Leituras de 2a Feira

Mais de uma vez me perguntaram quem ou quais fontes eu leio. Não leio NADA nas revistas brasileiras. Nada. Por quê? Quem escreve lá é em sua maioria muito fraca ou só ruim mesmo. Há uns (ótimos) nomes que escapam, mas tecnicamente a maioria não agrega absolutamente nada. Já fale aqui mais de uma vez do Alexandre Lopes. Pois ele acaba de ter estudo citado na melhor revista de corrida de grande circulação que existe no mundo, a Runner´s World. E para as 3 grandes brasileiras ele não passa de um ilustre desconhecido. Pois é…

Dica do Sergio Rocha, você vê aqui o filme The Squamish 50/50 que conta sobre vencer uma ultra seguida de outra prova no dia seguinte. Punk. Hard. Rock n´Roll.

Aqui um vídeo recap bem bacana da Bang & Olufsen 5K Yorkville Run que foi também o campeonato canadense de 5km.

A estrela ultramaratonista canadense Rob Krar em um curta falando abertamente sobre depressão com belas imagens do Grand Canyon. Lindo. Essencial.

Off-topic: dica do Luis Oliveira, o ótimo 538 postou um texto sobre o mito dos 2L de água por dia. Há quem não confie na precisão da meteorologia, mas que não sai de casa sem ler o horóscopo do dia nem deixa de beber seus 8 copos de água diários. Gosto de fazer um paralelo: exercício NÃO emagrece, mas tem inúmeros e inegáveis benefícios à saúde. Beber água é parecido. Faz bem, mas beba quando tem sede, não como lição de casa.

Uma matéria com um bate-papo bacana com o ex-recordista mundial da maratona Steve Jones.

Abaixo o vídeo do novo Nike Air Zoom Structure. Bom, não sou muito chegado quando o roteiro é menos “estilo de vida” ou “desejo” e mais “razões técnicas para se usar determinado produto”. Mas tem a cara (desejada) da marca!

Etiquetado , ,

2 pensamentos sobre “Leituras de 2a Feira

  1. Shigueo disse:

    É. O meu caso está especificamente citado no 538 sobre o benefício do consumo de água: diminuir os riscos de pedras nos rins… Dureza.

    Curtir

  2. Julio Cesar Kujavski disse:

    Sobre revistas de corrida no Brasil, olha o trecho de uma notícia em um site de uma das revistas sobre a maratona de SP:

    ” O grupo possui vários resultados expressivos, com tempos bastante positivos e abaixo do recorde da prova, de 2h11min19seg, do brasileiro Marilson dos Santos, em 2002.”

    Sem mais.

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: