Leituras de 4a Feira

Quando você abre a lista de melhores marcas de todos os tempos femininas no site da IAAF você vê que os anos 80 foram ridículos do ponto de vista de trapaça (= doping). É uma desilusão para uma atleta da atualidade se comparar às melhores da história que usavam tantos recursos proibidos. É sempre legal ver o grande Ross Tucker falar um pouco sobre doping, WRs e anos 80.

Eu já desisti de palpitar em treino de musculação de corredor amador em academia. Acho, por exemplo, um crime treinador prescrever cadeira extensora (aquela em que a pessoa fica sentada “esticando” a perna trabalhando a parte frontal da coxa). Repito: acho um crime. Na Smart Fit me limito a fazer mesa flexora (para o “posterior”), agachamento, “avanço” e uma adaptação do Leg Press. Só. O leitor Alex Sant Anna mandou o link desse texto que fala justamente sobre os 3 exercícios mais inúteis. *sim, está lá a mesa flexora que eu faço e vou continuar a fazer.

Num mercado que carece de números, o Pulso de O Globo falando sobre a explosão do mercado de corrida no país nas últimas décadas.

Usain Bolt é 7º colocado na lista de atletas mais bem remunerados do mundo via patrocínio pessoal. Numa lista contando os salários do clube, ele despenca. Além disso, outra coisa que impressiona é o beisebol americano com 26 atletas!

Eu tinha dito meses atrás que o The Guardian tinha feito um levantamento muito legal das marcas nos 5km entre os corredores britânicos. No blog deles há uma ferramenta pra saber a qual percentil você pertence colocando seu tempo e sexo.

Parece simples e meio óbvio que o melhor exercício é aquele que gostamos de fazer e que também dependeria da intensidade e individualização. É isso o que ótimo Freakonomics discute em seu Podcast.

Hoje não tem vídeo, abaixo segue um quase vídeo do Youtube…. *colaboração do leitor Helio Shiino.

seja o cinza- Youtube

Etiquetado ,

7 pensamentos sobre “Leituras de 4a Feira

  1. Adaptação do Leg Press? Como assim?

    Curtir

  2. Marcelo Hideki disse:

    Que nos anos 80 o doping corria solto isso ninguém tem dúvida,mas também é injusto colocar que todos daquela época eram dopados,muitos tiveram marcas consistentes ao longo da carreira,Merlene Ottey,Evelyn Ashford e mesmo Marita Kock e Kratochvilova foram regulares ao longo dos anos,bem diferente de Ben Jonhson e Florence Griffith Joyner.

    Curtir

    • Danilo Balu disse:

      Tenho que discordar… Marita Kock devia tomar winstron no café da manhã e a Merlene Ottey (sou fã dela mesmo assim), foi pega.

      Curtir

      • Marcelo Hideki disse:

        Merlene Ottey foi pega no final dos anos 90,então acredito que não tenha a ver com a farra do doping dos anos 80.Marita Kock teve marcas consistentes desde o final dos anos 70 até meados dos 80,pode até ter sido dopada a carreira inteira,fica a dúvida,mas não é escandaloso igual Ben Jonhson e Flo-Jo.

        Curtir

  3. Marcelo hideki disse:

    Sobre Sergei Bubka,Jack-Joyner e a excelente safra de meio-fundistas dos anos 80 também pairam dúvidas sobre a “honestidade” deles ou é só sobre alemães orientais e outros do Leste europeu?

    Curtir

  4. Nishi disse:

    Ah, eu gosto da extensora. Meu joelho nunca dói e quando eu faço o exercício minha perna parece fortinha, faz bem pro ego. Avisa lá o Sr. Gabriel Bastos, que faz a minha série e coloca essa birosca lá. Se bem que ele também põe essa tal de mesa flexora… minha atual lesão nos isqueotibias da perna esquerda apareceu nela!! Mas o que eu gosto mesmo é de exercício fora de máquina. Pelo menos não tem fila pra usar.

    Curtir

Duvido você deixar um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: