Leituras de 5a Feira

A Runner´s World publicou uma lista de 11 aplicativos de celular para corredores. Tem os pagos, os gratuitos, os interessantes e os MUITO paranóicos, como o que dispara um aviso para o caso de você ter sofrido acidentes. Vou ficar rico com um impedindo corredoras de comer chocolate!

Meu amigo Rafael Maioral precisa muito da ajuda de vocês para preencher um questionário on-line bem rápido sobre o ”comportamento do consumidor de eventos de corridas pedestres“. Justo eu que falo da falta de dados faço questão de divulgar porque as respostas podem dizer um pouco mais sobre quem corre. É só clicar aqui! É bem simples! Ah… um tênis será sorteado entre os que preencherem!

Um dos maiores feitos olímpicos de todos os tempos foi o salto de Bob Beamon em 1968. Foi histórico porque quebrou com uma margem impensável. A marca durou até o Mundial de 1991 com uma das maiores provas da história no duelo entre Carl Lewis e o vencedor Mike Powell, todos americanos. Diziam que a marca de Beamon demoraria a cair. Caiu. E agora é o recorde de Powell que já supera o tempo de quase 23 anos de recorde! Aqui matéria da Track & Field News da época recontando o duelo.

Dia desses falei sobre o grande Paavo Nurmi. O texto levava a um artigo de 2013 que me passou despercebido, mas que conta muito bem sobre os feitos finlandeses e sobre o grande Lasse Viren. Recomendo!

No mesmo dia que eu postei sobre a ineficácia do alongamento na corrida, Alex Hutchinson, um dos mais pertinentes do mundo falou também a respeito.

Off-topic: Ainda não é certo, mas é provável que neste sábado eu corra uma prova noturna de 5km. Venho treinando Longos e tiros faz quase um mês em total jejum pela manhã. Por quê? Porque meu sono é bem maior do que o “custo” de tomar café da manhã. E como chego ao local do treino muito rápido, desjejum implicaria em muitos minutos a menos de sono. E faço isso também para entender melhor algumas ideias de restrição de carboidrato (low-carb) da qual sou MUITO favorável tanto para saúde quanto para o desempenho. Mas correndo muito bem ou muito mal sábado, ainda assim não terei uma resposta. Por quê? Porque o desempenho esportivo humano é um enorme quebra-cabeça com inúmeras variáveis e nuances. Tênis, cápsulas de sal, BCAA… já vi muita gente boa e muito inteligente caindo nessa relação de casualidade. Morro de medo dela, ainda mais quando estou terminando de ler o sensacional O Sinal e o Ruído do genial Nate Silver. O que se passou na inesquecível semifinal em BH foi completamente imprevisível, mas não foi acidente. É uma arte saber o que é ou não previsível. Mas não foi acidente, como correr muito bem uma prova depois de um período de treino nunca o é. Como explicar? Difícil! Falo tudo isso porque se tivesse que escolher apenas UM texto falando e explicando aquele jogo, eu ficaria com esse SENSACIONAL texto da Slate. Ninguém sabia o que iria acontecer na partida, afinal são muitas as variáveis. Mas acidente, definitivamente acho que não foi.

Assim que acabou a final da Copa entre Alemanha e Argentina, a Nike me entra com esse vídeo bacanudo em rede nacional na Rede Globo. Eles não sabem brincar…

Etiquetado , ,

12 pensamentos sobre “Leituras de 5a Feira

  1. Luis Oliveira disse:

    Opa, vamos discordar. Se existe outra categoria, além de técnicos, jogadores e jornalistas, que precisa urgentemente fazer um exame de consciência (ah, boa!) sobre o seu desempenho profissional nesta última Copa, seria a nobre classe dos publicitários.

    Pieguice, sexismo, apelação, emocionalismo barato, patriotismo rastaquera, tudo temperado com oportunismo. Estes foram os ingredientes utilizados em TODAS as comunicações que eu tive a infelicidade de não conseguir evitar. O filme em tela é só a cerejinha neste bolo.

    Curtir

  2. Hélio Shiino disse:

    – Meu amigo Rafael Maioral precisa muito da ajuda de vocês para preencher um questionário on-line bem rápido sobre o ”comportamento do consumidor de eventos de corridas pedestres“. –

    Pode até ser que o termo esteja certo mas me soa tão estranho alguém dizer: consumidor.

    Curtir

  3. Julio Cesar Kujavski disse:

    Sobre o comercial da Nike:

    – Ela tinha que fazer alguma coisa, já que na final só deu Adidas.. Bola Adidas.. banners da Adidas no Maracanã.. Alemanha e Argentina vestindo Adidas…

    – Apesar da Nike ser fornecedora/patrocinadora da seleção brasileira de futebol não tem nenhuma imagem de futebol no comercial… por que será ?

    Curtir

    • Luis Oliveira disse:

      A “idéia” (se podemos usar a palavra no contexto da publicidade) era justamente esta, que há mais no Brasil do que o futebol. Como, por exemplo, a esgrima. Mas que ainda assim todos os esportistas são desequilibrados emocionalmente, assim como os futebolistas.

      Curtir

    • Ah sim, mas depois que o futebol perdeu não vale. Tirando o Anderson Varejão, que algumas pessoas reconhecem no comercial, os demais são ilustres desconhecidos do público. Enquanto o Brasil estava ganhando só dava Neymar e David Luiz…

      Curtido por 1 pessoa

      • Luis Oliveira disse:

        Não me peça pra defender ou justificar o filme, Julio. Achei uma porcaria. Como todas as outras no tema “Pra frente Brasil” que passaram antes, durante e depois da Copa.

        Curtir

  4. Muito obrigado pela divulgação, Balu!
    Sobre o duelo Lewis x Powell, tenho um livro – “100 Greatest Track&Field Battles”, que os americanos classificam como segunda maior prova de todos os tempos (a primeira é são os 10.000 dos jogos de 64).

    Curtir

  5. Estevam disse:

    Ótima sugestão de leitura de “O Sinal e o ruído”. Pelo que pude ler no link, vale a aquisição. Valeu!

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: