Leituras de 3a Feira

Quem corre há muito tempo costumava ouvir que depois de um tempo fazendo uma rodagem, haveria um “2º fôlego”, quase uma 2a marcha depois de um tempinho já correndo. Alex Hutchinson explica didaticamente o porquê em alguns treinos a coisa parece ficar mais fácil de repente no meio da sessão.

Ainda com Alex Hutchinson, um texto um tanto quanto esclarecedor para quem esquece que nossos pés possuem músculos muito mais importantes na proteção de nosso organismo do que qualquer tênis que exista. Vale a leitura!

E ainda sobre tênis e lesões, uma das grandes limitações do Minimalismo é que suas vantagens residem justamente em uma técnica mais segura para correr. Porém, cachorro velho tem maior dificuldade de aprender truques novos. Como a corrida é um esporte feito por iniciantes que entram nessa modalidade depois dos 30, temos um dilema: como fazer 40tões aprender coisas novas? Um texto bem interessante do The New York Times fala sobre as limitações da prática de se correr descalço em pessoas mais velhas. Lembrando que o Minimalismo nada mais é que um meio termo entre correr com tijolos no pé e o barefoot

A explicação fisiológica do porquê a prova de 800m dói tanto. *se você um dia quiser pagar todos os seus pecados ou quiser deixar todos os seus demônios na pista, não precisa correr uma maratona, corra os 800m!

Aqui o trailer do documentário GOSHEN, filme que fala da tribo Tarahumara que ficou famosa no livro Nascido para Correr de Christopher McDougall.

Uma curta entrevista sobre o documentário que fala da talvez prova mais difícil do mundo, a Barkley Marathon.

Imagine você correndo uma maratona arrecadando dinheiro para uma ação beneficente tendo um ator famoso fazendo o vídeo pra você? Veja abaixo o comediante Stephen Fry ajudando!

Etiquetado ,

5 pensamentos sobre “Leituras de 3a Feira

  1. Nunca corri prova de 800, já corri 1.500 e acho mais difícil do que correr maratona.

    Quando tenho tiro de 800 já fico preocupado 2 dias antes.

    Curtir

  2. Pedro Ayres disse:

    Por falar em 800 metros, já está nas livrarias a biografia do Joaquim Cruz:

    http://www.livrariacultura.com.br/p/matador-de-dragoes-a-historia-e-a-filosofia-de-vida-do-campeao-olimpico-joaquim-cruz-13100365

    E sempre vale rever essa prova que é uma obra de arte:

    Curtir

  3. Marcelo Hideki disse:

    A prova de 800 metros é a melhor que tem para assistir e correr.

    Curtir

  4. cada vez mais cada vez eu vejo q, além do q provo e atesto em mim mesmo toda vez q corro, pés livres são a melhor indumentária ever.
    mas numa montanha d outras atividades humanas, pés descalços ajudam a conectar com o q se tem d melhor.
    enfim.
    mas cada um com seus cada quais pra saber de si
    e isso é o bom da liberdade
    como sempre, baita sugestões de textos para reflexão
    walew

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: