De prêmio por categoria, Medalhas e Camisetas

Em uma semana me marcaram em pelo menos 4 publicações sobre premiação em dinheiro pra categorias. Um aviso: por favor, parem!

Sabe, por um bom tempo fui contra a obrigação de haver medalhas a todos ou em todos os eventos. Talvez porque quando eu era moleque e comecei a correr e competir, sempre “conquistei” as minhas mesmo quando eram apenas reservadas aos (100) primeiros. Naquela época eu ainda era fã e discípulo da meritocracia. Eu acreditava nela e na ilusão contada na TV que vôlei de areia e a Fórmula-Indy eram esportes mundiais. Hoje não me incomoda mais. Já que a corrida não é de todo meritocrática, por que eu deveria implicar e me incomodar com medalhas para todos?

As medalhas não são mais importantes pra mim na maioria das minhas provas, mas minha experiência como treinador me ensinou que ela é muito importante pra muita gente que começou a correr. Eles precisam dela e não há mal em correr pensando em conquistá-la. A pessoa não é menor ou menos corredora por gostar de colecionar medalhas. Cada um é cada um.

Aceitemos: o mercado mudou. Os corredores também.

Aceitemos: o mercado mudou. Os corredores também.

Já a questão das camisetas é quase um problema quando você faz muitas provas. Qual o destino delas? E sabemos que camisetas geram um custo grande pago por quem corre. A encrenca e a birra aqui é que no Brasil não há muita opção de se abrir mão dela. Então você paga como se fosse um imposto. Um dia a coisa até pode mudar, mas fica um aviso aos desavisados: o desejo por camiseta ainda é da absoluta maioria de quem corre provas. E o mercado atende a esse consumidor, não ao seu gosto todo particular.

Por fim, as tais premiações por categoria…

A corrida deve ser o único esporte no qual o desejo do amador não é criado ou direcionado pelos profissionais. Diferente dos demais esportes, ninguém usa o tênis que o recordista usa, ninguém assiste ou se informa sobre quem ganhou ou é o favorito. Não sabemos sequer a premiação do pódio. É assim, não adianta resmungar. Pra piorar, a logística de premiar por categorias exige um esforço e custos enormes que beneficiam pouquíssimos atletas. É só ver a dificuldade de se premiar amadores na Golden Four ASICS ou na adidas Endless Run.

Para quem acha que deve haver isso, existem inúmeras provas menores e fora do grande circuito que premiam por faixa etária. E essa premiação é justamente o diferencial desses eventos menores e menos badalados. Aos que ainda acham que as grandes provas deveriam voltar a premiar por idade, minha previsão não é nada nada otimista…

Etiquetado ,

24 pensamentos sobre “De prêmio por categoria, Medalhas e Camisetas

  1. Não tenho problemas, em tese, com as camisetas. Acho que vale a pena para o corredor: se ele comprar uma camiseta dry-fit similar numa loja muitas vezes sai mais caro e sem direito à corrida. O problema é que mesmo quando estou magro tenho 1,82 m e 90 kg e o resultado é que muitas não servem, ficam apertadas demais no tórax, mesmo no tamanho GG. Pra quem é mais alto ainda desconfio que o problema deve ser pior.

    O pessoal quer camisetas? Ótimo. Mas então que façam camisetas que sirvam, Tudo bem que estou acima da média da população brasileira mas não sou nenhum jogador profissional de basquete. Fala sério.

    Curtir

  2. Adriano disse:

    Participei neste final de semana da Corrida 24H da Virada Esportiva de SP no CERET . No regulamento não falava nada em premiação por faixa-etária, mas verifiquei em publicações no Facebook que distribuíram os troféus. Fiquei em 3º na minha faixa. Fui embora depois de 16H de corrida e não recebi o meu. É um sentimento conflitante: seria legal levar um troféu para casa mas, ao mesmo tempo, me serviria pra quê ? Quando você analisa toda a classificação, verifica-se que menos de 50 corredores fizeram mais de 42k na prova. Era uma prova de 24 horas ! Sinceramente não sei se valeria a pena esperar mais 8h para pegar um troféu onde tão pouca gente realmente se esforçou para merecê-lo.

    Curtir

  3. Mauro Leão disse:

    Jogava tênis, troféu pro primeiro e segundo, cai na semifinal pra tras, aperto de mão e treina mais pra próxima… Sou contra medalhas pra todo mundo e camisetas no kit. Se as provas tivessem lojas no local da chegada ia vender bem, imagina a galera carregada de endorfina super orgulhosos… Disney é expert nisso, saiu dos brinquedos cai dentro da “engatolandia”, molecada (adultos tb) sai doida pra levar lembranças.

    Curtir

  4. Morgado disse:

    Adoraria ter a opção de me inscrever em uma prova pagando apenas para ter o número de peito e chip. Nada das frescuras de kits que hoje existem por aí.

    Curtir

    • Leon Milagres disse:

      Concordo também! Qualquer outro acessório deveria estar disponível como item opcional para aqueles que querem pagar a mais por esse produto. Normalmente o preço médio de inscrições (Sem camiseta ou outros itens desnecessários é de uns 30 reais). Com uma camiseta, o preço vai para 110, 120 , 130 reais. Espero que no futuro e para o bem de todos, façamos essa corrente para que haja essa opção, pois não temos nada contra o capitalismo, mas apenas queremos participar das provas e não ir a um shopping. Valeu!

      Curtir

  5. Lia Campos disse:

    Participei no final de agosto da Maratona em Movimento, em Goiânia e achei muito legal o fato de disponibilizarem dois tipos de inscrição para os corredores: o mais caro, com camiseta da prova e o mais barato, somente com o número do peito.
    Seria excelente se mais provas seguissem esse exemplo.
    Lia

    Curtir

  6. Julio Cesar Kujavski disse:

    Rá ! Gosto muito de provas com premiação nas faixas etárias. Já peguei alguns pódios, mas às vezes fico com preguiça de esperar e vou embora antes da premiação. Já peguei pódio na geral em duas ou três provas, corridas pequenas na distância de 5 km, em uma delas não sabia que havia ficado em 5 e não compareci no pódio, na semana seguinte liguei pra receber meu troféu mas disseram que como eu não fui pro pódio não tinha direito ao troféu. Nas Corridas do Carteiro, maratona de POA e mais uma ou outra prova é diferente, corro na categoria Especial e disputamos uma graninha A sensação de estar competindo é bem distinta daquela de ir pra uma prova e correr no seu ritmo.

    Curtir

  7. Premiação por categoria acho muito irrelevante, mas tem MUITA gente que gosta. Alimentar o ego e tal. A medalha já foi mais importante para mim. No começo, todos tinham significado importante. Hoje, só algumas. Camiseta gostaria de poder escolher na hora da inscrição se quero ou não.

    Acredito que medalha e camiseta são essenciais para a maioria das pessoas, mais ainda para quem está começando. É uma espécie de troféu da prova, uma lembrança. Eu mesmo tenho muitas camisetas. Aliás, só uso camiseta de corrida fora do trabalho. E poucas medalhas. E claro, sem medalha e sem camiseta não haveria fotos no Instagram e no Facebook depois. Esses dois itens vão demorar para sair de moda.

    Curtir

  8. Marcelo Hideki disse:

    No meu caso a premiação por faixa etária não faz diferença porque sou um pangaré,mas há pouco tempo houve uma prova de 10 km em Bebedouro,com premiação em dinheiro nas faixas etárias e os resultados foram muito bons,talvez se algum organizador quiser focar em boas marcas esse seja o caminho,difícil vai ser alguma empresa focar apenas no aspecto técnico.

    Curtir

  9. Breno disse:

    De vez em quando belisco uns troféus na faixa etária e discordo um pouco, Balu, entendo que é uma bela motivação para quem treina, e não apenas corre por correr – que é a grande maioria atualmente. Sei que na prática é beeem difícil de implementar a premiação em provas grandes…confesso inclusive que não consegui sequer imaginar uma solução para facilitar esse processo, mas considero um dos principais diferenciais das provas menores que oferecem um troféuzinho pras categas. Inclusive para a rapaziada que treina forte, observo que é um dos serviços que mais diferenciam uma prova e atrai atletas com melhor nível.

    Curtir

    • Danilo Balu disse:

      Breno, é um diferencial, mas apenas para a meia-dúzia que disputa… Uma prova com 2.000 inscritos têm qtos nessa situação? 20? 30? 1%? 2%

      Curtir

      • Breno disse:

        Bem pouca gente mesmo, para as provas grandes é fato que o organizador vai ter mais ônus do que benefício em premiar faixa etária. Para as provas médias/pequenas, além do controle ser mais viável, não deixa de ser um atrativo. Não raro quando temos mais de uma prova no fds aqui em Brasília o pessoal tende a optar por aquela que tem premiação na faixa, que invariavelmente é a que tem inscrição mais barata, inclusive.

        Curtir

  10. Adriana Piza disse:

    Hoje consigo ganhar mais troféus do que há 20 anos quando corria muito melhor….Os que ganho hoje eu diria que quase sempre é porque tem pouca mulher competitiva e/ou tem muitas corridas no mesmo dia….acaba mais sendo como jogar na loteria! Por isso, muitas vezes fico muito mais contente de fazer um tempo recorde pessoal e ficar em 50o lugar do que ganhar troféu fazendo um tempo mais ou menos….
    Troféu por categoria estimula aqueles que vão envelhecendo e ainda são competitivos….mas são poucos. Mas nesta linha de pensamento….então pra que premiar também os primeiros? Ninguém vê, ninguém sabe quem é, que diferença faz premiar 3 em milhares??? Como você disse, o mercado mudou, os corredores mudaram….talvez provas como a 50a Volta da USP (sem premiação, mas com chip) seja a medida hoje!
    Ainda em relação à premiação por categoria….só em prova muito pequena não dá briga….é sempre um tremendo stress na hora da apuração dos resultados!

    Curtir

  11. Andre Dias disse:

    Balu,

    Use toda sua influencia no mundo de corridas e sugira uma prova “minimalista”, com numero de peito e fila no funil depois da chegada para definir a colocação. Aposto que vai chover gente querendo participar.

    Lembro que o que se levava para a casa era um cartão (tipo cartão de visita) com o nome e a colocação de chegada escrito a mão:

    _(nome do corredor)__ concluiu a Corrida XX realizada em XX no dia XX/XX/XXXX obtendo a colocação No____.

    PARABÉNS!!!

    e nada mais.

    André

    Curtir

  12. Nas provas em que tenho participado e/ou acompanhando aqui nos EUA, na região do Triângulo (Raleigh, Durham e Chapel Hill) da Carolina do Norte, a situação foi a seguinte:

    – Medalha só em meia-maratona e maratona. Ganhei 3 até agora (das nove em que participei http://www2.dainf.ct.utfpr.edu.br/Members/adolfo/atividades/esportes/race-results) sendo que uma foi por ter sido o primeiro na faixa etária. Então, na prática, foram só duas, as das meias maratonas.
    – Camiseta: algumas provas deram, outras não. Mas a maioria dá sim, se você se inscreve com antecedência. Como em algumas em me inscrevi no dia, não ganhei camiseta. Das 9 provas, 8 tinham camiseta. E só duas de tecido tecnológico. O resto era de algodão mesmo.
    – Premiação por categoria tem aqui sim. Mas o valor geralmente é irrisório. Das que fiz, quase nunca foi dinheiro. Em geral era um vale-compras (o que significa que você vai acabar gastando para usar). Eu consegui ganhar 2 prêmios no valor total de 35 dólares. Eu gostei, mas prefiro que não tenha essa premiação.

    Curtir

  13. Mais outras coisas sobre a região do Triângulo da Carolina do Norte (e que provavelmente se repita em outras partes dos EUA):
    – Em algumas provas tem a opção “competitivo” e “não competitivo”. Isto é, alguns correm com chip e número de peito (e concorrem aos prêmios por categoria), outros só com número de peito. Em alguns casos as largadas foram em momentos diferentes. E, em alguns caso, o preço era o mesmo 🙂
    – Somente numa prova com mais de 10 mil participantes tinha guarda-volumes. No resto, você tinha que se virar ou deixar debaixo da mesa da organização.
    – Mais variedade de distâncias. Apesar de a maioria das provas ser de 5K, tem também 1 Milha, 5 Milhas, 8K, 10 milhas, e, claro, meia-maratona e maratona.

    Curtir

  14. Rosangela Calil da Silva disse:

    Olha eu não to nem ai para opinião de ninguém não sou corredora p/premiação mais adoro participar me divirto um monte principalmente nas montanhas mais se vier um troféu de categoria que seja bem vindo e guardo com muito carinho pq dei o melhor de mim adoro gosto de colecionar camisetas tb estamos em outro tempo nada é mais como antes o que seria das corridas se não fosse esse povo que vai para participar curtir acho que nenhuma corrida sobreviveria só com atletas de ponta é nós que fazemos a alegria das corridas pagamos igual então é isso ai

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: