Leituras de 2a Feira

Quando eu era moleque, a punição nas aulas de Educação Física era corrida em voltas do campo ou série de “abdomináveis”. A ideia é estúpida quando desde pequeno, em vez de educar fisicamente, você atrela exercícios à punição. Pode até parecer espuma a campanha recente (e vitoriosa!!) no Reino Unido para tirar essa prática das escolas, mas ela faz todo o sentido em uma geração cada vez mais inativa fisicamente.

Uma entrevista leve do monstro queniano David Rudisha ao The Guardian.

Uma enormidade (maioria?) dos corredores que eu conheço espera e confia que o tênis melhore suas marcas. Uma dica do Luis Oliveira pra mim, fala de um propulsor nas costas (não nos pés) que melhoraria cerca de 20 segundos sua marca na Milha.

Um vídeo diferente da PUMA explicando e falando da inspiração na criação do novo modelo. Aviso: não, não mude de profissão ainda, os escritórios não são assim.

Dois anos atrás pude ir a Bombinhas (SC) acompanhar a então K42. É uma bela aventura! Aqui um especial de 20 minutos da ESPN Run (México) sobre a maratona trail mais importante do país.

Não vou lembrar onde li pela primeira vez sobre essa corrida transcontinental em 1929. Quando você junta um grupo de amigos para dar uma volta em torno de uma ilha ou de um lago, coloque sempre em perspectiva, você não é um herói! Você apenas gosta de correr com os amigos. E isso é legal! Aqui a matéria bacana da Runner´s World!

Na falta de um vídeo, fiquem com a campanha abaixo!

Ouvir música correndo é gostoso, mas exige cuidados...

Ouvir música correndo é gostoso, mas exige cuidados…

Etiquetado ,

3 pensamentos sobre “Leituras de 2a Feira

  1. Julio Cesar Kujavski disse:

    Balu, explica pra gente o motivo da meia maratona feminina ter cartazes motivacionais em inglês. Eu nunca tinha visto cartaz motivacional em uma prova, e ainda mais em inglês !

    Curtir

    • Danilo Balu disse:

      Aqui definitivamente não é o canal. Das 10 (acho) frases, apenas duas eram em inglês. Uma porque foi usada emprestada de uma corrida gringa (Run makes me sexy, da R&R) e preferiu-se manter assim pela “força” dela na original. E a outra porque… erramos. Simples assim. Não tem desculpas.

      Curtir

  2. Adriana Piza disse:

    Essa idéia de corrida como punição ou coisa muito ruim é tão forte que acredite se quiser, já soube de reclamação de pais na escola (nos dias de hoje) dizendo que o professor de educação física deixou o filho muito cansado, fez a criança na aula correr 2 voltas no campo (como parte da aula para todos…e não punição)! As crianças de hoje não podem se cansar, se machucar….só engordar!!!

    Curtido por 1 pessoa

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: