Ah, o Corporativismo…

Dias atrás eu escrevi um texto dizendo que não gostei de um texto bem ruim feito na ocasião de um evento de corrida para homenagear uma vítima de atropelamento. Sabendo ou não quem o escreveu (e não sei quem foi!), o texto continua péssimo, mas se você está na lista de signatários é porque concordou com ele. E ainda pensei dez vezes antes de postá-lo. Por quê?

Uma das coisas que mais admiro no debate americano é como eles dão nomes aos bois porque lá a coisa é feita por ideias e não no lado pessoal. Mas aqui, como bem disse minha amiga Paula Narvaez, se você não concorda ou faz uma crítica a alguém, então você está sendo desrespeitoso. Você parece que “tem que concordar, dar like e apoiar tudo e todos senão ph0deu”. É humano, as pessoas (eu incluso) não estão prontas para receber críticas.

tumblr_lnudy85Ufh1qz9ntio1_500Não demorou pra que uma jornalista não-signatária viesse dizer que sou arrogante e me acho superior. Por quê? Pois não assino a cartilha dela de ter que ler sem discordar. Se não concordo, sou deselegante. Na cabeça dela, onde já se viu achar que aqueles estariam errados? Minha falecida mãezinha me achava superior. Arrogante até posso parecer, mas não acho que eu o seja, porém é o custo de opinar pela escrita usando tanto da hipérbole e da ironia. É meu estilo. Mas tem outro ponto…

Tempo atrás na Revista Contra-Relógio falei de um estudo que mostra que dentistas têm comportamento bem questionável durante crises econômicas, e um deles veio pedir minha cabeça. E deu certo. Depois foi a vez de um médico ter uma atitude absurdamente covarde, pois também não gostou quando eu disse a um amigo (sem citar seu nome) que a matéria dele estava mais do que completamente equivocada sobre hidratação. Em vez de mostrar seu ponto, ele preferiu também pedir minha cabeça. Era o mais fácil quando não havia alternativa de se mostrar correto.

Enfim, outra coisa que muito admiro no modelo americano é a liberdade. A reserva de mercado na Saúde tem seus benefícios, mas também tem seu alto custo. Aqui, você pode correr a vida inteira, mas se não for habilitado, estará na ilegalidade se for dar treino. Os conselhos regionais não servem para proteger o cliente final, servem para criar uma reserva de mercado aos diplomados, essa é a sua maior função. Afinal, assim como o Médico que fala bobagem ou o Nutricionista que fala que emagrecer é uma questão matemática, você pode falar besteira, desde que pague o pedágio anual. E ISSO é o terrível.

WATCHING YOUOntem troquei e-mails com um signatário que discordava do meu post inicial. Deixei claro, não sei quem escreveu, mas isso não faz do texto menos torto ou menos ruim. É um mau do mundo moderno as pessoas se levarem a sério demais (e essa pessoa não acho que se leve!).

O que vejo na corrida (Nutricionistas, Médicos e Treinadores) é que não falta quem prescreva muito lixo. E quando você mete o dedo na ferida e fala que Kinesio Tape não funciona, que BCAA é inútil ou que emagrecer não é uma questão calórica; ou gritam desrespeito ou pedem diploma ou retratação, como se isso a fizesse menos errada.

Por fim, preciso contar um caso: em 2008 antes de ir morar na Europa passei na USP para pegar meu diploma para levar comigo. Na seção de alunos, constrangido o funcionário me disse que eu já o havia pego 3 anos antes. Mostrou até minha assinatura! Eu não faço ideia de onde ele esteja agora enquanto escrevo. Pra mim não serve pra nada. Pra nada. Não me escondo detrás dele pra falar besteira. Meu problema é sempre com ideias erradas, e não me interessa quem as disse. Se você levar para o lado pessoal, aqui minha mensagem:   ¯\_(ツ)_/¯

*9 entre 10 dos leitores aqui aposto que odeiam a Revista Veja. Gostaria que citassem outra publicação nacional que abriga gente que sairia a tapa em uma sala fechada. Um ambiente cheio de amiguinhos só gera lambe-sacos, nunca gera um debate produtivo.

Etiquetado ,

15 pensamentos sobre “Ah, o Corporativismo…

  1. Adriano disse:

    As vezes não concordo com algumas de suas opiniões, mas não deixarei de ler seus textos. Parabéns por esse aqui !! Show !!

    Curtir

  2. Ótimo Balu. Tens o meu apoio.
    Por falar nisso, não renovei a assinatura da revista Contra-Relógio ano passado. Nem o site deles tenho acessado mais. Uma das razões, a principal, foi terem terminado com sua coluna.
    Sei que o Nelton está lá (e deve estar escrevendo textos ótimos), o André também. Mas o fato de terem tirado minha coluna favorita e, pior, nunca terem me dado uma resposta quando perguntei o porquê, me fez parar de apoiar a revista.

    Curtir

  3. Rodolfo Del Valle disse:

    Concordo com quase tudo o que disse Balu. Discordar faz parte, porém as pessoas com argumentos rasos acabam levando a coisa para o lado pessoal.

    Agora, sinceramente, não entendi a colocação sobre a Veja. Você acha mesmo que existem opiniões divergentes lá? Eu vejo algo direcionado, aliás, bem direcionado. E, não sou contra a revista ter um partido ou algum tipo de opinião, mas publicar muitas coisas inverídicas, inventadas, sem compromisso com o leitor.

    “Imparcial” mesmo, só vejo a BBC Brasil. Contudo é difícil, pois o veículo pode ser imparcial, mas o jornalistas que nele trabalham não o são.

    Abraço

    Curtir

    • Danilo Balu disse:

      Não sei por que esse seu comentário aqui passou batido… eu acho que lá não há opinião divergente do tipo “Voto Dilma, Amo o Lula”, mas lá há mta gente que é mto menos conservadora que o Mainardi, por exemplo… que se pudesse, daria uma sova nele. Eles não se amam, se respeitam e não concordam em mta coisa.

      Curtir

  4. Ótimo texto. Quando leio ou ouço treinador, nutricionista e médico falarem alguma coisa, tendo a fazer o contrário. Parece mais saudável.

    Curtir

  5. Julio Cesar Kujavski disse:

    Uma vez fiz uma crítica a um texto de um blogueiro e jornalista, que eu inclusive respeitava bastante, e como resposta obtive um monte de xingamentos e dentre outras coisas me chamou de INVEJOSO, como sói acontecer nesses casos. Obviamente parei de acompanhar o cara não o respeito mais nem como blogueiro nem como jornalista e vejo no facebook toda hora ele fazendo jabás e andando em más companhias.. rsrs.., o que só confirmou a minha tese: AS pessoas em geral, e blogueiros em especial, querem somente elogios, se alguém critica eles se revelam rapidinho.

    Curtir

  6. Vinicius Morais Nunes disse:

    Eu leio todos os dias. Acho muito bacana o seu blog e concordo com suas colocações. Faço acompanhamento com nutricionista porque já fui muito gordo. Mas vejo a coerência dela, pois, as primeiras coisas que ela fez foi cortar o whey e toda suplementação que eu tomava. Hoje não tomo nada de especial e ta tudo certo.

    Abraço e siga em frente sempre.

    Curtir

  7. Samaroni Maia disse:

    Balu,
    Sei o quanto é chato ter que escrever sobre a forma que você escreve e sobre a opinião dos outros sobre suas opiniões. Às vezes o objeto principal do que você gosta de escrever fica em segundo plano, como hoje. Infelizmente vivemos num país em que os medíocres ou, como você bem disse, os que se levam a sério demais ou se acham superiores, não admitem críticas. Qualquer contestação é propositadamente tratada como ofensa.
    Isso, pode ter certeza, não é privilégio de médicos, treinadores ou nutricionistas.
    Sou seu fã, justamente pela forma honesta que você escreve.
    Continue!
    Grande abraço!
    Samaroni Maia

    Curtir

  8. Um blogger disse:

    É um invejoso mesmo, só quer polêmica!

    Curtido por 1 pessoa

  9. Claudio disse:

    Compartilho da sua opinião, Balu. Contrariar a opinião de alguém, especialmente quando essa opinião é baseada em paixão e não em razão (ou na incapacidade de aperfeiçoar as idéias, os argumentos, os conhecimentos…), ou baseada em interesses financeiros, gera oposição, ataques, agressões.

    Mas a sociedade precisa de mais gente que fala o que pensa, sem levar pro lado pessoal. Dá medo, dá receio, pode deixar quem se manifesta um pouco preocupado, mas é necessário.

    Deixo aqui um site de um colega Fisioterapeuta britânico, que fala o que pensa de fato. Teve até de desligar os comentários devido às agressões e ataques que receia: http://thesportsphysio.wordpress.com/

    Abs,

    Claudio

    Curtir

  10. Adriana Piza disse:

    Reservo todos os dias (há mais de um ano e meio) um tempinho para ler os posts….além de gostar de muitas das leituras, aprendo sempre um pouco! Gosto da maneira como escreve….e principalmente do que escreve. Que continue por mais muitos anos!

    Curtir

  11. Cristine disse:

    Concordo 100% com suas observações. Não bastasse as pessoas se ofenderem ao receber críticas a algo dito/escrito por elas, em vez de apresentar bons argumentos contra a crítica, defendendo seu ponto de vista, preferem atacar a pessoa por trás do texto, tornando pessoal algo que deveria se manter no campo das ideias, dos conceitos. É sempre mais fácil acusar de arrogante ou deselegante do que argumentar.

    Arrogante ou não, seus posts são os únicos sobre corrida q faço questão de ler todos os dias.

    abs

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: