Leituras de 4a Feira

Um programa de quase meia hora da ESPN Run sobre a maior e melhor Maratona da América do Sul, a de Buenos Aires! Neste ano ela recebeu mais de 700 brasileiros. Aqui no Brasil apenas as de Rio, SP, Porto Alegre e Curitiba têm mais brasileiros correndo!

Talvez a complexidade do assunto exija um post, mas adianto: este espaço é contra quase todas as atuais leis e práticas de incentivo público ao esporte. Em seu blog, José Cruz explica muito bem os excessos de um país que tem a prática da corrupção como algo endêmico.

O The New York Times fez algo que nunca perde a graça: registrou momentos de corredores voltando se arrastando às suas casas depois de encarar os 42km.

Uma das matérias mais incríveis da Runner’s World foi a que contou a trágica morte de Ryan Shay durante a seletiva para a Maratona Olímpica de 2008. Agora é Juliet Macur que retorna magistralmente ao assunto no The New York Times pra falar sobre a homenagem póstuma de seu irmão que correu os 42km também em NY, local daquela seletiva.

Nishi é sempre sábio nas suas análises. As maratonas de SP e NY serem tão próximas abre espaço pra uma comparação que é intelectualmente desonesta: “NY é mil vezes melhor que SP“. É desonesto porque não se compara major com qualquer outra coisa. E é igualmente desonesto quando vem de gente que nunca correria 42km aqui porque só aceita passar lá fora o que acha “um absurdo” haver por aqui. Não me alongo, mas passa de hidratação, por kit e por preço. Temos excelentes provas no Brasil. Temos muito bate-saco também. O país da prova não diz nada sobre sua qualidade.

Uma lista com as 35 maiores maratonistas americanas da história. Interessante porque dá a dimensão da qualidade que eles tiveram essas décadas todas!

Ano que vem mais um filme bacana de corrida. Aqui você tem o trailer da história real de um time escolar de cross country, a McFarland.

Etiquetado ,

9 pensamentos sobre “Leituras de 4a Feira

  1. Hélio Shiino disse:

    – Nishi é sempre sábio nas suas análises. As maratonas de SP e NY serem tão próximas abre espaço pra uma comparação que é intelectualmente desonesta: “NY é mil vezes melhor que SP“. É desonesto porque não se compara major com qualquer outra coisa. –

    Penso eu, sorrir de orelha a orelha pelas Majors e desdenhar pelas “Minors Made in Brazil” vai muito além do que o simples fato de onde pensa em correr.
    O brasileiro, em sua grande maioria, não sabe comprar produto; compra, sob hipnose, MARCA/GRIFE. Seja tênis, seja carro, seja TV e porque não dizer também, a Corrida.

    Penso eu, é cultural.

    Não estou aqui querendo contestar que qualquer uma corrida brasileira é melhor ou pior do que qualquer corrida de fora.

    Um bom Marketing tem feito a diferença.

    Off topic: O que seriam das provas da Disney se não tivessem “inventado” os brasileiros???

    ===========================
    Quanto a questão do calor, qual(is) outro(s) país(es) que se localiza(m) nos Trópicos, pouco conhecido pelos brasileiros, que podemos considerar como uma boa Prova?

    Curtir

    • Danilo Balu disse:

      Vixi… pergunta difícil…

      Curtir

    • Andre Dias disse:

      Colômbia. A Meia Maratona de Bogota é a unica corrida na America do Sul com o selo de ouro da IAAF. Tem largada por baias, farta hidratação, expo atrativa e muita, mas muita gente nas ruas. E são quase 45 mil participantes (meia e 10k).

      Não é preciso ir até os EUA pra desfrutar de uma excelente prova. Só acho que há poucos brasileiros nesta Meia de Bogota por causa da altitude (2600m) e porque não da Ibope com a galera.

      Aliás, esta mania de comparar o números sobre corridas entre Brasil e EUA não faz muito sentido. Seria mais real compara com nosso vizinhos, dentro de uma realidade mais próxima da nossa.

      Curtir

  2. martinhovneto disse:

    Corrupção sempre é um assunto gostoso de discutir. Sempre temos muito a quem apontar, milhares de exemplo e dezenas de soluções. O “se fosse eu faria assim” corre solto. Delícia falar mal de algo tão distante. Difícil é aceitar que nós mesmos somos corruptos ou corruptores muitas vezes durante o ano. Difícil é aceitar a austeridade anticorrupção quando ela afeta nossos interesses pessoais, mundanos, corriqueiros e diários. Aí o guarda de trânsito se transforma em um incompreensível que me multou só porque eu parei dois minutinhos em baixo de uma placa de proibido estacionar.

    O Governo Federal disponibiliza para Estados e Municípios uma quantidade significativa de recursos, que seriam aplicados em infra estrutura esportiva e programas de iniciação ao esporte. Estado e municípios não tem projetos adequados, profissionais capacitados nem interesse real de investir algo em uma equipamento público ou em política pública considerado de “lazer”. Alem disso, o melhor: não existe fiscalização efetiva na aplicação dos recursos. Talvez seja esse o grande primeiro passo para muita coisa aqui no Brasil. Fiscalização efetiva.

    Curtir

    • martinhovneto disse:

      Só um adendo, não acho que sejam suficientes ou bem aplicados os recursos da União. Nem acho que o planejamento de investimento em esporte seja feito com critérios lógicos. Uma vez vi aqui corredores experientes dizendo que precisam deixar de serem ranzinzas. Depois de 15 anos de atuação na área governamental, acho tb que preciso deixar de ser ranzinza… pq nessa corrida sem fim, já estamos sem fôlego.

      Curtir

  3. Samaroni Maia disse:

    Muito interessante o mérito dos comentários acima, mas eu só consigo dizer uma coisa: Balu tu és foda! Desculpa a forma, mas nada reflete melhor o seu conteúdo. Abraço!

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: