Recorrido Awards 2014 – os melhores do ano

E mais uma vez toda a equipe editorial do blog se reúne em um processo duro e árduo de escolha para eleger os vencedores do IV Recorrido Awards. Os eleitos você vê abaixo!

Local mais improvável de treino: a gracinha australiana Michelle Jenneke treinando barreiras no corredor do hotel.

Treino do ano: um britânico sai para correr e o serviço secreto o pega achando tratar-se de um atentado contra o PM.

RECORDE MUNDIAL DO ANO. Na categoria individual caiu a barreira dos 5 minutos na Beer Mile. Na categoria coletiva caiu o do 4x100m acima de 90 anos! *menção honrosa a Mo Farah que bateu a antiga marca dos 100m corrida de saco!

altitude_in_running_peronnetIMAGEM DO ANO. Na categoria gráfico, o peso da altitude no desempenho. Escolha a cidade de sua próxima maratona ciente disso! Na categoria gadget, um aplicativo cruzou volume semanal e tempos na maratona. Na categoria quadrinho, seja o cinza no YouTube. Na categoria foto, jamaicanos incrédulos quando um branco é campeão mundial na prova mais curta do atletismo. Na categoria selfie, Haile Gebrselassie juntando um time de feras às vésperas de Londres. Na categoria cartaz, nacional e internacional, dois convites para chamar novos atletas para treinar.

completion-timeVÍDEO DO ANO. Na categoria amador um sujeito filmou e editou breves passagens de todos os seus treinos em 2013. Raçudo não pela edição, mas por treinar em lugares tão hostis. Na categoria filme, Unbroken. Na categoria cameraman um coelho louco filmou a tentativa de uma quebra de 4 minutos na milha. Na categoria programa de TV, uma entrevista explicando que quando correr na neve, preste sempre muita atenção. Na categoria fail, um cara cai bonito na esteira. Na categoria torcida, um garoto se dá mal em rede nacional.

Texto do ano na categoria outsider: o gênio e monstro Nassin Taleb defendendo o Minimalismo.

seja-o-cinza-youtubePensador insider mais pertinente: Steve Magness.

História espetacular do ano na categoria eu-ainda-não-conhecia: um atleta escolar tinha um plano em sua cabeça e o seguiu à risca no dia da competição.

Estudo do ano: por que correr no escuro parece ser mesmo mais difícil...

LEVANTAMENTO DO ANO. Na categoria inusitado, quanto Mario Bros correu em sua jornada para salvar a princesa. Na categoria desempenho, mulheres são melhores do que homens ao determinar o ritmo da maratona sem quebrar.

ACHADO DO ANO. Na categoria atletismo, Usain Bolt é visto como se fosse um atleta da Nike e não da… da… de qual marca mesmo?? Na categoria contracorrente, atletas americanos amadores podem estar ficando mais rápidos. Na categoria alto nível, correr em pelotão é melhor.

sopotDICA DO ANO. Na categoria pista, capriche na perna de rebote nas provas de barreira. Na categoria maratona, o que não fazer em sua estreia.

IDEIA DO ANO. Na categoria equipamento, o Run Bell. Demais! Na categoria marca esportiva, a Brooks faz uma estátua com medalhas de corridas doadas por corredores. Na categoria competição de pista, um meeting classifica um amador do público para correr a final dos 100m. Na categoria corrida de rua uma maratona dá bacon nos postos de abastecimento. Na categoria filantropia, colocam Meb Keflezighi largando em último para ver quantos ele ultrapassa. Na categoria humor, uma engraçadinha sai desenhando pênis enquanto corre. Na categoria fail uma pista com curva a 90 graus.

selfie haile londresPiada do ano: no 1º de abril a Saucony “inventa” um produto inusitado.

Aplicativo do ano: ele inventa e publica seu treino sem você precisar treinar!

FEITO DO ANO. Na categoria inusitado, um louco consegue dar um loop correndo! Na categoria pista, Alysia Montano corre grávida 800m no campeonato americano em 2´32”! Na categoria saltos, Inika McPherson salta 2,00m no altura. A altura dela? 1,63m. Na categoria animal, um cachorro vira-lata completa uma das provas mais difíceis do mundo sem treinar nada.

atletismo-fflchCOMPETIÇÕES DO ANO. Na categoria revezamento é o Race the Sun da ASICS. Na categoria corrida de rua é a ÓTIMA Flying Wings da Red Bull. Na categoria atletismo, uma prova de salto com vara nas ruas de Nova Iorque. E na categoria presepada na pista em competição é o autor que colocou as barreiras erradas em uma prova escolar empatado com o autor do mesmo erro em uma prova feminina. Na categoria presepada na rua, o carro madrinha se perde. Na categoria homem vs máquina, um britânico corre contra o Metrô. Na categoria máquina vs homem, um trem interrompe o desenrolar de uma maratona. Na categoria esteira, uma corrida onde o vencedor era quem sobrevivia em cima de um modelo gigante.

51sSfomoi3L._AA258_PIkin4,BottomRight,-43,22_AA280_SH20_OU32_Livro do ano que-ainda-não-li, 80/20 Running do Matt Fitzgerald.

Largada do ano: o sistema de som falha, e os atletas puxam um hino à capela.

CHEGADAS DO ANO. Na categoria nacional: Um atleta comemora antes e… assim, não, campeão… Na categoria quase-chegada: o calvário de um queniano tentando terminar os 42km. Na categoria coletiva os 21km mais concorridos do mundo! (*São 207 abaixo de 1h06!). Na categoria irresponsável, uma louca termina 21km em 3º lugar com a perna quebrada sem saber.

justin-bierberRETORNO DO ANO. Na categoria pista, Ben Johnson correndo um desafio de 30m em um programa de TV. E na categoria corrida de rua, um atleta sai do banheiro químico direto para o 1º lugar em uma prova de 8km.

Constatação do ano: Como a maioria das pessoas que compra tênis não corre – ou elas querem se parecer como atleta ou poder andar em um sapato confortável – é fácil ver por que as preocupações de marketing em design, cor , etc. desempenham um papel importante nos tênis de corrida. (fonte)

Era isso! Parabéns aos vencedores!

Até o Recorrido Awards em 2015!

Etiquetado , ,

6 pensamentos sobre “Recorrido Awards 2014 – os melhores do ano

  1. Marcos disse:

    Brinquei um pouco fazendo cálculos e tendências com os dados do gráfico divulgado pelo app RunKeeper. Saiu o seguinte:
    Para amadores que rodam a partir de 19 milhas semanais aumentar 6 milhas por semana poderia proporcionar:
    – ganho médio de 3,81% no tempo final da maratona para resultados entre 4,3 horas e 4 horas (30 até 50 km’s por semana);
    – ganho médio de 2,15% no tempo final da maratona para resultados entre 4 horas e 3,5 horas (50 até 70 km’s por semana);
    – ganho médio de 1,05% no tempo final da maratona para resultados entre 3,5 horas até 3 horas (70 até 95 km’s por semana);
    – ganho médio de 0,17% no tempo final da maratona para resultados abaixo de 3 horas (95 até 120 km’s por semana).
    A análise é muito pouco específica, mas foi legal a brincadeira. Considerando que o treino é feito da melhor maneira que se pode, ainda parece que a perda de peso para amadores vai trazer mais benefício que o acréscimo de 6 milhas. Também tem o limite da perda de peso, mas arrisco dizer que perder 3kg ajuda mais que acrescentar 6 milhas para IMC’s entre 25 e 19,5 (precisei usar o IMC aqui, kkkk).

    Curtir

    • Danilo Balu disse:

      Mto boa suas observações!! É isso… é uma associação que não prova nada… com certeza que perder peso pode trazer tantos benefícios qto correr mais tempo… Mas o mais legal dos seus números é que cada vez mais os benefícios de mais volume são menores e exigem mais sacrifícios. Abrax

      Curtir

  2. Gustavo Bianch disse:

    Run Bell é tosco, Balu, ta louco? hahaha

    Curtir

  3. […] que vem ou tentar publicar o Recorrido Awards uma semana antes porque as férias de final de ano atrapalharam sua visualização. Um vídeo em […]

    Curtir

  4. […] uma volta em torno de uma montanha terminando antes do sol se por. O resultado é aquela que, pra mim, foi uma das provas mais incríveis de 2014. Fique aqui com um curto vídeo falando dela com imagens do evento. *o brasileiro é o carioca […]

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: