Últimas Leituras de 2014

O queniano Justin Lagat explica os porquês os quenianos são os melhores maratonistas do mundo. Não deixa de ser um pouco mais do mesmo, mas a parte do treinar forte é BEM interessante.

Um texto muito bom explicando o impacto do frio em nossa corrida.

Vou te falar: tenho um preconceito ENORME com esses ~feitos~ de atletas que passam não-sei-quantos-anos-seguidos correndo diariamente, sem folga alguma. Pra mim é sempre coisa de pangaré sem amigos. Eis que chego na história de um atleta olímpico e ex-recordista mundial completando 50 anos ininterruptos correndo todo os dias. Espero ser perdoado. A história é ótima!

A Spikes separou 20 fotos incríveis do atletismo em 2014.

O canal Universal Sports elegeu a vitória de Meb Keflezighi na Maratona de Boston o momento esportivo do ano. Não é pouca coisa para um feito do atletismo!

Uma dica da Adriana Piza: trecho de 8 minutos do documentário Olympic Pride American Prejudice.

Nada além do dinheiro explica o Qatar recebendo tantos eventos importantes do esporte. A maratona no Campeonato Mundial de 2019 era uma das coisas que mais preocupava, então farão ela noturna. Aqui um pequeno vídeo (bem mais ou menos…) explicando como será. E abaixo um vídeo tentando justificar o porquê de tirar esses eventos do circuito natural (EUA-Europa). Não estou convencido… *dica do Helio Shiino.

Etiquetado ,

2 pensamentos sobre “Últimas Leituras de 2014

  1. Julio Cesar disse:

    Balu, eu não consigo correr nem uma semana seguida sem um dia de descanso. Plagiando você: Só de pensar em correr durante anos sem nenhum dia de folga me dá uma preguiiiiiça….

    Curtir

  2. phrayres disse:

    Balu

    O inverno aqui em Porto Alegre anda cada vez mais mixuruca (seria o aquecimento global? ou micro-clima de uma cidade cada vez mais asfaltada e com mais carros?), e mesmo assim muitos gaúchos fazem uma fiasqueira tremenda com meros dez graus. Do verão nem se fala, passa dos trinta todo dia e beira os quarenta com frequência. Se ouvirem falar de uma maratona em Porto Alegre no verão, fujam que é cilada!

    Sobre correr todo dia, eu não tenho interesse, mas acho que depende do caso. Existem tantas coisas que fazemos todo dia, consideradas normais. Ver uma ou duas horas de tevê TODO SANTO DIA, por exemplo. De repente um trotezinho de uma ou duas milhas todo dia para o sujeito é apenas rotina, e nem gasta muito tempo!

    Abraços!

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: