Leituras de 6a Feira

Um tempo atrás sentei me reunindo com duas pessoas muito boas do mercado pra falarmos de ideias para filantropia na corrida. Os números americanos e britânicos são assustadores. Lá eles combinam como ninguém o fato de correr provas e ajudar quem precisa. Nós 3 não fazemos ideia de como viabilizar. Daí ao ler essa matéria falando que só a Maratona de Londres em 5 anos arrecadou mais de U$400 MILHÕES é de assustar. Vocês têm alguma ideia?

Um vídeo bem divertido ensinando como ser um corredor de “ultra trail”. Bem ou mal dá para adaptá-lo para “como ser um corredor”. Veja!

Se você gosta de evento diferente e de salto com vara, você tem que ver aqui o vídeo do Brit´s Pub Vault 2014!

Via Correr pelo Mundo o vídeo de um treinão de 10km muito especial feito pelos túneis do Metrô de Barcelona com realização do canal Discovery MAX.

Um vídeo reduzido sobre a inspiração por trás do novo PUMA Faas 600 v2.

E se uma atleta (indiana) aparentemente “normal” tivesse níveis de testosterona naturais acima da média? Deixar ou não competir? É um dilema antigo… O COI vai ter que achar uma saída. Leia aqui!

Abaixo o vídeo traduzido do novo Nike Air Zoom Pegasus.

Etiquetado , ,

5 pensamentos sobre “Leituras de 6a Feira

  1. Douglas Ribas de Mattos disse:

    Ola, me chamo Douglas !

    Ha alguns anos atras, iniciei um curso de Guitarra em uma conceituada escola de musica. Tive o grande prazer de conhecer o Dono da escola de musica e sua esposa. Durante o curso, a escola fazia varios Workshops com varios Guitarristas de grande projecao no cenario musical. Estes workshops sempre foram (continua sendo) gratuitos.

    Sempre participei de trabalhos voluntarios e na epoca era voluntario do grupo Anjos da Noite (http://www.anjosdanoite.org.br). Como o trabalho voluntario era aos sabados, e minha aula tambem era aos sabados, acontecia de ir para a aula de guitarra com a camiseta do trabalho voluntario.

    Foi entao que o Dono da Escola de musica teve a ideia de pedir 2Kg de alimento nao perecivel como entrada para os Workshops, e estes alimentos foram doados por varios anos e ate hoje para o grupo Anjos da Noite, e varias outras instituicoes.

    Nao sou nenhum Guitarrista famoso ou um corredor de grande expressao. Sou apenas um pai de familia tentando perder a barriga e baixar o colesterol.

    Mas quem sabe juntar a galera da escola de musica (www.emt.com.br) e criar uma corrida pra arrecadar alimentos ? Esta corrida poderia juntar a galera do Rock & Roll para a corrida “Rock & Run”

    Esta ‘e minha pequena historia.
    Abracos !

    Curtir

  2. Erik Neves disse:

    Estou pasmo com o vídeo da Nike. É simplesmente impressionante como eles conseguem fazer o consumidor acreditar que ele precisa de todos essa tecnologia para correr mais rápido sem ser por acaso ou sem ser treinando muito.

    Esses dois corredores de elite simplesmente não precisariam dessa tecnologia para correr rápido como correm. Aliás, vou mais além: essa tecnologia está atrapalhando o jeito como correm. E o vídeo, em câmera-lenta, demonstra isso contra a própria Nike!

    É evidente que os dois estão aterrissando com o antepé ou meio-pé. Neste último caso, somente talvez porque o tênis tenha “salto”. Amortecimento no calcanhar para quê, se ele mal encostam o calcanhar no chão?

    Esta propaganda quer transmitir pra você que, usando esse tênis, você vai correr como a Bishop e o Farah. Na verdade, ela demonstra que esse tênis não é adequado para a biomecânica de corrida deles. E que provavelmente será mais difícil de aprender a técnica de corrida deles usando-o, pois ele favorece a pisada de calcanhar.

    @erikneves
    corro descalço há 4 anos (e nado descalço também)

    Curtir

  3. Erik Neves disse:

    Estou pasmo com o vídeo da Nike. É simplesmente impressionante como eles conseguem fazer o consumidor acreditar que ele precisa de todos essa tecnologia para correr mais rápido sem ser por acaso (genética) e sem ser treinando muito.

    Esses dois corredores de elite simplesmente não precisariam dessa tecnologia para correr rápido como correm. Aliás, vou mais além: essa tecnologia está atrapalhando o jeito como correm. E o vídeo, em câmera-lenta, nos mostra isso, contra a própria Nike!

    É evidente que os dois estão aterrissando com o antepé ou meio-pé. Neste último caso, somente talvez porque o tênis tenha “salto”. Amortecimento no calcanhar para quê, se ele mal encostam o calcanhar no chão?

    Esta propaganda quer transmitir pra você que, usando esse tênis, você vai correr como a Bishop e o Farah. Na verdade, ela demonstra que esse tênis não é adequado para a biomecânica de corrida deles. E que provavelmente será mais difícil, para você, de aprender a técnica de corrida deles usando-o, pois ele favorece a pisada de calcanhar.

    @erikneves
    correndo descalço há 4 anos (e nadando descalço também)

    Curtir

  4. Tenho uma idéia sobre filantropia na corrida. Que tal algo como: “doe sua medalha e sua camiseta”? O atleta pagaria o valor integral da inscrição da prova, mas abriria mão da medalha, da camisa e de tudo mais que viria no kit do atleta em prol de alguma instituição de caridade.

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: