você não precisa de um treinador para terminar WSER ou há um enorme mercado inexplorado lá fora, para os treinadores . Você decide. Com ou sem um treinador suas chances de terminar em sub -24 são as mesmas”

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: